logo

Telefone: (11) 3024-9500

Em Alcântara, conheça a Casa do Divino e experimente os doces de espécie | Qual Viagem Logo

casa-do-divino-espirito-santo-foto-adilson-zavarize-3

Em Alcântara, conheça a Casa do Divino e experimente os doces de espécie

28 de março de 2017

Localizada na cidade de Alcântara, no Maranhão, a Casa do Divino” é uma espécie de museu histórico que retrata os acontecimentos dessa importante festa católica.  O espaço, que fica numa sobrado do Centro Histórico, recebe anualmente os festejos do Divino Espírito Santo, e no mês de maio se transforma na “Casa do Império”, com cerimônias e festas.casa-do-divino-espirito-santo-foto-adilson-zavarize-1

A Casa não só integra o roteiro turístico, como é parte do patrimônio cultural da cidade, servindo como espaço de registro, divulgação, revitalização de sua história, tradição e cultura. Tem a coordenação do Sr Antônio Livramento Boas e Tavares. A visitação pode ser realizada de terça a sábado das 9 as 18 horas e aos domingos até as 13 horas; o espaço guarda em mais de 10 salas parte do acervo dessa importante festa.casa-do-divino-espirito-santo-foto-adilson-zavarize-6

Depois de sair de lá visite a doceria que comercializa os deliciosos doces de espécie. A guloseima se assemelha a um bom-bocado e tem o tamanho e o formato de uma tartaruguinha. A iguaria se tornou uma tradição na cidade ao ser distribuída pelos moradores durante a Festa do Divino.doce-de-especie-foto-adilson-zavarize-2

A receita é encontrada somente em Alcântara e foi herdada dos açorianos. Confira:

– 3 xícaras de coco ralado grosso
– 2 xícaras de açúcar
– 1 xícara de água

Massa
– 2 xícaras de farinha de trigo
– 5 colheres (sopa) de óleo
– 1/2 colher (chá) de sal
– 1/2 xícara de água

Modo de preparo

Colocar todos os ingredientes numa panela e levar ao fogo alto mexendo sem parar. Depois que a calda começar a ferver, mexer de vez em quando. Quando a mistura estiver bem cremosa, desligar o fogo, passar para um tabuleiro untado com manteiga e deixar esfriar.

Preparo da massa
Colocar a farinha de trigo numa tigela e juntar o óleo, o sal e a água. Misturar até que a massa fique homogênea. Em seguida, polvilhar farinha de trigo sobre uma superfície de trabalho. Abrir a massa com um rolo até ficar bem fina. Com a ajuda de um copo, cortá-la em discos. Polvilhar uma assadeira com farinha de trigo e colocar os discos de massa.

Preparo final
No meio de cada disco de massa, colocar uma colher de sopa generosa da cocada já fria. Decorar cada docinho com tiras finas da massa, fazendo um laço. Colocar os doces em forno quente e assar por aproximadamente 20 minutos.

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva. Enviado especial ao Maranhão

Fotos por: Adilson Zavarize

Comentários