logo

Telefone: (11) 3024-9500

Guadalajara - dos mariachis aos museus | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ camaralenta

Guadalajara – dos mariachis aos museus

12 de setembro de 2016

Segunda maior cidade do México, Guadalajara é também o centro cultural do oeste do país. Foi lá que nasceu a música mariachi e a famosa bebida mexicana, tequila. Na década de 1950, a diferença de muitas cidades coloniais que mantêm seu plano urbano original, Guadalajara foi submetida a um importante projeto que mudou o rosto da cidade. Os edifícios antigos foram demolidos para expandir avenidas com novas edificações, construir estacionamentos subterrâneos e centros comerciais. Felizmente, os edifícios antigos mais belos ficaram inalteráveis.

Foto por istock/ camaralenta

Foto por istock/ camaralenta

Uma visita à cidade pode começar a partir da Catedral Metropolitana, considerada o sítio histórico mais importante da capital. E de lá, ir até a Praça Guadalajara, que conta com uma belíssima fonte com dois leões esculpidos com suas garras descansando no tronco de uma árvore. Sua fonte central assemelha-se a dois leões com suas garras descansando no tronco de uma árvore, o escudo da cidade.

Atrás da Catedral está a grande Praça da Libertação, nomeada desta forma para comemorar a abolição da escravidão por parte do Miguel Hidalgo. Uma estátua desta personagem segurando uma cadeia quebrada comemora o evento. E perto dali está o Teatro Degollado onde é apresentado o Balé Folclórico de Guadalajara, sob o belo estilo neoclássico que data de 1856.

Mais ao sul da cidade se encontra a Praça das Armas, com seu balcão de música estilo art nouveau e lâmpada em estilo combinante. Eo Palácio de Governo, que possui uma bela fachada barroca e um mural espetacular na escada principal interior que foi pintada pelo José Clemente Orozco.

À medida que você continua caminhando, passará pelos arcos e passeios pitorescos, fontes borbulhantes, edifícios encantadores coloniais restaurados e modernas esculturas. A pouca distância, a Praça dos Mariachis oferece um espaço para desfrutar um refrigerante e ouvir a música dos mariachis, um excelente final para um dia cheio de fotografias na segunda maior cidade do México.

Além de tudo isso, Guadalajara conta com 22 museus como o Museu da Cera, Museu Regional de Jalisco e Museu da Antropologia. O passeio pelo centro histórico pode ser feito a pé, no ônibus de dois andares ou em uma espécie de carruagem.

Foto por Istock/ camaralenta

Foto por Istock/ camaralenta

Distando 65 quilômetros Guadalajara, Tequila é umas das “Cidades Mágicas” do México e também é o berço da famosa homônima bebida mexicana. É considerado como “Cidade Mágica” locais que preservam lendas vivas e a mais pura cultura que reflete o típico de espírito do México. Atualmente, 83 cidades foram nomeadas como “mágicas” e cada uma oferece uma atração especial para os visitantes.

Como chegar

Saindo de São Paulo, há voos até Guadalajara da Aeromexico e Latam, via Cidade do México, Copa Airlines, via Cidade do Panamá e United via Houston.

Onde ficar

Grand Fiesta Americana Guadalajara Country Club

NH Collection Guadalajara Providencia

Hotel Morales Historical & Colonial Downtown Core

Texto por: Eliria Buso

Comentários