logo

Telefone: (11) 3024-9500

Conheça a Ilha dos Deuses em Jeju na Coréia do Sul | Qual Viagem Logo

Jungmun Daepo in Jeju Island, South Korea.

Conheça a Ilha dos Deuses em Jeju na Coréia do Sul

15 de março de 2018

A Ilha de Jeju pode ser a menor província da Coréia do Sul, mas com certeza tem uma das maiores belezas do país.

Jeju é uma ilha vulcânica, que fica localizada no estreito sul do país. É autônoma, pois possui sua cultura, culinária e história. Por ter um clima subtropical, é muito procurada em feriados e mês de férias, além de ser uma das opções preferidas para casais em lua-de-mel.

A ilha oferece um leque de opções para todos poderem se divertir ou relaxar. Por lá, é possível fazer hiking pelas montanhas, assistir ao nascer ou o pôr do sol nas belas praias, andar de cavalo, fazer tour pelos cenários de alguns k-dramas ou apenas curtir a região andando pelas ruas.

Foto via iStock/ chrisinthai

Foto por iStock / chrisinthai

Tombado pela Unesco como Patrimônio Natural Mundial, os Tubos de Lava formam uma das atrações principais. A Caverna de Manjanggul, formada há mais de 2,5 milhões de anos possuiu 70 centímetros de estalagmites. A temperatura dentro da caverna bate entre 11 ou 12 graus célsius, então é bom levar um moletom. É possível ver alguns animais vivendo dentro da caverna, então não se assuste se ouvir um bater de asas, pode ser apenas um morcego.

Foto via iStock/ AaronChoi

Foto por iStock/ AaronChoi

O Geomun Oreum deriva da palavra coreana “preto” e é um dos vulcões pacíficos da ilha. Cercado de vegetação e ideal para fazer hiking, é um local para se aventurar e, ao mesmo tempo, relaxar, além é claro de conhecer a história por trás de Jeju. Essa área da província é conhecida também como a zona do “black food”, por conta dos seus ingredientes, que acabaram por se tornar parte do movimento “slow food”, que inclui comida boa, natural, segura e sustentável. Não deixe de experimentar o jajangmyeon, macarrão com pasta de soja preta e carne de porco com cebola e acompanhamentos. O prato é conhecido como “o macarrão dos corações solitários”.

Foto via iStock/ Choi Youngsoo

Foto por iStock/ Choi Youngsoo

Os fãs de hiking vão adorar o Monte Hallasan. Localizado no centro da ilha, é um vulcão adormecido, também tombado como Patrimônio Mundial, que alcança 1900 metros acima do mar. Estima-se que a sua última atividade vulcânica aconteceu cerca de 800 anos atrás. A cratera Baengnokldam e o lago, foram formados há cerca de 25mil anos. A subida proporciona ângulos de tirar o fôlego de qualquer um, mas para aqueles que não quiserem fazer, existem sete trilhas de caminhada, com menos de 10 km ao redor do vulcão.

As quedas d’água da ilha são gigantes e indicadas para os corajosos. A Jeongbang é a única cachoeira da Ásia que cai diretamente no oceano. Se descer as pedras, é possível ver as “ahjummas” – mulheres de meia-idade – pescando peixes direto do oceano. Vale a pena separar um dinheiro para dar a elas e poder comer sashimi e outros frutos do mar frescos logo ali.

Foto via iStock/ zkruger

Foto por iStock/ zkruger

Conhecida como a Lagoa de Deus, a cachoeira de Cheonjeyeon deriva de uma caverna e possui uma fauna e flora ao redor de si, muito diversificada. É um verdadeiro paraíso para quem ama a natureza.

Foto via iStock/ MEzairi

Foto por iStock/ MEzairi

Com águas cor de esmeralda e areia branca, a praia de Geumneung Eutteumwon é um verdadeiro paraíso. Bem familiar, é ótima para crianças por conta das águas calmas. Conhecida por ser muito limpa, é impossível ver muitos guarda-sóis na orla, o que faz da área ao redor um espaço bem tranquilo e de fácil acesso.

Ao contrário da praia de Geumneung Eutteumwon, a Hyeopjae, em época de verão, é uma das mais visitadas pelos turistas, então é possível encontrar muitos guarda-sóis e crianças correndo pela areia. Se desejar aproveitar com tranquilidade, a dica é visitá-la antes da temporada de férias, que começa em junho e vai até agosto.

Foto via iStock/ Young-Ro Lee

Foto por iStock/ Young-Ro Lee

O Teddy Bear Museum vai levar os amantes de ursinhos de pelúcia à loucura. Existem vários e de diversas maneiras, alguns são de figuras históricas como a Monalisa, de personagens da Disney, de cantores, de famosos e até em tamanho real. O tour começa pelo Hall de História, onde é possível conhecer a história dos teddy bears, vai seguindo por diversas vitrines de ursinhos diversificados, e chega no Hall de Arte, onde se tem o America’s Next Top Bear, reprodução do famoso reality de modelos. As ursinhas desfilam pela passarela em frente a convidados.

Na área externa existe ainda um jardim para caminhar e tomar chá, enquanto admira as esculturas dos ursinhos teddy.

Foto via iStock/ Jong hun Lim

Foto por iStock/ Jong hun Lim

Texto por: Carolina Berlato

Foto destaque por: iStock/ orpheus26

Comentários