logo

Telefone: (11) 3024-9500

Inverno charmoso e aconchegante em Santo Antônio do Pinhal | Qual Viagem Logo

Foto Divulgação

Inverno charmoso e aconchegante em Santo Antônio do Pinhal

10 de julho de 2017

Quando as temperaturas caem, a Serra da Mantiqueira já é destino certo dos paulistanos em férias. Buscando principalmente o clima frio, a rica gastronomia e variada gama de serviços, os turistas já estão acostumados a circular pelas principais cidades da região, como Campos do Jordão. A região é rica em atrativos naturais e diversidade cultural e, com isso, torna-se point, das famílias na temporada.

Vizinha da ilustre Campos, Santo Antônio do Pinhal já conquistou seu público e, apesar de ganhar cada vez mais atrativos, mantem um clima interiorano que encanta.  De montanhas e picos a vales e rios, a natureza local é privilegiada e ideal para a prática do ecoturismo. Além disso, incentiva diversas atividades ao ar livre, como escalada, voo livre, rapel, arvorismo e trilhas off-road.

Foto por Ken Chu - Expressão Studio

Foto por Ken Chu – Expressão Studio

A uma altitude de 1.143m, é comum no inverno os termômetros registrarem temperaturas próximas ou menores que zero. Esse clima ameno e agradável, que vigora na maior parte do ano, é o cenário ideal para quem procura a prática desses esportes de aventura, aproveitando-se das trilhas, cachoeiras e pontos que a cidade oferece para este tipo de prática de turismo.

Entre os principais pontos turísticos estão: O Pico Agudo, que está a 1700 metros de altitude e oferece vista panorâmica da serra que emoldura a cidade, além de realizar voos livres; a Pedra do Baú, com quase dois mil metros, perfeita para uma trilha de trekking; o Mirante Nossa Senhora Auxiliadora, um dos pontos mais visitados da cidade, que abriga uma enorme estátua da santa e permite uma visão do Vale do Paraíba; e a Cachoeira do Lageado, a apenas cinco minutos do centro, com uma queda d’água de cerca de dez metros. Para acessá-la, há uma taxa que inclui uso de banheiro, quiosques e área de descanso.

Foto por Ken Chu - Expressão Studio

Foto por Ken Chu – Expressão Studio

Para os menos radicais, A Destilaria Bodega é uma parada obrigatória em Santo Antonio do Pinhal. Trata-se de um armazém e bar com diversas cachaças envelhecidas em tonéis de carvalho e vinhos coloniais do sul do país. Além de servir deliciosas bebidas, comercializa geleias, biscoitos, conservas, doces, frios e pimentas. O visitante ao chegar terá contato com o galpão onde encontrará dois balcões com 50 galões de vidro, cada um deles comportando mais de 40 litros de cachaça, todas diferenciadas uma das outras.

Foto por Ken Chu - Expressão Studio

Foto por Ken Chu – Expressão Studio

E por falar em stop obrigatório, o Campralemão é um ponto turístico conhecido por todos. O lugar produz diversos tipos de que queijos, entre eles alguns a base de leite de cabra. Ali as crianças podem se divertir com a criação de cabras enquanto os pais degustam tipos exóticos de queijo com fortes gostos e aromas. Destaque para o gorgonzola do avesso, branco por dentro e verde por fora.

Outra atração imperdível é a Feira de Artesanato – edição de inverno – e a Festa da Orquídea, ambas acontecendo nos meses de julho e agosto. Com apresentações musicais e culturais, os eventos chamam a atenção de moradores e turistas. Confira a programação completa aqui.

Foto por Ken Chu - Expressão Studio

Foto por Ken Chu – Expressão Studio

Que tal um charmoso passeio de trem para curtir em família? A Estação Eugênio Lefevre fica em Santo Antonio do Pinhal e recebe um trenzinho que passa por lindas paisagens na Serra da Mantiqueira, em direção a Campos do Jordão. Na Estação há restaurante e loja de artesanato onde os turistas aproveitam para passear.

Um passeio interessante na cidade é o Jardim dos Pinhais Ecco Parque, o primeiro parque de jardins temáticos do Brasil. Ele possui Gazebo Zen, Jardim Tropical, Jardim Desértico, Jardim das Bolhas, Jardim dos Beija-flores, Jardim Italiano, Jardim Canadense, Jardim Japonês, Jardim Montanhês, Lagos das Carpas e Orquidário.

Com clima frio e ambiente romântico, o destino é ideal para desfrutar a dois. E nada melhor do que um jantar agradável para compor o clima de romance. A gastronomia local se baseia principalmente em pratos com pinhão e truta, mas há opções para todos os gostos – e bolsos.

O destaque fica por conta dos restaurantes: Restaurante Arco-íris, que fica dentro de uma fazendo com lago, e ganhou fama por seus pratos de truta; o Donna Pinha, com ambiente aconchegante e pratos requintados; e o Canto da Gula, que se autoproclama um “bistrozin de montanha” e mistura ingredientes regionais à gastronomia internacional – tudo embalado ao som de jazz.

Foto por Ken Chu - Expressão Studio

Foto por Ken Chu – Expressão Studio

Respirando arte, Santo Antônio conta ainda com espaços como a Fazenda Renópolis, onde você se delicia na Casa de Chá colonial, conhece o artesanato local e produtos com ervas medicinais e aromáticas que são produzidos pela própria família com matéria prima da fazenda. E os ateliers Eduardo Miguel e André Marx, que produzem belas peças de design.

Como chegar

Saindo de São Paulo, os acessos são Via Dutra (até São José dos Campos) e SP-050.

Onde ficar

Pousada Quinta dos Pinhais

Pousada Fonte das Hortências

Pousada Quatro Estações

Texto por: Eliria Buso

Foto Divulgação

Comentários