logo

Telefone: (11) 3024-9500

Império Inca e seus tesouros | Qual Viagem Logo

Capa

Império Inca e seus tesouros

11 de setembro de 2014

Terra de enigmas indecifráveis, cenários naturais fascinantes, cultura exótica, gastronomia primorosa, riqueza histórica e arquitetônica, além de um patrimônio arqueológico que desafia teorias, atrai cada vez mais brasileiros em busca dos mistérios, belezas e sabores do nosso vizinho.

Por Roberto Maia.


Muita gente, que já rodou o mundo, ainda conhece muito pouco sobre os nossos vizinhos da América do Sul. E não sabem o que estão perdendo. Entre as muitas opções, o Peru se destaca pelo belo conjunto de atrações naturais, históricas e culturais, além de uma gastronomia variada e irresistível. Tanto na capital Lima, quanto em outros destinos no interior do país, os visitantes encontrarão atrativos para todos os gostos. Apesar de ter em seu território umas das ruínas mais famosas e fascinantes do mundo – Machu Picchu -, o Peru oferece muito mais. País de arraigada tradição e de passado indígena, mantém muitos dos costumes impostos pelos conquistadores espanhóis que chegaram à região na primeira metade do século 16. O resultado foi uma mistura de culturas e monumentos históricos de valor inestimável, com destaque para as igrejas e os sítios arqueológicos. Tudo isso em meio a um cenário natural privilegiado com florestas, desertos e cordilheiras nevadas. A influência de imigrantes espanhóis, italianos e japoneses influenciaram a gastronomia peruana, outra faceta que começa a entrar no radar turístico. A culinária local utiliza a imensa variedade de batatas, milhos, tomates, pescados e pimentas produzidas no país para criar pratos cada vez mais elaborados e únicos. Até os conhecidos e apreciados ceviche e a marinada de pescados ganharam novas versões. Tudo, claro, acompanhado da saborosa bebida nacional, o pisco – um destilado do mosto da uva -, base para muitos drinques. Difícil escolher as cidades a serem visitadas. Na lista de destinos e atrações imperdíveis não deixe de incluir Cusco e seu rico patrimônio histórico com ruas e becos de pedras que parecem respirar os mesmos ares da época dos incas; a capital Lima e sua encantadora arquitetura colonial; a misteriosa Machu Picchu, principal ponto de atração de turistas; as linhas de Nazca ao sul do país, fonte das mais amalucadas teorias sobre sua função e construção, indo de alienígenas a uma civilização superior perdida; e o Titicaca, o lago navegável mais alto do mundo.

Apesar do trânsito confuso, Lima é uma cidade para ser descoberta aos poucos. Na região beira mar estão excelentes restaurantes, shoppings e um dos lugares mais bonitos da cidade, o Parque del Amor.Foto: Mcveras/Istock/Thinkstock

Apesar do trânsito confuso, Lima é uma cidade para ser descoberta aos poucos. Na região beira mar estão excelentes restaurantes, shoppings e um dos lugares mais bonitos da cidade, o Parque del Amor.Foto: Mcveras/Istock/Thinkstock

PONTO DE PARTIDA

Procure não se deixar influenciar pela primeira impressão. A capital peruana tem trânsito barulhento e caótico, com motoristas que adoram apertar nervosamente as buzinas dos seus veículos. Lima tem atrações imperdíveis como sítios arqueológicos, praças, parques e uma culinária fantástica, além de ser o ponto de partida para uma viagem por diversos destinos no Peru. Fundada em 1535, a cidade de 8 milhões de habitantes tem seus encantos, preserva seu passado colonial e lugares como o Centro Histórico, declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, a Plaza de Armas, a Catedral, o Convento de San Francisco, o Parque del Amor e o Palácio do Governo. Uma visita ao Museu Larco (Museo Arqueologico Rafael Larco Herrera), que reúne uma completa coleção de artefatos cerâmicos dos incas, ajudará a conhecer a história deste povo. A rica gastronomia peruana tem seu maior destaque em Lima. Restaurantes especializados na culinária regional servem deliciosos ceviches e pratos preparados à base de milho, batata e peixes. Outra característica interessante em Lima é que por lá não chove há décadas, porém, mesmo assim, o clima é bastante úmido devido à proximidade do mar.

 

Cusco preserva construções coloniais de estilo barroco andino erguidas sobre restos de edificações incas. A cidade está a quase 3,4 mil metros acima do nível do mar e guarda importantes sítios arqueológicos.

