logo

Telefone: (11) 3024-9500

Golf, águas que curam e artesanato em Termas de Rio Hondo na Argentina | Qual Viagem Logo

istock-833621150

Golf, águas que curam e artesanato em Termas de Rio Hondo na Argentina

22 de maio de 2018

Rio Hondo é um centro turístico com: termas, spas, restaurantes, cassinos, salas de convenções e bem estruturados campo de golfe. Pensar em turismo na Argentina não é apenas no famoso espetáculo de tango, nas carnes nobres, nas compras de casacos em Buenos Aires ou nas estações de esqui de Bariloche e cidades vizinhas. A prova disso são as Termas de Río Hondo que estão localizadas as margens  da Rodovia 9 entre as cidades de Tucumán e Santiago del Estero, da qual distam 75 km.

As Termas estão à beira do Rio Dulce sobre uma cratera termo mineral de quase 15 km, conformada por 14 fontes de águas térmicas cuja temperatura varia entre os 30 e 65 graus centígrados. Existem diferentes tipos de águas, como ferruginosas, bicarbonatadas, cloruradas e sulfatadas, cada qual com suas propriedades benéficas adequadas para o tratamento de diferentes enfermidades, como doenças de pele, respiração e até reumatismo.

As Termas do Rio Hondo são o principal centro termal e de spa da América Latina, com mais de 170 estabelecimentos hoteleiros de diferentes categorias, alguns deles com banhos termais nas próprias suítes.

A apenas 4 km fica o Dique Frontal, com um lago de 33.000 hectares onde podem ser praticados diversos esportes náuticos.  O local conta com diversas atividades recreativas, como visitar a feira dos artesãos, o cassino e o centro de congressos e convenções, onde podem ser desfrutados espetáculos teatrais, musicais e concertos. Também podem ser praticadas atividades esportivas, como o golfe e o tênis, esportes muito praticados por lá. Por incrível que possa parecer, a região não é apenas visitada por idosos. O principal público que visita Rio Hondo são de famílias com crianças e casais que se deliciam nas águas quentinhas e terapêuticas do local.

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Imagem Destacada via iStock/ natalie sanderson

Comentários