logo

Telefone: (11) 3024-9500

Bariloche: sinônimo de inverno, neve e diversão | Qual Viagem Logo

View of the ski resort, San Carlos de Bariloche, Patagonia, Argentina. Cerro Catedral.

Bariloche: sinônimo de inverno, neve e diversão

16 de janeiro de 2017

Bariloche reúne paisagens lindas, águas cristalinas, morros verdes no verão e a agradável neve no inverno. Um lugar com natureza e localização privilegiadas na província do Rio Negro, na Argentina. Além de possuir belezas bucólicas, o norte da Patagônia argentina encanta todos os visitantes com o clima, os lagos andinos e, o melhor, em qualquer estação do ano.

Bariloche, Argentina - April 21, 2008: The Cerro Catedral Skiing Station, the biggest in South America, in Patagonia Argentina region, during the winter.

Foto por iStock / C_Fernandes

San Carlos de Bariloche é o destino de neve mais conhecido da Argentina e amado por turistas brasileiros. Além do belo cenário de neve, um dos destaques da região é a gastronomia, com opções para todos os gostos e bons serviços.

Este destino encantador oferece atrativos para as mais variadas faixas etárias e em todas as épocas do ano, pois Bariloche não é só neve. Há muito mais opções para se divertir, conhecer e explorar.

Turismo na Neve

De junho a setembro, o inverno se hospeda na região argentina, o que torna Bariloche um dos maiores atrativos turísticos do país, com uma ampla variedade de atividades na neve, como esqui, snowboard, esqui nórdico, heliesqui e passeios em trenó e buguies. Cerro Catedral, Otto e Neumeyer oferecem atividades para aqueles que gostam apenas de curtir a neve, sem se aventurar em atividades radicais.

istock-479382538

Foto por iStock / PCostaBaldi

O Cerro Catedral está localizado a 20 km do centro da cidade e é uma das visitas obrigatórias dos esportes invernais. A Villa Catedral é uma pequena aldeia que soma produtos turísticos, gastronomia e hospedagem durante o ano todo. Os amantes do esqui poderão desfrutar de mais de 1.200 hectares para a prática do esporte, onde poderão, além de esquiar, praticar snowboard ou apenas caminhar e curtir os flocos de neve. Os praticantes de snowboard podem subir a montanha em uma altura máxima de 2.180 metros sobre o nível do mar, onde é possível desfrutar as paisagens da Cordilheira dos Andes.

No Cerro Otto, as principais atrações são o teleférico, uma confeitaria giratória, Pedras Brancas e o centro de esqui nórdico, que fica a poucos minutos da cidade. Também se pode realizar caminhadas com raquetes pela neve e mata e descobrir a flora do lugar. A região das Pedras Brancas foi um dos lugares onde começou a prática do esqui e, atualmente, conta com pistas mais tranquilas, além de serviços gastrônomicos, aluguel de equipamentos e aulas particulares. O centro de esqui nórdico conta com mais de 10 quilômetros de pistas de excelente neve para todos os níveis, onde crianças e adultos podem se divertir em um passeio de trenó por trilhas especiais com diferentes níveis de dificuldade.

Já Neumeyer fica a 18 km da cidade, na Reserva Nacional do Parque Nahuel Huapi. Um dos principais e o mais antigo destino turístico da Argentina, que abriga também uma floreta andina. O lugar é único, e pode ser desfrutado durante o ano todo, seja pelas nove trilhas que se podem percorrer, pelas atividades como trekking com raquetes de neve, esqui de fundo, esqui de travessia e até trenós. Existem programas preparados e especiais onde se oferece a opção de praticar vários esportes.

Pontos Turísticos

O Museu do Chocolate é uma oportunidade de conhecer a origem e evolução do cacau e a lenda de Aldo Fenoglio, o primeiro especialista chocolateiro que chegou a Bariloche. O museu é da empresa Havana, que produz deliciosos alfajores e chocolates quentes.

O Centro Cívico é um dos pontos turísticos mais importantes e obrigatórios da região. O local é marcado pelos edifícios de arquitetura peculiar como o monumento de Julio Roca, Museu de La Patagônia e a bandeira argentina. Admire a vista que o centro proporciona.

A Rua Mitre é uma das mais importantes da cidade. Nela encontram-se lojas de roupas, chocolates, bancos, agências turísticas, entre outros. A rua é bastante movimentada durante o dia e mais ainda à noite. Além de conhecer, aproveite para fazer compras.