Cusco preserva construções coloniais de estilo barroco andino erguidas sobre restos de edificações incas. A cidade está a quase 3,4 mil metros acima do nível do mar e guarda importantes sítios arqueológicos.

CAPITAL DO IMPÉRIO INCA

Parece que tudo em Cusco (Cuzco em espanhol) foi preparado para o turismo. Na cidade se destacam as centenárias muralhas incas e as igrejas barrocas, erguidas em uma região acidentada e com muitas ladeiras. Entre as heranças deixadas pelos incas sobressai-se o imponente Qorikancha, um templo dedicado ao Sol e que era coberto de ouro quando os conquistadores espanhóis chegaram. A presença espanhola deixou marcas visíveis nas muitas igrejas e também no casario colonial construídos com armações de madeira à vista. A primorosa catedral tem um altar todo em prata do século 19 e esconde outro, original, do século 16. Um passeio pela agitada praça central da cidade é inevitável, porém, caminhe duas quadras abaixo para curtir o lugar sossegadamente. As ruas são estreitas e há muitos becos. Portanto, preste atenção no caminho para não se perder nesse verdadeiro labirinto. Nos arredores da cidade estão três importantes ruínas que revelam a inteligência e habilidades construtivas dos incas: Tambomachay, Saqsaywaman e Pukapukara. A primeira é a mais alta delas e está a 3,7 mil metros acima do nível do mar. O templo de Saqsaywaman foi construído utilizando imensas pedras encaixadas com perfeição e deve ser visitado no fim da tarde, quando o cenário fica ainda mais belo. Já Pukapukara tem mesas de sacrifícios dentro de uma gruta e proporciona uma excelente vista de Cusco.

A Praça de Armas no centro de Lima é um dos lugares mais belos e visitados na cidade. No passado, sofreu com terremotos, incêndios e foi palco desde brigas de búfalos a execuções relacionadas com a inquisição na América Latina. Foto: Maria Pavlova/Istock/Thinkstock 2014

A Praça de Armas no centro de Lima é um dos lugares mais belos e visitados na cidade. No passado, sofreu com terremotos, incêndios e foi palco desde brigas de búfalos a execuções relacionadas com a inquisição na América Latina. Foto: Maria Pavlova/Istock/Thinkstock 2014

MISTERIOSA ARQUITETURA

Em 1911, o historiador americano Hiram Bingham descobriu a imponente cidadela inca formada por uma complexa e misteriosa arquitetura erguida em um cenário montanhoso. De lá para cá, o lugar não para de atrair turistas de todo o planeta. Não por acaso, Machu Picchu tronou-se uma das novas sete maravilhas do mundo moderno. Erguida sobre uma montanha de granito, abriga impressionantes construções com pesados blocos de rocha. Declarado pela Unesco como Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade, mantém o mistérios e os enigmas sobre o motivo e a serventia de sua criação. Distante 112 km de Cusco e a mais de 2,3 mil metros acima do nível do mar, a antiga cidade de pedra reúne atrações como a clássica Trilha Inca – as várias rotas que levam ao alto da montanha e suas ruínas com duração de quaro dias. Principal destino turístico do Peru, o local sofreu rápida degradação, o que levou o governo peruano a tomar providências e limitar o número de visitantes. Portanto, não deixem de fazer a reserva com antecedência para não perder a viagem.

desenhos

Os gigantescos desenhos chamados de linhas de Nazca, no seco deserto ao sul do Peru, geram teorias ao longo do tempo que vão desde rituais religiosoaté obra de seres extra terrestres. Foto: Jarno Gonzales Zarrao/Istock/Thinkstock 2014

DESENHOS ENIGMÁTICOS

Descobertas em 1920, as Linhas de Nazca estão em um deserto ao sul do Peru e a 450 km de Lima, entre os vales de Ingenho e Nazca, e permanecem sem explicações sobre sua origem. Ocupam uma área de cerca de 500 km2 e continuam intactas devido ao solo seco e à falta de ventos e chuva. Especialistas divergem sobre como, por quem e por que foram criadas. Alguns garantem ser obra dos nazcas, um povo que viveu na região entre 200 a.C e 700 d.C., enquanto outros acreditam que as linhas estão associadas à presença de seres extraterrestres. Entre as teorias existentes, uma das mais aceitas conta que as enormes figuras representariam constelações e seriam usadas para a astronomia e também em rituais religiosos. Seja como for, os gigantescos desenhos – representando figuras geométricas, animais, aves, plantas e linhas retas – só podem ser visualizados e apreciados em toda a sua dimensão durante sobrevoos de avião, helicóptero ou balão.

