logo

Telefone: (11) 3024-9500

Cinco hotéis para ouvir Jazz como se estivesse em New Orleans | Qual Viagem Logo

Foto por IStock/ Vasyl Dolmatov

Cinco hotéis para ouvir Jazz como se estivesse em New Orleans

10 de agosto de 2018

Jazz é um ritmo idolatrado por muitos, incompreendido por outros tantos e ignorado por mais um monte de gente no planeta, mas não há como negar a relevância e a mística por trás desse gênero musical, nascido em New Orleans entre 1890 e 1910. Improvisação, swing e ritmos não lineares fazem do jazz um estilo complexo, que vai do tradicional ao moderno. Seja bebop, swing, hard bop, cool jazz, free jazz, Fusion ou Jazz Rock, entre outras tantas variações do tema – é sempre bom tomar um drink embalado por esse ritmo, e melhor ainda se puder dormir e acordar em um ambiente embalado pelo som e estilo do gênero.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

Alguns bons hotéis mundo afora dedicam algum espaço ao Jazz ou até conceituarem toda a sua história e proposta nesse gênero, caso genuíno do  Slaviero Conceptual Full Jazz, em Curitiba. O hotel temático, com estrutura para viajantes a lazer ou a negócios, propõe um mergulho no universo do jazz através de sua decoração, gastronomia e serviços. Fotos de lendas do jazz nos quartos e corredores é só o começo dessa “viagem” ao mundo jazzístico, que culmina com um espaço de música ao vivo, com apresentações de expressivas bandas, ancoradas em boa gastronomia e uma ótima carta de drinks.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

Em Nova York, o The Carlyle faz direitinho a lição de casa. Além de apresentar bandas excelentes e nomes jazzísticos de primeira grandeza como Sutton Foster, Loston Harris e Judy Collins,  ainda conta com a participação de Woody Allen e seu saxofone acompanhado da The Eddy Davis New Orleans Jazz Band, objeto de fila de espera de meses dos fãs que almejam vê-lo e ouví-lo tocar. O elegante hotel fica no Upper East Side e é membro da prestigiada cadeia mundial Rosewood.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

Já em Hong Kong, a pedida é o Lobster Bar and Grill do Shangri La Hotel, em Hong Kong, onde além de provar os mais incríveis coquetéis e saborosas receitas a base de frutos do mar, pode-se assistir a algumas das mais talentosas bandas de jazz, além de vocalistas que recriam a pura vibe de New Orleans. O bar é um dos mais elegantes da cidade e concorridíssimo de segunda a sábado. Destacam-se o mobiliário em couro e mogno, com janelões do chão ao teto permitindo uma bela vista da metrópole.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

The Jazz Bar no Fairmont Peace Hotel , em Xangai é o único endereço na China onde ouvir  jazz tradicional dos anos vinte e trinta , ao som da banda The Old Jazz Band, cujos veteranos beiram os quase 80 anos. Tudo isso em um ambiente elegante, confortável, com autêntico decor, diariamente , a partir das 18h30 . O local recebe celebridades do mundo inteiro, e já foi um dos preferidos do falecido presidente americano Ronald Reagan, e de seu sucessor Jimmy Carter.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

Em Toronto por mais de 40 anos, o The Rex Hotel surpreende pelas ótimas apresentações em seu Jazz&Blues Bar, chegando a marca de quase 20 shows por semana, portanto peça importante na cena musical da cidade, e local onde os próprios músicos de jazz vão para ouvir jazz. No melhor estilo boêmio, casual e retro-chic, a casa  recebe nomes do porte de Wynton Marsalis&Lincoln Center Orchestra, Harry Connick Jr, Chris Potter, Russel Malone e The Bloomdaddies, apenas citando alguns. Um verdadeiro templo do jazz na elegante cidade canadense.

Texto por: Agência com edição Eliria Buso

Foto destaque por IStock/ Vasyl Dolmatov

Comentários