logo

Telefone: (11) 3024-9500

Expo São Roque e Rota do Vinho – Programação para outubro à apenas 60 km de São Paulo | Qual Viagem Logo

roque35

Expo São Roque e Rota do Vinho – Programação para outubro à apenas 60 km de São Paulo

17 de outubro de 2016

Por Lívia Soares (www.peaceoutblog.com)

 

São Roque

Uma cidade gostosa, com clima agradável e pertinho da capital. À apenas 60 km de São Paulo São Roque, cidade que ostenta o título de “Terra do Vinho”, conquistado com a chegada dos imigrantes italianos e portugueses, no final do século XIX.

 

A Expo São Roque

No mês de outubro acontece na cidade de São Roque a famosa Expo São Roque.  Neste ano de 2016 acontece de 07 de outubro a 06 de novembro.

A Expo é um evento que une diversão, gastronomia, compras, shows e diversas manifestações artísticas. O grande foco da Expo é divulgar o potencial turístico da cidade com suas famosas adegas e restaurantes do Roteiro do Vinho.

A introdução à enologia e conhecer os stands das vinícolas que, por gerações, fazem de São Roque sinônimo de vinho em todo o país. As pessoas também podem apreciar diferentes pratos à base de alcachofra e aprender a preparar esta flor comestível de sabor marcante no Espaço Gourmet

Como a alcachofra é uma das estrelas deste evento, não preciso nem dizer a grande variedade de pratos que há no local.

roque25

(Foto por Lívia Soares)

roque20

Na Expo São Roque é possível apreciar a alcachofra como flor e comprá-la em conserva. (Foto por Gustavo Rogado)

 

img_3063

A Villa de São Roque é um espaço para proporcionar ao turista o contato com os atrativos naturais de São Roque (Foto por Gustavo Rogado)

 

img_3060

Foto por Gustavo Rogado)

roque21

Alcachofra recheada (Foto por Lívia Soares)

roque23

Minha cara de felicidade antes de comer alcachofra recheada (Foto por Gustavo Rogado)

 

 

Ingressos:

Os ingressos podem ser adquiridos no horário e local do evento.

Quintas/Sextas-feiras: R$ 8,00

Sábados, Domingos e Feriado: R$ 24,00/ Após as 16h R$ 8,00

 

Localização

Recanto da Cascata · Av. Antonio Maria Picena nº 34 · Junqueira · São Roque · SP

mapa-expo-sao-roque

Mapa retirado do site do evento

Infraestrutura

O Recanto da Cascata conta com 50 mil m² e promove aos turistas um verdadeiro contato com a natureza. Com um grande jardim natural de flores e bela cascata, o espaço é ideal para toda a família.

O recinto possui ainda fraldário, posto de enfermagem, segurança, cadeiras de rodas e acessibilidade para deficientes físicos.

 

A Rota do vinho

 

Dizem que vinho faz bem à saúde, então vamos lá….rsrs

No conhecido Roteiro do Vinho, encontra-se um apanhado de cerca de 31 estabelecimentos distribuídos por três vias. A produção vinícola da região começou no século XVII, quando imigrantes portugueses passaram a cultivar videiras às margens dos rios Carambeí e Aracaí, e teve continuidade com os imigrantes italianos, que chegaram dois séculos depois. Hoje, a estância comercializa 18 milhões de litros de vinho por ano – a maior parte de vinhos de mesa.

A estrada da Rota é linda e você pode simplesmente parar na vinícola que tiver vontade. Ao longo dos 10 quilômetros da Estrada ficam as vinícolas e adegas onde os turistas podem degustar à vontade bebidas, salgados, doces e até almoçar e jantar nos restaurantes, hotéis e pousadas que atendem ao mais variado público e bolso.

Entrando nelas, tem muita coisa para apreciar: a paisagem, exposições de instrumentos antigos para fazer vinhos, as parreiras de uva, os artesanatos, a arquitetura das casas… Tem até uma torneira gigante que sai vinho!

roque35

(Foto por Lívia Soares)

roque36

(Foto por Lívia Soares)

Vamos à algumas vinícolas:

 

Canguera

Bem  charmosa a adega. Com uma torneira saindo “vinho” está logo na entrada. Mesinhas na grama, com a sombra das árvores e um chafariz que “sai vinho” bem fofo.

Criada no início da década de 1950. Hoje administrado pela terceira geração.