lago

Localizado na Cordilheira dos Andes, o Lago Titicaca tem 8,5 quilômetros quadrados com águas cristalinas em tons azulados e esverdeados. Foto: Ostill/Istock/Thinkstock 2014

LAGO MAIS ALTO DO MUNDO

O esplendoroso Titicaca, o lago navegável mais alto do planeta, com suas colônias de lobos marinhos e pinguins nos cerca de 200 quilômetros ao sul de Lima chama a atenção pela beleza natural. Localizado na fronteira do Peru e da Bolívia, esse gigantesco lago andino está a mais de 3,8 mil metros acima do nível do mar e possui 41 ilhas povoadas. Suas águas cristalinas provêm do degelo das montanhas nevadas ao seu redor. Conta a lenda que foi das suas águas que emergiu o primeiro inca, por ordem do Deus Sol, para dar início ao império. Os habitantes das ilhas vivem quase que exclusivamente dos recursos provindos do lago, que tem mais de 2 mil espécies de peixes e é refúgio muitas aves. Entre as ilhas mais importantes estão Amantani, Taquile, Soto e Anapia, cada uma com sua peculiaridade. Em Taquile, os seus habitantes praticam ainda a milenar arte têxtil aprendida com os incas. A população vive de forma organizada e guarda costumes e cultura tradicionais herdadas dos ancestrais, Vivem de pesca e da agricultura em terraços formadas nas encostas da montanha. Recebem os turistas com graciosidade e vestidos com roupas e danças típicas. Hospitaleiros e simpáticos contam histórias religiosas e dos rituais familiares.

PARA QUANDO VOCÊ FOR AO PERU

VISTO –  Não é necessário. Basta apresentar a carteira de identidade atualizada e em bom estado de conservação.

MOEDA – Nuevo Sol (PEN). R$ 1 = 1,25 PEN – A maioria do comércio com foco no turismo aceita dólares, porém, os nuevos soles são necessários para realizar pagamentos de serviços básicos como transporte público.

TELEFONAR PARA O BRASIL – O código do serviço BrasilDireto da Embratel é o 0800-50190.

FUSO HORÁRIO – Menos 2 horas em relação ao horário de Brasília.

TRANSPORTE – O ônibus é o meio de transporte mais comum para circular no Peru. Entre as principais viações estão as seguintes: Cruz Del Sur (www.cruzdelsur.com.pe), Expreso Sial (www.expresocial.com), Civa (www.civa.com.pe) e Tepsa (www.tepsa.com.pe).

CUIDADO – Os táxis em Lima não são equipados com taxímetros, então é ideal conversar com o motorista antes de iniciar a viagem e chegar a um acordo quanto ao preço da corrida.

O ceviche é o principal destaque da gastronomia peruana

O ceviche é o principal destaque da gastronomia peruana.

GASTRONOMIA – Em premiação do World Travel Awards 2014, o Peru foi reconhecido como sendo o melhor destino gastronômico da América do Sul.

EMBAIXADA DO PERU NO BRASIL – S.E.S. Av. Das Nações lote 43 Quadra 811, Brasília (DF) – tels. (61) 324-29933, 324-29435 e 344-32953. Horário de atendimento, segunda a sexta, das 9h às 18h. Informações: www.embperu.org.br.

EMBAIXADA DO BRASIL NO PERU – Av. José Pardo, 850, Miraflores – Lima. Tel. (01)512-0830 e e-mail [email protected] . Horário de atendimento de segunda a sexta,das 9h às 13h e das 14h às 18h.

ATENDIMENTO AO TURISTA – O país conta com um sistema de informação e assistência para viajantes oferecido pela Comissão de Promoção do Peru para a Exportação e para o Turismo (Promperu) sobre atrações, rotas e destinos. Informações: www.peru.travel e www.promperu.gob.pe

COMPANHIAS AÉREAS – Existem três opções de voos diretos para Lima:
TAM – tel. 0800-5705700 ou www.tam.com.br
LAN – tel. 0300-7880045 e www.lan.com
Taca – tel. 0800-7618222 e www.taca.com

OPERADORAS- Várias operadoras de turismo oferecem pacotes para o Peru. Confira:
TERRA MUNDI VIAGENS – tel. (11) 3060-5800 e
www.terramundi.com.br
SOFT TRAVEL – tel. 3017-9999 ou
www.softtravel.com.br
RAIDHO – tel. 3383-1200 ou www.raidho.com.br
ADVTOUR – tel. (11) 2167-0633 ou
www.advtour.com.br
ABREUTUR – www.abreutur.com.br
FLYTOUR – www.flytour.com.br

Comentários