logo

Telefone: (11) 3024-9500

Honduras: cultura maia, praias e biodiversidade na América Central | Qual Viagem Logo

Tropical paradise on the island of Roatan, Honduras

Honduras: cultura maia, praias e biodiversidade na América Central

2 de dezembro de 2015

Honduras – que significa profundezas na língua espanhola -, no coração da América Central, é uma república montanhosa com pouco mais de 8,3 milhões de habitantes. O país atua em vários  segmentos econômicos, desde a produção agrícola, especialmente de café, considerado um dos melhores do mundo, e indústria da banana, além de sua biodiversidade, generosamente aplicada nas atividades do turismo como um foco de desenvolvimento da comunidade.

Mais de um milhão de hondurenhos trabalham fora do país, principalmente na Espanha e Estados Unidos, contribuindo com os recursos que ganham no exterior para alimentar a economia nacional.

Foto via pixabay.com

Foto via pixabay.com

Cerca de 80% de seu território é montanhoso e conta com 107 áreas protegidas, incluindo a segunda maior floresta tropical das Américas, depois da Amazônia, e a segunda maior barreira de corais do mundo, o recife Mesoamericano.

Uma grande diversidade de flora, fauna e vida marinha, história, sítios arqueológicos, incluindo o mais importante centro cerimonial da sociedade Maia Clássica, paraísos de mergulho, praias do Caribe, rios cristalinos e uma das maiores diversidades do planeta. Ainda pouco conhecido dos brasileiros,o destino conta com atrações diversas que podem ser descobertas em uma visita.

Foto via Flickr John Colby

Foto via Flickr John Colby

Mais conhecida entre as ilhas caribenhas de Honduras, Roatán possui muitos recifes, que formam piscinas naturais ao longo da sua costa, lembrando em alguns momentos as formações do Sul do Oceano Pacífico. Ponto de parada de cruzeiros, a cumprida ilha tem cenários incríveis  e muitas atrações para diferentes gostos, desde as mais costeiras como snorkel e mergulho, até passeios por jardins naturais reconhecidos internacionalmente. O local também é conhecido pelas diferentes atividades de nado com tubarões.

954875751_3fb09da420_z

Foto via Flickr John Donaghy

As Ruínas de Copán podem até ser menos conhecidas do que as de Machu Picchu, no Peru, e as construções maias de Tulum e Chichen Itzá, no México, porém, Copán é um sítio arqueológico também da civilização maia que não deixa a desejar para outros espalhados pelas Américas. Por ser menos conhecido, também é mais vazio e acessível. Para quem gosta de história, é uma visita obrigatória.

 

Pense em tudo o que você gostaria de fazer no Caribe por um preço abaixo da média. Útila tem todas essas atrações. Além das belas praias e da natureza preservada, essa ilha fica mais próxima do que Roatán em relação ao continente. Essas características têm alimentado os turismos local e internacional. Paisagens de tirar o fôlego, gastronomia diferenciada e hoteleira para todos os gostos e bolsos.

 

Maior lago natural de Honduras, o Yojoa fica cercado por montanhas não muito distante da capital, Tegucigalpa. O seu clima florestal dá aos visitantes a possibilidade de observar muitas aves diferentes, apreciar cachoeiras magníficas, praticar trekking e pescar. Cavernas e ruínas maias também podem ser encontradas nas imediações desse tesouro ecológico hondurenho. Em Yojoa o Bird Watching é imperdível e deve ser uma das escolhas dos programas oferecidos pela agências de turismo receptivo local.

Honduras Foto via Flickr Aaron Ortiz

Foto via Flickr Aaron Ortiz

 

Para aqueles turistas que não estão dispostos a ir até ilhas como Roatán e Útila, as praias de Punta Sal, na porção continental de Honduras, são ótimas para relaxar na companhia de areia branca e água azul turquesa. Boa estrutura de hotéis, restaurantes e comércio variado, além de boas compras de artesanatos e frutas típicas.

Quem leva

copaairlines.com.br

avianca.com.br

americanairlines.com

 

Pacotes Turísticos

sanchattour.com.br

cvc.com.br

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque via Istock/ michalzak

Comentários