logo

Telefone: (11) 3024-9500

Estônia, Letônia e Lituânia: conheça as 3 repúblicas bálticas | Qual Viagem Logo

Photo of pinned Riga on a map of europe. May be used as illustration for traveling theme.

Estônia, Letônia e Lituânia: conheça as 3 repúblicas bálticas

29 de março de 2018

As repúblicas bálticas são formadas por três países do norte europeu: a Estônia, a Letónia e a Lituânia. Todas já foram parte da União Soviética e conseguiram sua independência há pouco, em meados dos anos 90. Hoje, fazem parte da União Europeia e, assim como outros países – devido ao tratado de Schnegen –, possuiem fronteiras abertas e livres para circulação de pessoas entre os países signatários.

Juntas, possuem muitas características parecidas, porém, são muito diferentes. Cada uma com sua riqueza única.

Estônia

Foto via iStock/ KavalenkavaVolha

Foto via iStock/ KavalenkavaVolha

Situada mais ao norte da Europa, a Estônia fica na fronteira entre a Rússia e a Letônia. Foi ocupada pelos russos, dinamarqueses, poloneses, alemães, suecos e vikings. Em 1918, foi anexada a União Soviética e só conseguiu sua liberdade muitos anos depois, em 1991.

Hoje é um dos países mais bem estruturados da Europa e destino turístico de muitos. Um dos principais pontos de visita é Tallinn. A capital do país possui um centro histórico tombado como Patrimônio Cultural Mundial pela Unesco. O lugar é um verdadeiro museu a céu aberto, já que grande parte das construções estão bem preservadas e mantidas na sua forma original, além de datarem edificações da Idade Média. É considerada a cidade medieval mais conservada do mundo.

Foto via iStock/ Xantana

Foto via iStock/ Xantana

Para aqueles que não querem ficar presos apenas aos passeios na parte mais antiga de Tallinn, a cidade oferece um leque de outras opções para curtir em sua parte mais nova. São muitos pubs, restaurantes e baladas para aproveitar.

Tallinn, além de possuir prédios históricos – como o da Prefeitura – em estilos gótico e barroco, igrejas e castelos, é um destino ideal para quem curte climas gelados. O inverno é bem rigoroso e pode chegar a -30°. Para que não é muito chegado no frio, entre maio e outubro consegue pegar um tempo mais quentinho e bom para curtir as praias, que se estendem por mais de três mil quilômetros e são banhadas pelo mar báltico.

Letónia

Foto via iStock/ f9photos

Foto via iStock/ f9photos

A Letónia é um dos países mais arborizados do mundo. Cerca de metade do seu território é formado por florestas, principalmente por pinheiros. O principal produto exportado é o pinho, inclusive para o Brasil. Uma das melhores épocas para se conhecer as plantações é no outono, em meados de outubro, que apesar de ser um tanto frio, proporciona uma vista para paisagens lindas.

Riga, a capital do país, é considerada um grande centro cultural dentro de uma metrópole. Além de possuir diversas construções da Era Medieval, prédios de madeiras, construções da Art-Noveau, ruas de pedra e catedrais ortodoxas são outras de suas características.

Não deixe de visitar a Casa das Cabeças Negras – antiga corporação de jovens mercadores alemães que eram solteiros. A construção de 1334, que havia sido destruída durante a Segunda Guerra Mundial, foi reconstruída em 1999. Foi por alguns anos, residência de um dos presidentes do país. Hoje, atua como um museu que possui exibições divertidas e educativas sobre a cidade e outras atividades.

Foto via iStock/ f9photos

Foto via iStock/ f9photos

Outro ponto turístico incrível é o Jardim Botânico de Kristaps Morbegs, uma construção antiga que data de meados de 1883. Ao longo dos anos, a casa foi ampliada e modificada diversas vezes, e hoje atua como a Universidade de Latvia.

Lituânia

Foto via iStock/ fotoman-kharkov

Foto via iStock/ fotoman-kharkov

Tombado pela Unesco como maior centro histórico em estilo barroco da Europa, a Lituânia é um país agradavelmente badalado e cheio de cultura.

Dentre os países bálticos, possui maior área de expansão territorial e densidade populacional. Além de possuir muitos rios e lagos cortando pelo meio da cidade, durante o verão é possível nadar, pescar e andar de caiaque. Durante essa época do ano, o sol demora mais para se pôr – lá pelas 23h da noite, nascendo por volta das 03 da manhã –  então os lituanos aproveitam bastantes para curtir e ficam nas ruas até bem tarde da noite, ou seria do dia?

Vilnius, a capital e cidade mais populosa do país, possui muitos encantando e pontos turísticos que agradam a todos. A Lituânia possui um grande número de igrejas e parte delas estão na capital, então os visitantes podem se surpreender ao encontrarem diversas e uma bem pertinho da outra.

É muito comum ver balões sobrevoando o céu das cidades, principalmente em Vilnius. Outro lugar que é possível encontrar a rodo, são os bares. Muitos deles vendem cervejas lituanas, algumas têm mais de 50 tipos, além de queijos artesanais e outros frios para acompanhamento.

Foto via iStock/ Birute

Foto via iStock/ Birute

O Museu de Vítimas do Genocídio é um dos pontos mais visitados da Lituânia. Ele fica localizado em um antigo prédio da KGB – antiga organização secreta de serviços da União Soviética. Era nesse local que os crimes eram julgados e penalizados. Os visitantes podem conhecer as celas, as instalações onde ocorriam as penas de morte, as ocupações dos nazistas, a sala de espionagem, além de exibições sobre história e resistência do povo lituano.

Texto por Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock/ dk_photos

Comentários