Um dos serviços diferenciados oferecido pela vinícola é a personalização de rótulos para empresas, eventos e cerimônias comemorativas, onde o cliente escolhe o tipo de vinho a ser envasado com a sua identidade.

roque2

(Foto por Lívia Soares)

roque1

(Foto por Lívia Soares)

roque3

(Foto por Lívia Soares)

roque4

(Foto por Lívia Soares)

roque5

(Foto por Lívia Soares)

roque6

(Foto por Lívia Soares)

Vinícola Goes

O espaço é realmente preparado para receber os visitantes, e tem completa infraestrutura. Criou um parque em seu entorno. Lago, gramado, equipamento de Play Ground, estacionamento amplo e bem cuidado, instalações sanitárias. Toda infraestrutura necessária, tudo bem cuidado.

A Vinícola montou um sistema receptivo onde você aprende sobre vinhos em palestras e apresentações, nas conversas com especialistas. Degusta informal ou tecnicamente os produtos. Pode adquirir além de vinhos equipamentos e acessórios para todos os estágios de “sommeliers” caseiros.

roque27

(Foto por Gustavo Rogado)

roque26

(Foto por Lívia Soares)

roque30

(Foto por Lívia Soares)

roque31

(Foto por Gustavo Rogado)

Vila Don Patto

O complexo de 40 000 metros quadrados possui um restaurante especializado em comida portuguesa, cafeteria, sorveteria, empório, adega, fazendinha, playground e uma pista off-road.

O ambiente é bem cuidado e esteticamente agradável. Anexo ao restaurante tem uma loja de artesanato e doces caseiros. O local também possui heliponto e passeios de Quadriciclo e Tuk Tuk

Eles criaram  um redário, com redes do nordeste brasileiro, e uma área de descanso, próxima à sorveteria, chocolateria e empório, com confortáveis poltronas artesanais para descanso de frente para uma das vistas mais bonitas de São Roque.

roque15

(Foto por Lívia Soares)

roque14

(Foto por Lívia Soares)

roque18

(Foto por Lívia Soares)

roque13

(Foto por Lívia Soares)

roque16

(Foto por Lívia Soares)

 

Quinta do Olivardo

O proprietário, Olivardo, recebe todos ao som de um bom fado. Ele faz questão de manter as tradições de sua terra natal. O local é simples, com decoração rústica e agradável, onde é possível também ver equipamentos antigos utilizados na produção de vinhos que podem ser degustados com queijos e salames, todos produzidos

Um local concebido para divulgar a cultura e as tradições portuguesa. Decoração, trajes, culinária, confeitaria, armazém, tudo do universo lusitano.

roque7

(Foto por Lívia Soares)

roque10

(Foto por Lívia Soares)

roque12

(Foto por Lívia Soares)

roque9

(Foto por Lívia Soares)

roque8

(Foto por Lívia Soares)

Dicas:

  • Além de vinhos há outras bebidas e para quem não ingere bebida alcoólica, há também opções deliciosas de suco de uva.
  • Entrando na cidade, fica difícil se perder, a sinalização é muito boa e várias placas indicam para a Estrada do Vinho é muito boa.
  • A estrada é bem pavimentada, mas alguns trechos têm buracos. Deve-se tomar cuidado ao dirigir pela região, pois a estrada tem mão dupla. Evite ir se estiver chovendo.
  • No mapa oficial do Roteiro do Vinho abaixo, você tem uma boa ideia da quantidade de vinícolas e estabelecimentos que pode conhecer na região, e pesquisar para ver o que te interessa conhecer.

 

Ufa, E tem mais?

A Estrada do Vinho é passeio para um dia. Apesar de divertido, chega uma hora que cansa. Deixe para conhecer outras vinícolas em uma próxima visita.

Agora, se você tiver tempo e disposição pode se hospedar em uma das simpáticas pousadas da cidade e aproveitar o dia seguinte para conhecer mais da cidade e ir nas cachoeiras.

roque19

Cachoeira Dona Chica no Bairro do Marmeleiro (Foto por Lívia Soares)

img_3175

Cachoeira Dona Chica no Bairro do Marmeleiro (Foto por Lívia Soares)

img_3184

Cachoeira Dona Chica no Bairro do Marmeleiro (Foto por Ana Paula Di Dio)

 

O que senti

Falando da Rota do Vinho o atendimento é excelente. Em todas as vinícolas pelas quais passei fui muito bem recebida e todos os funcionários foram muito prestativos. É delicioso passear pela Estrada do Vinho, escolhendo as vinícolas à visitar e bebendo sem preocupação. A propósito, cuidado se estiver ao volante!

Com relação a São Roque, Dá pra dizer que qualquer coisa que se possa imaginar como atração num contexto campestre, você vai encontrar por lá.

Não é preciso percorrer grandes distâncias para trocar o corre-corre da metrópole por um típico clima de cidade interiorana.

Comentários