Passeios

A Travessia Andina é uma rota que existe há mais de 400 anos e atravessa a Cordilheira dos Andes no setor dos Lagos e Vulcões Andinos, uma área que abriga dois importantes parques nacionais. A travessia começa em Puerto Panuelo que vai até o Lago Llanquihue em Puerto Varas. A rota tem duração de um dia completo ou até mais de um dia.

Beautiful view from the top of the Cerro Campanário, with the ridges of the Andes in the background and Nahuel Huapi lake below. The place features lush beauty and richness scenarios.

Foto por iStock / FelipeDutra

Faça um lindo passeio por Puerto Blest e admire a paisagem, percorrendo caminhos por trilhas, florestas, parques e as geleiras do Cerro Tronador. O passeio tem duração de um dia inteiro e acontece diariamente, saindo de Puerto Panuelo.

A excursão Ilha Victoria e Bosque de Arrayanes é a mais importante e tradicional do Parque Nacional Nahuel Huapi. Saindo de Puerto Panuelo, navega-se por uma hora chegando à Península de Quetrihue onde se pode apreciar os exemplares do único bosque de murtas do mundo. A murta é uma planta catalogada botanicamente como um arbusto, mas que somente neste lugar toma o porte de árvore. Depois, navega-se até a Ilha Victoria desembarcando em Puerto Anchorena, que permite apreciar a magnífica beleza do lugar. Uma dessas trilhas leva à Playa del Taoro, onde há pinturas pré-históricas e é possível visitar a esplêndida praia de areia vulcânica. O passeio é acompanhado por guias do parque.

Bariloche no verão

A cidade de Bariloche não é só proveitosa no inverno, mas também no verão, onde é possível praticar diversas atividades na água e se divertir nos cenários naturais.

Passagem das Nuvens, por exemplo, é uma travessia que combina traslados terrestres, lacustres e caminhadas. A primeira parte do circuito implica chegar até Pampa Linda, encosta do Monte Tronador, lugar onde começa o trekking. Essa modalidade possui nível médio.

O rafting no coração dos Andes é a mais excitante atividade para aqueles que procuram ação. Saindo do Rio Mando, o visitante se diverte e vive momentos radicais até a fronteira com o Chile, onde termina o trajeto. Para a prática desta atividade é necessário saber nadar e ter mais de 14 anos.

Praticar mountain biking nos arredores de Bariloche oferece uma grande quantidade de cenários e diferentes níveis de dificuldade. Com bicicleta própria ou alugada, há diversas opções de rotas com duração de meio dia, dia completo ou vários dias praticando o esporte.

Cerro Campanario viewpoint near Bariloche in Nahuel Huapi National Park, Patagonia region in Argentina.

Foto por iStock / saiko3p

Na região dos lagos, pode-se observar as aves. As excursões são de dia completo e, em caso da observação das aves de rapina (condores), a atividade começa a partir das sete da manhã. Para que o turista se interiorize mais na atividade e a desfrute, são oferecidos livros especializados e binóculos. Os oito ecossistemas da zona guardam uma variedade incrível de espécies de setembro a abril.

Para quem busca emoção, há o voo livre – Bariloche não poderia oferecer forma melhor de observar seu belo cenário. Através do voo duplo, o visitante pode admirar do alto uma das cidades mais lindas da Argentina.

Além de montanhas, lagos e florestas, o lugar permite apreciar um mundo subaquático que surpreende a todos com a vegetação submersa. Entre os lugares que se pode praticar o mergulho, estão os do lago Naguel Huapi: Praia Bonita e Vila Tacul no Lago Moreno, o Arroio La Angostura no Lago Traful, o Bosque Submerso e Pedra Mala, no Rio Limary, entre outros.

Gastronomia

A gastronomia de Bariloche combina três coisas: produtos gourmet exclusivos da Patagônia, a experiência de reconhecidos chefs que escolheram Bariloche como lugar de residência e um ambiente que convida a saborear e compartilhar. A cidade oferece grande variedade gastronômica que inclui massas, peixes, carnes e muito mais.

Como chegar

Há voos com conexão entre São Paulo e San Carlos de Bariloche oferecidos por companhias como a Gol, a Latam e a Aerolíneas Argentinas.

Onde ficar

Peninsula Petit Hotel

Charming – Luxury Lodge & Private Spa

Altuen Hotel Suites&Spa

Texto por: Caroline de Oliveira, com informações de Turismo Bariloche – EMPROTUR

Foto destaque por: iStock / Buenaventuramariano

Comentários