logo

Telefone: (11) 3024-9500

Cataratas Vitória são destaque natural na África | Qual Viagem Logo

Victoria falls in Zimbabwe

Cataratas Vitória são destaque natural na África

2 de janeiro de 2017

Um dos cenários mais espetaculares de todo o continente africano, as Cataratas Vitória são consideradas as maiores cataratas do mundo, superando até mesmo as maravilhosas Cataratas do Iguaçu em altura e vazão de água. Sua maior queda chega a ter 108 metros de altura e a extensão total das cataratas é de quase dois quilômetros.

Victoria falls on helicopter. Aerial view of Victoria Falls on Zambezi River, border of Zambia and Zimbabwe. Africa

Foto por iStock / USO

Essa joia da natureza fica bem na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbábue, em um trecho do Rio Zambezi. As quedas d’água são tão fortes que a névoa produzida ali pode ser vista a mais de 20 km de distância. O local é cercado por três parques nacionais: Mosi-oa-Tunya (Zâmbia), Victoria Falls (Zimbábue) e Zambezi (Zimbábue).

istock-116053424

Foto por iStock / empusa

O nome foi dado no século XIX pelo explorador britânico David Livingstone em homenagem à Rainha Vitória. Mas a nomenclatura original é “Mosi-oa-Tunya”, que significa algo como “a fumaça que troveja”. A toda a volta das cataratas há uma rica floresta tropical, onde vivem animais como elefantes, hipopótamos, crocodilos e aves de rapina.

Victoria Falls, Zimbabwe - August 16, 2008: Tourists admiring Victoria Falls majestic beauty, zambezi river. The falls was discovered by David Livingstone in november 1855, Zimbabwe

Foto por iStock / SerengetiLion

A melhor época para visitar o local é fora do período das chuvas, entre agosto e janeiro, quando a névoa não atrapalha a visão das cachoeiras e é possível fazer trajetos emocionantes de rafting no Rio Zambezi. Nessa época também são formadas piscinas naturais na beira do precipício, como a famosa “piscina do diabo”, na parte da Zâmbia. Nadar ali é uma experiência inesquecível e rende vistas impressionantes.

Para quem quer ainda mais emoção, por ali também há uma plataforma para praticar bungee jumping. Milhares de turistas visitam as cataratas todos os anos. As cidades geralmente usadas como base são Victoria Falls, no Zimbábue, e Livingstone, na Zâmbia, locais onde há hotéis, restaurantes, agências de turismo que promovem passeios e até um campo de golfe.

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / Tamer_Desouky

Comentários