logo

Telefone: (11) 3024-9500

Como é a vida na desenvolvida Suécia | Qual Viagem Logo

Gamla Stan View, Stockholm, Sweden

Como é a vida na desenvolvida Suécia

10 de novembro de 2016

A Suécia hoje serve de exemplo para o resto do mundo em diversos aspectos, que vão desde a inovação tecnológica e a sustentabilidade até o respeito aos direitos humanos e a qualidade de vida. Os suecos têm como característica cultural a valorização da criatividade e da igualdade, por isso o país alcançou esse patamar de desenvolvimento invejável.

See also:

Foto por iStock / Oleksiy Mark

Na Suécia, todos têm os mesmos direitos, oportunidades e obrigações, independente da sua orientação sexual, gênero, raça, religião ou idade. Como exemplo disso, nas últimas décadas, a Suécia tomou medidas importantes para garantir que a comunidade LGBT tenha os mesmos direitos e oportunidades que todos os outros. Não é à toa que a Parada do Orgulho Gay de Estocolmo, que acontece desde 1998, já se tornou a maior celebração LGBT do norte da Europa.

A Suécia também é um exemplo de sociedade que valoriza a igualdade de gêneros. Foram decretadas várias leis ao longo do tempo que asseguraram que mulheres e homens tenham os mesmos direitos e possibilidades. As crianças também são levadas muito a sério na Suécia. Elas realmente são ouvidas e isso fica claro quando se olha para as leis, os programas governamentais e as ONGs existentes no país.

A educação é outra prioridade para os suecos, daí vem a qualidade de ensino e pesquisa nas escolas e universidades. Lá, o foco está no aluno, e o relacionamento deles com os professores é bastante informal. O pensamento independente e a iniciativa individual são largamente estimulados. Esse ambiente de aprendizado inovador atrai muitos intercambistas, que se adaptam com facilidade, já que não faltam opções de cursos ministrados em inglês.A preservação e a sustentabilidade são valores muito presentes na cultura do país. A região de Hammarby Sjöstad, em Estocolmo, é um ponto residencial onde é possível encontrar diversas soluções inovadoras com foco na sustentabilidade, por isso o local também ficou conhecido como uma ecovila. O chamado “modelo de Hammarby Sjöstad” é conhecido internacionalmente e muitos se inspiram na estrutura do local.

Foto por iStock / scanrail

A criatividade dos suecos faz com que eles sejam pioneiros em muitas coisas. A Suécia foi o primeiro país do mundo a ter um hotel de gelo, por exemplo. Ele foi construído em Jukkasjärvi, no ano de 1989. Ainda hoje a tradição se mantem e, todo outono, o hotel é reconstruído. Além disso, artistas do mundo inteiro se reúnem no local para construir uma exposição de obras de arte feitas inteiramente de gelo.

O metrô de Estocolmo é outra construção sueca diferenciada. Ele é todo decorado por artistas, por isso é conhecido como uma grande galeria de arte. O eficiente meio de transporte possui 100 estações e é um dos maiores do mundo se levado em conta o número de habitantes do local. Também não podemos esquecer da Ópera de Gotemburgo, uma das construções mais incríveis da Suécia. Projetada pelo arquiteto Jan Izkowski, ela foi inspirada pelo ambiente que a circunda e suas silhuetas são um reflexo das pontes, dos veleiros e cascos de navios.

A criatividade e a inovação na Suécia não param por aí. Você já ouviu falar do chamado Barken Viking? Essa é uma incrível embarcação viking ancorada no porto de Gotemburgo desde 1950. A princípio, ela serviu como uma escola para velejadores, mas se tornou um hotel e restaurante inusitados que surpreendem os visitantes.A Suécia é um dos países que mais investe em pesquisa no mundo. Muitas das universidades suecas estão na lista das melhores de toda Europa e seu trabalho tem contribuído para o sucesso global das muitas empresas de alta tecnologia do país.

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / cittadinodelmondo

Comentários