logo

Telefone: (11) 3024-9500

Descubra as belezas naturais e herança aborígene do Grampians National Park, na Austrália | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ OnPatrolPhoto

Descubra as belezas naturais e herança aborígene do Grampians National Park, na Austrália

5 de março de 2020

Distante apenas 260 quilômetros de Melbourne, o Grampians National Park reúne, em mais de 167 hectares, uma cadeia de montanhas de arenito e florestas ricas em vida selvagem. O parque já faz parte do roteiro de férias dos australianos do estado de Victoria e, graças às suas belezas naturais, torna-se cada vez mais conhecido dos visitantes estrangeiros.

Foto por Istock/ FiledIMAGE

Foto por Istock/ FiledIMAGE

São trilhas, cavernas, cachoeiras, montanhas e diversos outros atrativos de ecoturismo que atraem tanto aqueles mais aventureiros, quanto os apaixonados pela natureza. Além disso, o local abriga diversas espécies animais que podem ser avistadas de seus mirantes, como cangurus, wallabies (outro tipo de marsupial), emas e pássaros nativos.

Foto por Istock/ WelshHelen

Foto por Istock/ WelshHelen

Com forte herança aborígene, o parque também abriga boa parte dos sítios que preservam cultura e história desse povo, incluindo gravuras rupestres. São mais de 60 pontos para admirar a pintura rupestre, com destaque para o Gulgurn Marja, um abrigo de rochas.

Foto por Istock/ Wyco

Foto por Istock/ Wyco Grampians National Park

Entre as atrações locais, são imperdíveis: o Grand Canyon; o Mirante Pinnacle, com mais de 1110 metros de altura; a Cachoeira Mackenzie, as maiores do estado, com 30 metros; o Mirante Reed, perfeito para admirar o pôr-do-sol; as formações rochosas de Wonderland Range; o Mount William, o ponto mais alto do parque, com 1167 metros; e os Balconies, formados por rochas que oferecem a melhor vista do Victoria Valley.

A melhor maneira de explorar o Grampians é por meio de suas inúmeras trilhas. Existem caminhadas de diversos tipos e níveis de dificuldade. Para os mais aventureiros, há até uma trilha com duração de três dias, que percorre pontos da história aborígene: a Grampians Peaks Trail.

Foto por istock/ Miriam Herbert

Foto por istock/ Miriam Herbert

Quem gosta de adrenalina encontra no parque, ainda, uma oportunidade de praticar atividades como montanhismo, alpinismo, escalada e rafting. Enquanto quem prefere apreciar a natureza de forma sossegada pode curtir um passeio relaxante de caiaque ou canoa nos lagos Wartook ou Bellfield.

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por: Istock/ OnPatrolPhoto

Comentários