logo

Telefone: (11) 3024-9500

Holanda tem bons restaurantes, bares e cafés | Qual Viagem Logo

Restaurante The Penthouse (Foto: Divulgação)

Holanda tem bons restaurantes, bares e cafés

7 de setembro de 2015

Diz uma velha história que quando alguém pede uma comida típica na Holanda, os garçons se olham e sussurram: “Veja o turista”. Isso porque não existe nenhum prato genuinamente holandês! Talvez haja um certo exagero. Originais ou não, há muito para pedir nos charmosos estabelecimentos nas praças, ruas elegantes e ao longo dos canais. É só olhar, escolher e curtir. Mesmo no frio, prove as cervejas artesanais holandesas (e as belgas também!). Há ótimas opções de comida.

Os holandeses adoram os queijos nativos, como Gouda e Edam, assim como sorvetes e iogurtes. Os sanduíches broodjes – com variados recheios -, podem ser verdadeiros almoços. Há muitos pratos à base de batatas – como vemos no famoso quadro “Os Comedores de Batata”, de Van Gogh. Um desses pratos é o Boerenkook met Rookworst (repolho crocante e batatas, acompanhados por salsicha defumada).

Principalmente nos dias quentes, grande pedida – mas não para todos os paladares – são os Haring (arenques) crus, geralmente servidos com picles e cebolas. São ótimos o ano inteiro, mas garantem que em junho – a estação dos arenques – são ainda melhores. Na mesma linha do paladar estão as enguias defumadas. Já no frio, um dos pratos mais pedidos é a Erwtensoep (sopa de ervilhas com bacon).

Na hora do café, não deixe de experimentar a Appelgebak met slagroom (torta de maçã com chantilly). Imperdível é o Stroopwafel, biscoito recheado – com duas metades coladas por um caramelo. O pacotinho é vendido em qualquer lugar, de docerias e cafés a barraquinhas das feiras. Muitos comem essa delícia enquanto caminha ou mesmo pedala. Nos cafés, o hábito holandês é tapar a boca da xícara com o Stroopwafel. O calor derrete um pouco o caramelo e o aroma do café penetra no biscoito! Hum..! Simples e maravilhoso! Fazem também sucesso as pannekoeken ou flensjes (panquecas holandesas, salgadas ou doces).

Os holandeses são loucos por frituras. Você não pode deixar o país sem provar os bolinhos crocantes, especialmente o Frikandel (espécie de croquete de carne) e o Bitterbalen (bolinhos recheados com creme de carne).

É curioso ver as paredes de comida, que existem em vários bares, estações de trem e diversos outros lugares. São paredes inteiras, com pequenos forninhos. Você coloca dinheiro e pega seu quitute. A gente tem a impressão de que estará meio passado e sem crocância. Que nada! A saída é tanta que sempre é fresquinho e delicioso! Também para comer caminhando ou sentado no bar, outras das atrações gastronômicas do país: as Vlaamse Frites (batatas fritas com maionese). Os lugares mais refinados servem em um pratinho, com as batatas de um lado e a maionese do outro. Nos mais simples e nas ruas, a “iguaria” vem em um cone, com tudo misturado. Deliciosas! Van Gogh faria um remake de seu quadro! Tudo bem, é tudo muito calórico, mas você está de férias, caminhando ou pedalando o dia inteiro. Ao viajante, as batatas! Você tem o direito de ser feliz!

Onde comer

The Penthouse – No Skybar da Haagse Toren – Rua Rijswijkseplein, 786 – no último andar da Torre de Haia, você irá saborear alta gastronomia em todos os sentidos. A 135 metros de altura é o restaurante mais alto da Holanda. A comida é magnífica, variada e internacional. Destaque para os peixes e frutos do mar. Há uma ótima carta de vinhos e também muitas opções de cerveja. A linda vista pode ser apreciada através dos janelões ou da varanda. À noite, as janelas se transformam em telas de alta definição para projeção de filmes e fotos. Vale muito a pena, seja para almoço, happy hour ou jantar. Após a meia-noite, as mesas são afastadas e o local se torna uma agitada e elegante balada, com jovens de Haia e de outras cidades holandesas.
Informações: thepenthouse.nl .

Blauw 070 – Para quem busca algo diferente, aqui está uma boa chance para conhecer, em Haia, a tradicional cozinha indonésia. Localizado na Rua Javastraat, 13, o lugar tem arquitetura e design modernos, com belas fotos em preto e branco dos parentes indonésios do proprietário do restaurante. Peça o menu que traz 18 pratinhos. Beba muita água, já que alguns pratos são bem picantes.
Informações: blauw070.nl .

Por Airton Gontow

Comentários