logo

Telefone: (11) 3024-9500

Denver: Espírito das Rocky Mountains | Qual Viagem Logo

Foto por IStock/ Jeremy Janus

Denver: Espírito das Rocky Mountains

20 de dezembro de 2018

Denver é a principal porta de entrada para as estações de esqui das Rocky Mountains (Montanhas Rochosas), co-mo Aspen, Telluride e Vail, que recebem mi­lhares de turistas anualmente na temporada de inverno. Mas a capital do Estado do Colo­rado tem o seu charme. O clima de montanha e o visual dos quase 200 picos nevados contri­buem bastante. Os 300 dias ensolarados por ano também. Esses já seriam motivos suficien­tes para conhecer a Mile High City, como é conhecida por estar a 1.609 metros acima do nível do mar (exatamente uma milha de altu­ra), mas ela tem mais, muito mais a oferecer.

O roteiro pela cidade começa invariavelmente pela Union Station, a estação de trens no cen­tro e local de chegada dos turistas vindos do Aeroporto Internacional de Denver. O belo e antigo terminal construído em 1881 é um dos mais agitados points de moradores e visitan­tes. Após uma completa revitalização concluí­da em 2014, ganhou um hotel – o The Craw­ford -, lojas, bares e restaurantes badalados.

Foto por Istock/ Motionshooter

Foto por Istock/ Motionshooter

O Terminal Bar e o seu Great Hall, um lounge bem no coração da estação, é um dos lugares mais procurados. Em sua histórica bilheteria é possível pedir um dos 30 tipos de cerveja do bar. Outro lugar é o The Cooper Lounge, um pequeno espaço decorado com mesas de vidro e globos dourados que mantém o gla­mour dos anos 1930.

No centro, a principal rua é a 16th Street Mall. Ao longo dos seus 2 quilômetros de ex­tensão estão cafés, restaurantes e lojas. É um grande calçadão com faixas exclusivas de ôni­bus nas laterais. Dois veículos fazem o trajeto de ponta a ponta – um em cada sentido – a cada 10 minutos. E é de graça.

Foto por Istock/ littleny

Foto por Istock/ littleny

Em alguns poucos minutos de caminhada chega-se ao histórico Larimer Square, o quarteirão mais antigo da cidade. Lá estão os primeiros saloons e lojas da Mile High City. Os velhos prédios vitorianos foram transformados em lojas, bares e restauran­tes de primeira linha comandados por chefs locais.

Para comprar botas e chapéus no melhor esti­lo do Velho Oeste, o lugar é a famosa e histórica loja Rockmount Ranch Wear (1626 Wazee Street). Estrelas de Hollywood e lendas da música como Robert Redford, Elvis Presley, Paul McCartney, Bob Dylan, Eric Clapton e Bruce Springsteen usaram roupas da grife.

Denver tem dezenas de bairros, porém alguns de­les recebem as atenções dos moradores e turistas. Entre eles, o mais antigo, o LoDo Historic District, que tem alguns dos principais restaurantes, gale­rias, lojas e boutiques do destino.

Outro é o River North Art District (RiNo), ponto de encontro de artistas, designers e de quem gosta de comer bem. O distrito mantém suas características industriais, mas com coloridos murais de arte de rua. Lá estão charmosas galerias de arte, muitos cafés, cervejarias e restaurantes inovadores.

Vale à pena conhecer também o Highlands com suas lojas de vinho, butiques, livrarias, restauran­tes e bares populares; o Art District on Santa Fe, que concentra mais de uma centena de galerias, estúdios de artistas e empresas criativas; e o Cherry Creek North, que tem ruas charmosas e arboriza­das repletas de galerias, butiques, restaurantes e cafeterias a apenas 15 minutos do centro.

Museus incríveis e atividades ao ar livre

O circuito cultural de Denver é vasto e fascinan­te. Os principais museus estão no Golden Triangle no centro da cidade, que também abriga galerias, estúdios de grandes artistas e lojas especializadas. Lá estão o Museu de Arte (Denver Art Museum), o Clyfford Still e o Kirkland of Fine & Decorative Art.

Não deixe de conhecer o Museu de Arte com suas coleções de arte do Oeste e de índios norte-ameri­canos, além de obras de mestres europeus e expo­sições itinerantes. Explore a ousada arte contem­porânea dentro e fora do novo edifício de linhas arrojadas Frederic C. Hamilton, criado pelo famoso arquiteto Daniel Libeskind.

