Feira de intercâmbio gratuita aborda trabalho na Irlanda e na Austrália | Qual Viagem
logo

Telefone: (11) 3024-9500

Feira de intercâmbio gratuita aborda trabalho na Irlanda e na Austrália | Qual Viagem Logo

feira-ci-1m

Feira de intercâmbio gratuita aborda trabalho na Irlanda e na Austrália

15 de setembro de 2017

Fazer intercâmbio e adquirir um pouco de experiência no mercado de trabalho no exterior é o desejo de muitos brasileiros. Mas para quem pretende conciliar as atividades de trabalhar e estudar em outro país, é preciso estar atento a algumas questões.

Para auxiliar nessa empreitada, a Diretora da Divisão de Vistos da CI Intercâmbio e Viagem, Fátima Kaiser, explica o caminho para adquirir o visto certo em dois dos destinos favoritos dos brasileiros para estudar e trabalhar: Austrália e Irlanda.

“É importante saber que nem todos os países permitem conciliar trabalho e estudo, por esse motivo é essencial pesquisar bem os destinos. A Austrália e a Irlanda são dois destinos que têm o mercado de trabalho bastante receptivos a estrangeiros, o que facilita na hora de tirar o visto de estudante”, explica a diretora.

Pensando nessa realidade, a CI realizará a Feira Trabalhar e Estudar – Irlanda e Austrália no dia 19 de setembro, no Rio de Janeiro, direcionada para quem pretende fazer um intercâmbio que alie curso de idioma e trabalho em algum dos dois países. A feira acontecerá também em outras duas cidades, São Paulo e Porto Alegre, nos dias 16 e 21 de setembro, respectivamente.

HORA DE TIRAR O VISTO DE ESTUDANTE PARA A AUSTRÁLIA

A terra dos cangurus é um ótimo destino para quem pretende estudar e ainda encontrar um emprego. Com o visto adequado, o aluno que estiver matriculado em uma escola por mais de 3 meses, pode trabalhar até 20 horas semanais. “Um diferencial da Austrália é que para tirar o visto de estudante, a pessoa pode optar por se matricular em um curso profissionalizante, se ela já tiver um bom nível de inglês”, comenta.

Como tirar o visto? Antes de tudo, é preciso se cadastrar no site do Departamento de Imigração Australiano. “Apesar de estar em inglês, as informações solicitadas no formulário são simples, como nome, motivo da viagem, se alguém vai viajar junto com o intercambista e o tempo de permanência no país”, explica Fátima.

Além da documentação obrigatória, o Departamento ainda pode solicitar evidências de sua capacidade financeira e proficiência na língua inglesa, dependendo do curso escolhido.

HORA DE TIRAR O VISTO DE ESTUDANTE PARA A IRLANDA

O procedimento para conseguir o visto para a Irlanda é feito no próprio país de destino. “O primeiro contato com a imigração que o estudante terá será no aeroporto de Dublin, então ele já deve ter preparado toda a documentação necessária, deixar tudo em mãos e de fácil acesso, para não perder ou esquecer nada no caminho”, comenta.

Para conseguir a permissão de trabalho no país, o estudante precisa estar matriculado em um curso de inglês acima de 25 semanas, e terá que se registrar no escritório geral da imigração, que pode conceder visto para 8 meses. “Uma dica importante é agendar o quanto antes a entrevista no escritório da imigração. Se tiver com toda a documentação certa, pode marcar até aqui pelo Brasil, agilizando o processo na Irlanda”, informa a diretora “Nos dois casos é importante deixar claro a intenção da entrada no país. Na Austrália, a clareza na hora de preencher o formulário facilitará a aprovação do visto ainda aqui no Brasil, e na Irlanda aumentará a chance de adquirir o visto Stamp 2, esticando a sua estadiano país”, conclui Fátima Kaiser.

​Serviço
CI INTERCÂMBIO E VIGEM –  FEIRA TRABALHAR E ESTUDAR | AUSTRÁLIA E IRLANDA | EDIÇÃO RIO DE JANEIRO
DATA: 19/09/2017
LOCAL: EVEREST RIO HOTEL | RUA PRUDENTE DE MORAIS, 1117 – IPANEMA
HORÁRIO: DAS 15H ÀS 20H

Texto por: Agência com edição Eliria Buso

Foto Divulgação

Comentários