logo

Telefone: (11) 3024-9500

Descubra as relíquias enograstronômicas de Setubal | Qual Viagem Logo

ecard_20140103mpgnc4

Descubra as relíquias enograstronômicas de Setubal

8 de março de 2016

A Península de Setubal, em Portugal, é um destino que chama a atenção de turistas do mundo inteiro e mexe com seus cinco sentidos. A região se tornou um destino turístico de excelência graças à natureza protegida dos Parques Naturais da Arrábida e Marinho D. Luis Saldanha, à Reserva Natural do Estuário do Sado, à Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Caparica, à sua excelente infraestrutura e ao patrimônio edificado, igualmente rico em diversidade e importância histórica, estando em curso o reconhecimento da Arrábida como Património Natural e Cultural da Humanidade.

Lá, é possível desfrutar das areias brancas e do mar calmo desta Costa Azul e com um pouco de sorte, aproveite para mergulhar nestas águas ao lado dos graciosos golfinhos.

Foto via Flickr Pedro Ribeiro Simões

Foto via Flickr Pedro Ribeiro Simões

A cerca de 40 quilômetros de Lisboa, a região se destaca também pelas vinícolas centenárias. Os produtores de Setubal têm vinhos de prestígio e são vencedores de vários prémios internacionais. Mas o reconhecimento não é de hoje. Isso porque, durante a Baixa Idade Média, entre os séculos XII e XV, o vinho constituía uma das principais exportações da Península de Setúbal, estimulado pelos avanços tecnológicos introduzidos pelas ordens religiosas.

Além disso, a Rota de Vinhos da Península de Setúbal integra quinze produtores locais que abrem suas vinícolas para visitas e degustação. Inclusive, na região, existe a chamada Adega dos Teares Velhos, onde se encontram vinhos de 1880. A cenografia do lugar remonta à época antiga com perfeição.

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque via rotavinhospsetubal.com

Comentários