logo

Telefone: (11) 3024-9500

Hanói: caótica sem perder o charme | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ Nguyenhieu2206

Hanói: caótica sem perder o charme

30 de março de 2017

Apesar de ser a capital do Vietnã, Hanói não entra no roteiro da maioria dos turistas que visitam o país. Ou só funciona como passagem para Ha Long Bay. Mas isso não significa que a cidade não tem seus atrativos. A chamada “Velha do Oriente” tem mais de mil anos de história e, apenas do clima um pouco caótico, reflete modernidade e charme.

Foto por IStock/ trocphunc

Foto por IStock/ trocphunc

Localizada ao norte do Vietnã, Hanói é a segunda maior cidade do país, com mais de 7 milhões de habitantes. Seu nome significa “entre rios”, pois está situada no delta do Rio Vermelho.

O principal bairro do destino é o Old Quarter, que apresenta uma configuração original e a arquitetura tradicional. O lugar é famoso pelo artesanato e lojas especializadas em seda, um passeio pelo local é indispensável. Além disso, está sempre movimentado pelo trânsito de motos – típicos da região – e pelas barraquinhas vendendo frutas e outras opções de alimentação barata.

Foto por Istock/ ronemmons

Foto por Istock/ ronemmons

À noite, é lá também que ficam os principais bares da cidade, disputados por turistas e locais. Vale lembrar que a noite vietnamita costuma acabar cedo. Por volta da meia noite a polícia já passa cumprindo a ordem de fechamento. O jeito é aproveitar o happy hour logo no finalzinho da tarde.

Hanói é o centro cultural do Vietnã, reunindo mais de 600 pagodes – aquele tipo de torre com múltiplas beiradas típico da Ásia – e templos, como o da Literatura, que foi construído em 1070 em homenagem ao filósofo chinês Confúcio. Outros pontos que valem uma visita são: o Pagode de Um Pilar, o Templo Ngoc Son, a Torre da Bandeira de Hanói e o Pagode Tran.

Foto por Istock/ CharlieTong

Foto por Istock/ CharlieTong

Tido como o coração da cidade, o lago Hoan Kiem é um dos pontos mais agradáveis de Hanói. Lá, é possível se refrescar do intenso calor da cidade e também se reunir com os amigos nos bares e restaurantes que se encontram em suas margens.

Hoan Kiem também abriga uma pequena ilha,chamada Tháp Rùa, que representa um dos símbolos da cidade, construído no século XVII. De lá partem alguns passeios de barco pelos arredores.

Foto por Istock/ efired

Foto por Istock/ efired

Parada obrigatória em Hanói, o Mausoléu de Ho Chi Minh, que guarda o corpo do líder vietnamita de mesmo nome embalsamado é visitado por milhares de pessoas diariamente. Neste local foi lida a Declaração da Independência, instituindo a República Democrática do Vietnã, em 2 de setembro de 1945 também.

Como chegar

Não há voos diretos do Brasil para Hanói, porém, a capital vietnamita recebe voos de diversas cidades asiáticas como Bangcoc, Cingapura, Osaka, Tóquio, Kuala Lumpur, entre outros.

Onde ficar

Hanoi La Siesta Diamond Hotel & Spa

Serene Premier Hotel

Hanoi Elite Hotel

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Istock/ Nguyenhieu2206

Comentários