logo

Telefone: (11) 3024-9500

Ilhas Cayman atraem turistas com gastronomia requintada | Qual Viagem Logo

prato-do-the-brasserie-credito-divulgacao

Ilhas Cayman atraem turistas com gastronomia requintada

11 de outubro de 2017

Seja para uma pessoa curiosa ou um entusiasta da gastronomia, as Ilhas Cayman combinam uma variedade de sabores, influências e ingredientes para deixar qualquer visitante maravilhado. Com diversos restaurantes, eventos especiais e, claro, belas praias de areia branca e mar azul-turquesa, o destino tem o cenário prefeito para uma experiência que agradará a todos os sentidos do corpo.

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

A gastronomia é um dos principais atrativos desse arquipélago composto por três ilhas – Grand Cayman, Cayman Brac e Little Cayman – localizadas a apenas 1h20 de voo de Miami. Combinar passeios com um almoço, café ou jantar em alguns dos seus mais de 200 restaurantes é a melhor forma de descobrir a cultura local desse destino.

Conhecendo a gastronomia local

As Ilhas Cayman são definitivamente um lugar para explorar a versatilidade de pratos preparados com frutos do mar, ingrediente que é uma das principais bases da culinária local. A pesca é feita somente para o consumo próprio nas ilhas, o que favorece o frescor e a qualidade da carne. Os mariscos, por exemplo, são típicos em cozidos, sopas, bolinhos e ceviches.

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Além de frutos do mar, também é possível experimentar carnes preparadas ao estilo Cayman, onde os temperos são essenciais. A carne é preparada em uma panela grande, na qual se utiliza uma mistura de pimentas da estação, alho, entre outros temperos. Ela é servida geralmente desfiada e acompanhada de diversas guarnições.

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Outra receita local clássica é o “jerk”, uma espécie de churrasco com frango, porco ou peixes marinados em uma mistura especial de temperos que incluem pimentas vermelhas caribenhas. A carne é mantida no molho por horas e depois cozida no fogo alto por cerca de uma hora, até que começa a desmanchar. O jerk é típico da gastronomia das Ilhas Cayman há décadas e pode ser encontrado em restaurantes por toda a ilha, principalmente acompanhado de um coquetel tropical.

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

As ilhas cultivam diversos legumes e frutas que são utilizados em receitas locais, como a “naseberry”, conhecida em português como “sapoti”, que tem casca marrom e áspera quando está madura. As sementes não são consumidas, mas a fruta tem sabor doce e textura pastosa. Mangas e tamarindos existem em abundância no destino e são utilizados em diversos tipos de geleias, sucos, xaropes, balas e em bolinhos de tamarindo cuidadosamente cobertos com açúcar granulado antes de serem servidos.

O Swanky é uma das bebidas tradicionais, feita com limões, laranjas nativas e açúcar mascavo. A receita pode ser simples ou complexa; em alguns restaurantes, ela conta com um toque especial, misturando-se também o típico rum das ilhas.

Foto por CIDOT

Foto por CIDOT

Outro fator que contribui para a riqueza gastronômica das Ilhas Cayman é a influência de outras culturas. Cerca de 30% da população local é formada por estrangeiros, que acrescentam aos pratos típicos diferentes ingredientes, condimentos e propostas gourmet influenciadas pela culinária internacional.

Um dos formatos característicos da região é o “farm to table” (ou “da fazenda à mesa”), que se caracteriza pelo fato de fazer pratos com alimentos mais frescos, vindos diretamente do local onde são produzidos. Muitos estabelecimentos compram de produtores locais ou tem produção própria para oferecer uma grande variedade de frutas, legumes e carnes da melhor qualidade.

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Muitos restaurantes em Grand Cayman, como The Brasserie, Cayman Cabana e The Greenhouse, são “farm to table” e atraem clientes em busca de uma experiência culinária regional e saudável. Em Cayman Brac, o Le Soleil d’Or é um resort fazenda que trabalha somente com os ingredientes produzidos na propriedade. Além da experiência gastronômica, é possível visitar a fazenda e conhecer as três iguanas que vivem lá e fazem sucesso entre os hóspedes e visitantes.

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Eventos gastronômicos 

Existem vários eventos ideais para os amantes da boa gastronomia nas Ilhas Cayman. Em outubro, o Restaurante Month comemora seu quinto aniversário e leva os visitantes em uma incursão gastronômica com os principais restaurantes a preços reduzidos. Entre os estabelecimentos participantes estão Agua, Catch, Rackams, Cimboco, Grand Old House, Wharf, Vivo, Ave, Ferdinand’s e Beach House.

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Também em outubro acontece o Cayman Cocktail Week, igualmente em sua quinta edição, que permite aos visitantes conhecerem os principais profissionais da indústria de bebidas, fazer tours de degustação e até mesmo preparar seus próprios coquetéis.

Janeiro é outro mês com grandes eventos gastronômicos nas Ilhas Cayman. Realizado dentro do complexo comercial de Camana Bay, o Taste of Cayman Food & Drink Festival celebra a gastronomia local com a participação de chefs e bartenders de diversos restaurantes em sua 30ª edição.

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

É impossível falar de gastronomia e não mencionar o mais exclusivo dos eventos locais, o Cayman Cookout, que celebra sua 10ª edição com chefs mundialmente famosos, como Eric Ripert, Anthony Bourdain e José Andrés, além dos principais influenciadores da indústria gastronômica. O evento inclui demonstrações, degustações, tours, jantares e festas, entre outras experiências, com uma das paisagens mais deslumbrantes do Caribe. A próxima edição acontecerá de 10 a 14 de janeiro de 2018, no The Ritz-Carlton Grand Cayman.

Foto por David Wolfe

Foto por David Wolfe

Mais informações em: visitecayman.com

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: Divulgação

Comentários