logo

Telefone: (11) 3024-9500

Exposição sobre cotidiano, religião e ritos funerários do Egito Antigo chega a SP | Qual Viagem Logo

© Museo Egizio

Exposição sobre cotidiano, religião e ritos funerários do Egito Antigo chega a SP

17 de fevereiro de 2020

Após temporada de sucesso no Rio de Janeiro, onde recebeu mais de 1,4 milhão de visitantes, a exposição “Egito Antigo: do cotidiano à eternidade” desembarca em São Paulo. Com promessas de fascínio garantido aos paulistas que visitarem o Centro Cultural Banco do Brasil, de 19 de fevereiro a 11 de maio, a mostra reúne 140 peças vindas do Museu Egípcio de Turim, responsável pelo segundo maior acervo desta temática no mundo.

São esculturas, pinturas, amuletos, livros dos mortos, reproduções de templos, estelas (algo como as nossas lápides), óstracons – fragmentos de cerâmica ou pedra utilizados para escrever mensagens oficiais -, sarcófagos e até uma múmia humana.

Foto por Eliria Buso

Foto por Eliria Buso

Está última, junto com a imponente estátua da deusa Sekhmet, de dois metros de altura e meia tonelada de rocha do tipo granodiorito, é a grande estrela da exposição. Datada de cerca de 700 a.C, a múmia Tararo vem da 25ª dinastia egípcia e, assim como todos os outros sarcófagos expostos, retrata com alguns detalhes as famosas práticas funerárias da civilização egípcia.

Foto por Eliria Buso

Foto por Eliria Buso

A mostra do CCBB é dividida em três partes, vida cotidiana (amarela), religião (verde) e eternidade (azul), e conta, ainda, com espaços interativos para exibição de vídeo 3D que percorre o Egito Antigo, assim como réplicas de escavações e da tumba de Nefertari – considerada como a Capela Sistina do período.

Foto por Eliria Buso

Foto por Eliria Buso

Com 3 mil anos, a civilização egípcia marcou, principalmente, por sua estabilidade política, sua prosperidade econômica e seu florescimento artístico. E, até hoje, é um período da história que atrai a atenção do mundo inteiro. Não à toa, são esperados 500 mil visitantes para a exposição, que dura três meses em São Paulo antes de completar seu circuito em Belo Horizonte e Brasília.

“Egito Antigo: do cotidiano à eternidade” teve curadoria e produção do historiador Pieter Tjabber, responsável por algumas das exposições mais bem avaliadas entre o público brasileiro. Com entrada gratuita, a mostra já tem ingressos esgotados para todos os finais de semana de março.

E, com o intuito de levar diversão e aprendizado juntos aos visitantes, a exibição conta, ainda, com alguns espaços criados para selfies, com direito a efeito que simula um cenário com esfinge, atividade de escavação e até uma pirâmide, logo na entrada.

Serviço

“Egito Antigo: do cotidiano à eternidade”

Quando: 19 de fevereiro a 11 de maio

Onde: Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico, Triângulo SP, São Paulo–SP

Aberto todos os dias, das 9h às 21h, exceto às terças

Acesso ao calçadão pela estação São Bento do Metrô

Ingressos: eventim.com.br/artist/egito-antigo/

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por: © Museo Egizio

Comentários