logo

Telefone: (11) 3024-9500

Alfredo Chaves é destino de aventura e ecoturismo no Espirito Santo | Qual Viagem Logo

Foto por Fernando Madeira /MTur

Alfredo Chaves é destino de aventura e ecoturismo no Espirito Santo

6 de junho de 2019

Localizada na Serra do Castelo, a cerca de 80 quilômetros da capital Vitória, Alfredo Chaves é uma cidade serrana repleta de atrativos turísticos. Conhecido por abrigar uma das principais rampas de voo livre do país, o lugar conta com uma repleta estrutura de esportes de aventura, como rapel, parapente, asa delta, boia cross, canoagem, tirolesa e rafting, sendo considerada a Capital Capixaba da Aventura. Além de oferecer um cenário onde não faltam cachoeiras, vales e até um “túnel encantado” que chama a atenção do turista.

Foto por Fernando Madeira/MTur

Foto por Fernando Madeira/MTur

A famosa rampa fica no distrito de Cachoeira Alta, foi inaugurada em 1982 e está a 465 metros de altura. É dali que partem as decolagens para os voos duplos de parapente.

Foto por Marcelo Moryan/MTur

Foto por Marcelo Moryan/MTur

Já no distrito de Matilde fica o principal cartão-postal da cidade, a Estação Ferroviária de Matilde, construída em 1910, que hoje funciona como centro histórico-cultural, e o chamado túnel encantado. Esse último foi construído no início do século 20 por espanhóis com o objetivo de desviar o fluxo de água do córrego formado pelo Rio Novo que passava por cima da linha férrea.

Foto por Fernando Madeira/MTur

Foto por Fernando Madeira/MTur

Presença constante na paisagem de Alfredo Chaves, as cachoeiras também merecem um roteiro dedicado a elas. São dezenas de quedas catalogadas, com destaque para a de Engenheiro Reeve, a maior em queda livre do Estado, com 63 metros de altura.

Foto por Fernando Madeira /MTur

Foto por Fernando Madeira /MTur

Outras cachoeiras imperdíveis são: Bela Vista, Iracema, Santa Maria Madalena, Vovó Lucia, Quintino, entre outras.

Para quem gosta de praticar caminhadas ecológicas e montanhismo, a dica é visitar, também, a Pedra do Gururu, montanha com 450 metros de altitude. A trilha dura cerca de duas horas e, no topo, são realizadas celebrações religiosas.

E por falar em religião, a Igreja da Sagrada Família também é um ponto turístico na cidade. Com estrutura preservada desde a sua construção, o local tem uma imagem da Sagrada Família trazida da França.

Foto por Rafael Spleuryi/MTur

Foto por Rafael Spleuryi/MTur

Quem visita Alfredo Chaves se depara, ainda, com uma deliciosa gastronomia, com pratos de influência italiana. Nhoque, lasanha, polenta com molho e outras massas são os destaques.

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Fernando Madeira /MTur

Comentários