logo

Telefone: (11) 3024-9500

Cooper Clube: 4 décadas de tradição e festividades | Qual Viagem Logo

2017matsuri-196

Cooper Clube: 4 décadas de tradição e festividades

20 de junho de 2018

O Japão é a terra dos Matsuris que na língua portuguesa significa Festivais; O Japão é o país que  mais comemora festejos durante o ano. Costuma-se dizer que você sempre vai encontrar um festival em alguma cidade ou comunidade Japonesa. Existem inúmeros eventos locais na “Terra do Sol Nascente”, pois quase todos os locais ou santuários celebram os seus próprios Matsuris. A maioria deles é realizada anualmente para comemorar divindades dos santuários, templos, ou um evento histórico, e feriados tradicionais. A palavra Matsuri deriva do verbo Matsuru, que significa venerar, vibrar ou adorar.

Alguns festivais são realizados ao longo de vários dias, solenes ou não, há matsuris que envolvem milhares de pessoas e outros apenas uma pequenina comunidade; acompanham celebrações urbanas e rurais. Muitos destes eventos relacionam-se com o cultivo do arroz, pois este constitui um dos principais elementos da cultura japonesa. Outros honram divindades guardiãs de clãs ou cidades, vilas, distritos. Outros ainda celebram o trabalho, a história ou a cultura nacional.

Foto via Divulgação

Foto via Divulgação

Muitos festivais também apresentam carros alegóricos (dashi), que são puxados pela cidade por inúmeras pessoas que os acompanham com muita música de tambores e flautas. Cada festival tem suas próprias características, enquanto alguns são calmos e meditativos, outros são mais agitados e com mais barulho. Os Matsuris são na verdade são uma exibição de cor, símbolos, trajes, ritos e sobretudo, uma forma de veneração, um encontro feliz do povo nipônico com o divino.

Originalmente, os matsuris eram uma prática xintoísta, mas acabaram por incorporar ritos ligados ao calendário de origem budista e chinesa. Elementos budistas e xintoístas estão vulgarmente presentes em qualquer um deles. Nesse contexto, o xintoísmo e o budismo estabeleceram a base para uma pacífica e duradoura coexistência.

Foto via Divulgação

Foto via Divulgação

É, portanto, um fator crucial de identidade nacional. Segundo a crença, o funcionamento do mundo é visto como sendo fruto da cooperação do povo e seus kamis (deuses), em prol da harmonia social.

Os matsuris ocupam um lugar de honra na vida dos japoneses e contribuem para a sua forte identidade espiritual.  Constituem uma ocasião para conseguirem comunhão com os seus deuses e espíritos ancestrais; para reconhecerem um passado comum que recua até tempos míticos; para celebrarem a natureza e o renovar incessante através das estações, que são excepcionalmente marcadas no seu país. Ou, para simplesmente divertirem-se com a família e os vizinhos, reafirmando os laços comuns e providenciando uma pausa no trabalho e na vida regrada do dia-a-dia. O fato de os japoneses conseguirem manter vivas tantas tradições deve-se, em grande parte, a estas celebrações.

Cooper Clube tem 4 décadas de tradição

E é isso que o Cooper Clube faz há quatro décadas. No fim do mês de junho e inicio de julho acontece o Cooper Matsuri, uma festa que celebra e comunga o associativismo do mais importante clube da comunidade japonesa com o espírito junino e o clima de inverno. Num final de semana, mais de 7 mil pessoas degustam de comidas típicas do Japão e das delícias gastronômicas dos festejos juninos. Não vai faltar, o churrasco, a pipoca, o pinhão, a pamonha, nem os deliciosos pratos do Japão como o Guiosa o Yakisoba e o fresquíssimo Sushi. Danças típicas, escolha da rainha da festa, sorteio de brindes, bingos e na noite do sábado um espetacular show pirotécnico para animar os associados e seus convidados. No sábado é chamada a Noite de Julho e no domingo acontece o Almoço com a família que acontece o festival Bon Odori de danças típicas.

Foto via iStock/ coward_lion

Foto via iStock/ coward_lion

Esse ano a comemoração tem dois motivos a mais para se tornar a festa da região metropolitana. Os 110 da Imigração Japonesa no Brasil e os 40 da Cooper Matsuri que une Brasil e Japão no puro conceito de associativismo; O Cooper Clube é mais que um clube, é na verdade um elo que une lazer, esportes, festas e convívio social entre famílias.

SERVIÇOS

Data: 30 de junho e 1 de Julho

Dia 30 de junho – das 16 às 23 horas com show Pirotécnico

Dia 01 de Julho – das 11 às17 horas com Festival de Bom Odori

Ingressos – R$ 25,00 antecipado e R$ 30,00 no dia do evento

Mais Informações em: www.cooperclube.com.br ou www.clubecoopercotia.com.br

Texto por: Claudio Lacerda Oliva

Imagem Destacada via Divulgação

Comentários