logo

Telefone: (11) 3024-9500

Bari: a surpreendente cidade do sul da Itália | Qual Viagem Logo

iStock_000042311588_Small

Bari: a surpreendente cidade do sul da Itália

7 de abril de 2016

O calcanhar da bota. Essa é Bari, a segunda cidade mais importante do sul da Itália. Famosa pelas suas praias, zona antiga e fantástica culinária, é destino de férias cada vez mais popular. Além disso, o lugar é a capital comercial e administrativa de Puglia e também uma vibrante cidade universitária.

Foto por IStock/ maxsyd

Foto por IStock/ maxsyd

Entre os diversos motivos de interesse para visitar Bari, a zona antiga da cidade se destaca. Intitulada de Bari Vecchia, é um bairro medieval lindíssimo onde existem inúmeras igrejas, rivalizando entre si na sua importância. A basílica românica de San Nicola reparte a praça com o Palazzo del Catapano e a igreja de São Gregório, ambos a merecer uma visita demorada e atenta.

O castelo da cidade, construído durante o reinado de Rogério II, sofreu obras de adaptação por Frederico II, de 1233 a 1239. Uma coleção de moldes de gesso e de fragmentos arquitetônicos de diversos monumentos românicos daquela região está exposta no corredor abobadado que rodeia o castelo.

Já a Basílica di San Nicola, uma das primeiras grandes igrejas normandas da Apúlia (cuja construção se iniciou em 1087), constituiu um modelo para a época, caracterizada por uma empena alta, ladeada por torres.

À entrada, o portal é apuliano-românico, com relevos nas ombreiras das portas e um arco com pormenores mouriscos, bizantinos e clássicos. A seguir ao coro, está situado um altar coberto, ladeado de um trono episcopal, datado do séc. XI. Na cripta, repousam as relíquias de São Nicolau, o santo patrono da Rússia, das crianças e dos marinheiros.

Inspirado em São Nicolau, o Duomo, que data dos finais do séc. XII, possui uma cúpula. Resta apenas uma torre das originais; a segunda caiu durante um terramoto, em 1613. Na fachada da entrada, existem portais barrocos e portas que datam do séc. XII. No interior do Duomo, reina a simplicidade medieval: o dossel do altar-mor, o púlpito e o trono episcopal foram reconstruídos a partir de fragmentos dos originais, enquanto a sacristia, desenhada como um batistério, é conhecida como trulla.

Foto por IStock/ RudyBalasko

Foto por IStock/ RudyBalasko

Estando lá, não deixe de visitar as cidadezinhas aos arredores, como Alberobello ou Lecce. E para uma pequena aventura fora da cidade, pode ir até à vizinha Sassi, onde é possível encontrar cavernas do período Neolítico que, de maneira incrível, permaneceram inabitadas até 1952

Como chegar

O aeroporto mais próximo está a 11 quilômetros de Bari, recebendo voos de toda a Itália e da Europa.

Onde ficar

Hotel Boston – bostonbari.it

Best Western Hotel – executivebusinesshotel.it

Hotel Costa – hotelcostabari.com

Texto por: Eliria Buso

Foto por IStock/ Poike

Comentários