logo

Telefone: (11) 3024-9500

Ethiopian Airlines celebra 5 anos no Brasil com mais de 300 mil passageiros transportados | Qual Viagem Logo

ethiopian-b787-dreamliner-qv

Ethiopian Airlines celebra 5 anos no Brasil com mais de 300 mil passageiros transportados

4 de julho de 2018

Há 5 anos a Ethiopian Airlines iniciou a primeira operação regular para a América do Sul, com destino a São Paulo, três vezes por semana. Inicialmente o voo fazia escala em Lomé (Togo) e no Rio de Janeiro. De lá para cá muita coisa mudou. Durante o período, a companhia aérea etíope registra mais de 300 mil passageiros transportados na rota, operando voos diários, que continuam até Buenos Aires. Também fez história ao pousar no País com o primeiro Boeing 787 Dreamliner.

Em 2014, a empresa decidiu descontinuar a operação no Rio de Janeiro, anunciando o fim da escala na Cidade Maravilhosa. Nos dois anos seguintes, houve a retirada e a retomada da escala em Lomé; e a parceria de compartilhamento de voos (codeshare) com a Avianca.

Em março de 2017, a quarta frequência semanal foi anunciada, além da retirada definitiva da escala em Lomé. No mesmo ano, em dezembro, teve início a quinta frequência semanal da rota Addis Abeba – São Paulo. Além disso, a aérea anunciou também a parceria com a Azul Linhas Aéreas.

No ano passado, a companhia apoiou a facilitação de solicitação de visto para a Etiópia com o lançamento do e-visa, um visto digital que é emitido online em uma única página em que os candidatos fazem o cadastro, pagam e garantem seu visto de entrada.

Voos diários para São Paulo e Buenos Aires

Em 8 de março deste ano, a Ethiopian iniciou a extensão do voo para Buenos Aires. A frequência inaugural foi operada exclusivamente por uma tripulação feminina.

Em junho, passou a oferecer voos diários para São Paulo-Buenos Aires com o upgrade da aeronave para um Boeing 777, que tem maior capacidade de passageiros.

Para ampliar ainda mais as possibilidades de voos em diferentes regiões do Brasil, também firmou parceria de codeshare com a GOL.

p_20180704_112131

“Com a história construída até o momento, estamos orgulhosos das conquistas no mercado brasileiro e ambiciosos em relação aos projetos futuros de expansão. Queremos facilitar ainda mais os destinos mais procurados pelos brasileiros, como China, Tailândia, Japão e Índia, além de ampliar o número de turistas em Addis Abeba e arredores”, disse Girum Abebe, diretor geral da Ethiopian no Brasil.

Atualmente, a aérea etíope opera a frota mais jovem e moderna para mais de 100 destinos internacionais em cinco continentes. Entre as 101 aeronaves estão o Airbus A350, Boeing 787 Dreamliner, Boeing 777-300ER, Boeing 777-200LR, Boeing 777-200 Cargueiro e Bombardier Q-400 de cabine dupla. A média de idade dos aviões é de cinco anos.

A companhia também está implementando um plano estratégico de 15 anos, chamado de Visão 2025, que tem o objetivo de mantê-la no grupo de aviação líder na África.

Passagens aéreas com até 25% de desconto

Para comemorar os 5 anos da operação no Brasil, a Ethiopian lançou tarifas promocionais em alguns dos trechos de maior interesse do passageiro brasileiro. A promoção é válida para voos a partir de São Paulo e com compras até o próximo dia 10 de julho. Veja a seguir:

Classe Econômica

Buenos Aires – a partir de US$ 149

Beirute – a partir de US$ 831

Dubai – a partir de US$ 934

Cairo – a partir de US$ 938

Bangkok – a partir de US$ 1.043

Pequim – a partir de US$ 1.054

Seul – a partir de US$ 1.113

Hong Kong – a partir de US$ 1.127

Kuala Lumpur – a partir de US$ 1.141

Nova Delhi – a partir de US$ 1.164

Xangai – a partir de US$ 1.245

combai – a partir de US$ 1.247

Guanghzou – a partir de US$ 1.354

Classe Executiva

Tel Aviv – a partir de US$ 2.599

Cairo – a partir de US$ 2.599

Beirute – a partir de US$ 2.999

Dubai – a partir de US$ 2.999

Bangkok – a partir de US$ 3.999

Hong Kong – a partir de US$ 3.999

Nova Delhi – a partir de US$ 3.999

Xangai – a partir de US$ 4.499

Cingapura – a partir de US$ 4.599

Tóquio – a partir de US$ 4.699

Mais informações: ethiopianairlines.com

Texto por Roberto Maia

Fotos: Divulgação e Roberto Maia

Comentários