logo

Telefone: (11) 3024-9500

Descubra o Reino Unido dos grandes escritores | Qual Viagem Logo

Gower Monument, the 19th-century memorial to William Shakespeare in his hom town of Stratford-upon-Avon, England.

Descubra o Reino Unido dos grandes escritores

24 de abril de 2017

Shakespeare, Jane Austen, as irmãs Brontë, Dylan Thomas, William Wordsworth, Robert Burns… A lista de grandes autores, poetas e dramaturgos britânicos parece infinita – e essa é uma das razões para 2017 ser declarado, na Inglaterra, como o Ano dos Heróis da Literatura. Explore as paisagens literárias britânicas e descubra os locais especiais que inspiraram alguns dos poemas e das histórias mais amados do país.

O sul da Inglaterra de Jane Austen

View of the historic home of author Jane Austen (1775-1817) in Chawton, Hampshire.  The Georgian house is now open to the public.

Foto por iStock / AmandaLewis

O ano de 2017 marca o 200º aniversário da morte de Jane Austen e essa é a época ideal para visitar a casa da escritora, Chawton, perto de Alton, em Hampshire, sul da Inglaterra, a cerca de uma hora de trem de Londres. Foi nessa charmosa propriedade que ela passou os últimos oito anos de sua vida e onde fez a maior parte de seus trabalhos mais maduros. Ali, ela escreveu “Emma”, “Mansfield Park” e “Persuasão”, e revisou “Orgulho e Preconceito”, “Razão e Sensibilidade” e “Northanger Abbey”. A casa foi batizada apropriadamente de Jane Austen’s House Museum.

jane-austens-house-credit-danielbosworth

Foto por danielbosworth

Os fãs de Jane Austen podem também fazer suas homenagens em seu túmulo na Winchester Cathedral. A cerca de uma hora de trem de Londres, Winchester foi o local onde a escritora passou suas últimas semanas de vida, escrevendo ali o poema curto “Winchester at the Races”. Ela também viveu no balneário do sudoeste da Inglaterra de Bath, localizado a 90 minutos de trem de Londres, e fez da cidade o local de seus livros “Northanger Abbey” e “Persuasão”. Em Bath está o Jane Austen Centre, dedicado à vida dela e à sociedade do início do século XIX.

A Stratford-upon-Avon de Shakespeare

William Shakespeare's Birthplace, Stratford upon Avon

Foto por iStock / Jorisvo

Mergulhe na atmosfera literária do local de nascimento de Shakespeare, Stratford-upon-Avon, cidade a 45 minutos de carro de Birmingham ou a cerca de duas horas de Londres. Os visitantes não apenas podem entrar na casa onde o próprio Shakespeare nasceu, como também a casa de sua mulher, Anne Hathaway, a Hall Place, e a fazenda de sua mãe, Mary Arden. Você também pode ver os grandes trabalhos do poeta no Royal Shakespeare Theatre, e visitar seu túmulo na Holy Trinity Church. Se você está armando uma viagem para Londres, visite o Globe Theatre: trata-se de uma recriação fiel do espaço do século XVI, a apenas alguns passos de seu endereço original na margem sul do rio Tâmisa.

O Lake District de William Wordsworth

Foi num simples, porém inspirador, chalé de campo, o Dove Cottage na charmosa vila de Grasmere, no Lake District, a menos de duas horas de carro ao norte de Manchester, que o renomado poeta William Wordsworth compôs alguns de seus maiores trabalhos. Os poemas “I Wandered Lonely As A Cloud” e “Ode to Duty” e partes de sua obra autobiográfica “The Prelude” foram inspiradas pela serena natureza das altas montanhas, os lagos profundos e a vida selvagem espetacular do Lake District, características mantidas até hoje. Próximo do Dove Cottage fica o Wordsworth Museum, com uma coleção de 32 mil itens, também relacionados ao amigo de Wordsworth (e também poeta) Samuel Taylor Coleridge.

