Bolonha: história e gastronomia no norte da Itália | Qual Viagem
logo

Telefone: (11) 3024-9500

Bolonha: história e gastronomia no norte da Itália | Qual Viagem Logo

Aerial cityscape view from the tower on Bologna old town center with Maggiore square in Italy

Bolonha: história e gastronomia no norte da Itália

30 de agosto de 2017

Se você busca um lugar diferente – e bem menos movimentado – para conhecer na Itália, a região da Emilia-Romagna, no norte do país, é uma opção bem interessante. Com pequenos destinos que ainda preservam um charme medieval e que oferecem uma das gastronomias mais deliciosas da Itália, a região tem como capital a cidade de Bolonha.

Foto por iStock / LiSheng

Foto por iStock / LiSheng

Localizada a 200 km de Milão e a 100 km de Florença, Bolonha tem uma grande importância histórica. Ali foi fundada em 1088 a primeira universidade da Europa – sendo também a primeira do mundo ocidental, por onde passaram nomes como Dante Alighieri. A instituição de ensino continua em funcionamento até os dias de hoje (é possível, inclusive, visitar alguns prédios antigos da Universidade de Bolonha, como o Archiginnasio), o que faz do destino uma animada cidade universitária.

Foto por iStock / RossHelen

Foto por iStock / RossHelen

Diferente de grande parte da Europa, o verão é a época mais tranquila do ano em Bolonha, já que é quando os universitários regressam às suas casas. Durante o restante dos meses, você vai se deparar com uma animada vida noturna, com festas, bares e muita música por todo o centro histórico.

Foto por iStock / RossHelen

Foto por iStock / RossHelen

Outra característica importante de Bolonha é a gastronomia. Muitos ingredientes e receitas populares da Itália são originais da Emilia-Romagna. Nas inúmeras osterias de Bolonha, prove o que há de melhor da culinária local: tagliatelle com ragu alta Bolognese (molho bolonhesa), presunto de Parma, tortellini, queijo parmigiano reggiano, trufas e muito mais.

Foto por iStock / bennymarty

Foto por iStock / bennymarty

Para explorar o centro histórico, comece pela Piazza Maggiore, onde fica a Basílica de São Petrônio. Bolonha é também conhecida pelo apelido “La Rossa” (ou “a vermelha”), graças à coloração em tons de terracota presente na maioria das construções. Ao passear por essa área, encontre uma infinidade de arcadas, ruas estreitas com calçamento de pedra, praças e palacetes, além de museus, bibliotecas e as altas torres medievais que são símbolos da cidade.

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / RossHelen

Comentários