logo

Telefone: (11) 3024-9500

Descubra os banhos termais de Budapeste | Qual Viagem Logo

budapest szechnyi bath spa in summer with people

Descubra os banhos termais de Budapeste

11 de setembro de 2017

Considerada uma das cidades mais bonitas de toda a Europa, com sua arquitetura majestosa e um monumento mais deslumbrante do que o outro, Budapeste também é conhecida por outra característica. A capital da Hungria é uma das maiores estâncias hidrotermais do mundo e tem nos Spas e banhos termais algumas de suas principais atrações turísticas.

Foto por iStock / lobaszo

Foto por iStock / lobaszo

Há dezenas deles por toda a Budapeste, uma tradição que data da época dos romanos. Além disso, existem mais de 120 fontes termais por lá, com águas naturalmente aquecidas a temperaturas bem agradáveis (uma média de 30°C) e com propriedades medicinais diversas. As piscinas, muitas delas ao ar livre, também são utilizadas pelos locais para relaxar, bater um papo com os amigos e até mesmo fazer festas noturnas.

Foto por iStock / Bamboome

Foto por iStock / Bamboome

Para entrar nos Spas e aproveitar os banhos termais e as saunas é preciso pagar pelo ingresso. Alguns desses complexos ainda oferecem massagens e outros tratamentos estéticos e curativos, geralmente cobrados à parte. Esses espaços, inclusive as piscinas externas, costumam ficar abertos em alguns períodos do inverno.

Foto por iStock / waymoreawesomer

Foto por iStock / waymoreawesomer

O mais famoso é o Széchenyi, o maior complexo termal da Europa. Aberto há mais de um século, possui 21 piscinas e está instalado em um belo palácio barroco. Já o Gellért fica em uma belíssima construção histórica em estilo art nouveau, com uma dezena de piscinas internas e externas.

Foto por iStock / castenoid

Foto por iStock / castenoid

Entre os Spas mais antigos estão o Király e o Rudas – ambos foram construídos no século XVI pelos turcos. Mais tradicionais e de grande importância histórica, costumam ser mais tranquilos do que os outros dois mencionados acima. Não deixe de conferir a piscina coberta por um domo no Király e a piscina octogonal do Rudas.

Mais informações em: spasbudapest.com

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / totalpics

Comentários