A Somerset de Samuel Taylor Coleridge

Outro importante nome do movimento romântico do final do século XVIII, e amigo próximo de William Wordsworth, Samuel Taylor Coleridge escreveu sua obra-prima “A Balada do Velho Marinheiro”, além de “Kubla Khan”, em uma casa de campo em Nether Stowey, perto de Bridgwater, em Somerset, a menos de uma hora de carro de Bristol. Agora uma propriedade tombada pelo National Trust, o chalé tem cômodos georgianos que os visitantes podem explorar. Você pode se inspirar no cenário de tirar o fôlego das Quantock Hills, próximas dali, e aproveitar a oportunidade para explorar a Coleridge Way, uma trilha de quase 60 km que segue os caminhos que o poeta utilizou.

A Yorkshire das irmãs Brontë

Taken in early Spring this is a view over Yorkshire Dales moorland near to the village of Haworth in West Yorkshire, in the foreground is a classic dry stone wall and in the distance one of many local reservoirs.

Foto por iStock / petejeff

Onde estariam os heróis literários britânicos se não existissem o irascível Heathcliff ou o impetuoso Mr. Rochester, criações de Charlotte e Emily Brontë? Seus respectivos trabalhos “Jane Eyre” e “O Morro dos Ventos Uivantes”, além do trabalho de mais uma irmã, Anne, autora de “A Inquilina de Wildfell Hall”, são celebrados no The Brontë Parsonage Museum. As três talentosas irmãs criaram seus clássicos nesse exato presbitério em Haworth, região norte de Yorkshire (a 90 minutos de carro de York) e foram influenciadas pelos dramáticos e rudes pântanos das redondezas.

A Edimburgo de Robert Burns

Os fãs de Burns podem visitar o famoso Burns Cottage, onde o poeta nasceu, os pontos históricos que ele usou em seus maiores trabalhos, o elegante monumento e os jardins criados em sua homenagem, além do moderno museu que guarda a mais importante coleção sobre sua vida e obra. Trata-se de um tributo adequado a um dos filhos mais queridos da Escócia, o homem que criou vários trabalhos reconhecidos em todo o mundo, tais como “Auld Land Syne”, “A Red, Red Rose” e “Ode to a Haggis”.

A Swansea de Dylan Thomas

Dylan Thomas é muitas vezes saudado como um dos maiores escritores, poetas e dramaturgos do Reino Unido. Nascido em Swansea, a cerca de uma hora de carro da capital do País de Gales, Cardiff, Thomas começou a escrever na adolescência. Sua vida foi tragicamente curta, mas ele deixou um rico legado em trabalhos que incluem a peça “Sob o Bosque de Leite” e os poemas “Do Not Go Gentle Into That Good Night” e “Death Shall Have No Dominion”. Veja sua trajetória inicial e visite a casa onde Thomas nasceu e passou sua infância, além do Dylan Thomas Centre, ponto focal para admiradores e estudiosos do escritor vindos do mundo todo.

A Devon de Agatha Christie

agatha-christie-credit-british-tourist-authority

Foto por British Tourist Authority

Situada acima do River Dart, entre Torquay e Dartmouth, em Devon, na costa sul da Inglaterra, Greenway oferece uma visão extraordinária da autora Agatha Christie, já que essa propriedade era sua casa de veraneio privada. Era para esse lugar que ela vinha para relaxar depois de criar livros de sucesso como “Assassinato no Expresso Oriente” e “E Não Sobrou Nenhum”. A casa está decorada com o que deveria ser seu aspecto original nos anos 1950, contendo muitas das peças das coleções da família, incluindo caixas Tunbridge, prataria, porcelana chinesa e livros. Do lado de fora, vale a pena explorar o grande e romântico jardim da floresta.

Mais informações em: visitbritain.com

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / RichardHayman13

Comentários