Foto por IStock/ Joecho-16

Foto por IStock/ Joecho-16

Outra visita que vale a pena é o Museu de Arte Contemporânea (Museum of Contemporary Art Denver) com sua arte, programas e exposições contemporâneas inovadoras. Fundado em 1996, durante sete anos ocupou um mercado de peixe renovado na Sakura Square.

Para conhecer a história do Colorado, o lugar é o History Colorado Center, que apresenta exposições e programas que contam o passado do Estado das majestosas Montanhas Rochosas.

E por falar nas Rocky Mountains, reserve um dia para conhecê-las. Oportunidade para relaxantes caminhadas ou para praticar rafting, ciclismo ou esqui. Explore as históricas cidades mineiras a bor­do de um trem Maria Fumaça. Uma viagem de uma hora e meia leva ao Rocky Mountain National Park, verdadeiro santuário da vida selvagem com paisagens incríveis.

Foto por Istock/ Adam-Springer

Foto por Istock/ Adam-Springer

Mas a atração imperdível fora da cidade é o Red Rocks Park & Amphitheatre, local onde músicos fa­mosos se apresentam rodeados pelas imponentes formações rochosas. Foi lá que em 1964, os Beatles se apresentaram pela primeira vez nos EUA.

Durante o dia, Red Rocks, que está a apenas 30 minutos do centro de Denver, é um parque urbano gratuito com trilhas de caminhada de fácil percur­so. A história do lugar pode ser apreciada no Per­formers Hall of Fame.

De maio a setembro, acontecem uma série de shows com importantes artistas do jazz, rock, pop, bluegrass entre outros. Assistir a um show sob a luz das estrelas é uma experiência inesquecível.

A saborosa Trilha da Cerveja

Denver tem as cervejarias mais antigas e maiores do Colorado. Se produz mais cerveja na sua região metropolitana do que em qualquer outro centro urbano dos EUA. São mais de 100 cervejarias pro­duzindo uma infinidade de marcas dos mais varia­dos tipos de cervejas artesanais. A cultura cervejeira local cresceu tanto que virou um concorrido produ­to turístico. Vinte e sete delas integram a imperdí­vel Trilha da Cerveja de Denver (Denver Beer Trail).

Um livreto gratuito oferece um mapa e um guia para as cervejarias. A publicação do tamanho de um passaporte tem informações sobre o que torna cada uma delas uma experiência única, bem como quais são as cervejas sugeridas. O guia pode ser encontrado no Centro de Informações Turísticas (1575 California St).

Foto por reprodução denver.org

Foto por reprodução denver.org

A maioria das cervejarias da Trilha estão em uma área do centro que pode ser percorrida a pé. No giro você encontrará stouts, pilsners, lagers, port­ters e IPAs de todos os sabores que puder imaginar.

A Tivoli é a cervejaria mais antiga e histórica do Colorado. Foi originalmente inaugurada em 1859 e forneceu cerveja aos pioneiros da corrida do ouro. Atualmente ela oferece impressionantes 150 opções de cerveja, sendo que algumas como a la­ger Tivoli Helles, são mais antigas que o próprio Estado – criado em 1876.

E uma dica aos apreciadores de cerveja. Anual­mente, em setembro, o Great American Beer Festi­val reúne na cidade mais de 3 mil rótulos de cerveja de 600 cervejarias norte-americanas. Imperdível!

Como chegar

As companhias aéreas norte-ameri­canas American Airlines, Delta e United voam para Denver com conexão em diferentes destinos dos EUA. Qual Viagem uti­lizou o serviço oferecido pela Copa Airlines  com uma rá­pida conexão na Cidade do Panamá.

Onde ficar

O centro da cidade dispõe de deze­nas de hotéis de todas as categorias e preços. Qual Viagem utilizou e recomenda o Hilton Denver City Center, que está loca­lizado próximo a Union Station, ao Centro de Convenções de Denver e da 16th Street Mall.

Texto por: Roberto Maia. O jornalista viajou a Denver a convite do IPW – U.S. Travel Association e contou com o apoio da Copa Airlines, Hilton Denver City Center e do seguro-viagem Global Travel Assistance – GTA.

Foto destaque por IStock/ Jeremy Janus

Comentários