logo

Telefone: (11) 3024-9500

Alemanha é destino para os brasileiros que procuram o terceiro idioma | Qual Viagem Logo

Foto destaque por Istock/ TomasSereda

Alemanha é destino para os brasileiros que procuram o terceiro idioma

21 de outubro de 2016

Deutschland, Germany ou Alemanha. Para quem já está acostumado a ouvir seu hino durante as corridas de Fórmula 1 ou visitar as colônias e festas típicas de Santa Catarina talvez o destino não pareça tão estranho para um intercâmbio. Que a língua alemã é mais complicada e tem diversas consoantes, ninguém duvida, mas existe muita coisa a ser descoberta na terra da cerveja e das montadoras de carros.

Foto por Istock/  bluejayphoto

Foto por Istock/ bluejayphoto

Tanto a capital, Berlim, quanto Munique estão na lista de destinos preferidos dos brasileiros intercambistas. E apesar da barreira linguística, as universidades conceituadas principalmente nas áreas da ciência e tecnologia são grandes motivos para visitar o país em busca de uma graduação ou especialização.

Segundo a professora Lucilene Allonso, que esteve no país em julho de 2012, a possibilidade de conhecer lugares e uma cultura que fez parte da história mundial também contribui para a escolha. “Eu tinha uma imagem não muito boa da Alemanha, mas quando fui para lá, me apaixonei. Mudei totalmente minha concepção em relação ao país, é muito bom você andar pelas ruas, ver lugares que foram totalmente destruídos e hoje são lugares bonitos, tornando-se monumentos extraordinários. Nas ruas da Alemanha você se depara com o novo e o velho a todo o momento, o contraste presente e passado é vivenciado dia a dia”, completa a intercambista que ficou na Alemanha por duas semanas. Quem pretende ir para lá e não cursa faculdade aqui, tem que passar por um curso preparatório, o chamado Studienkolleg. Esse curso ensina o idioma alemão e prepara o estudante para o exigente currículo das universidades locais.

O Studienkolleg é a porta de entrada para os estudantes que sonham com a Alemanha. Os principais requisitos para isso são: conhecimento – além do básico – do idioma alemão, recursos financeiros para manter-se no país durante o curso e o visto. Para os brasileiros interessados, a dica é visitar o site – disponível em alemão e inglês – www.studienkollegs.de.

Além disso, a localização da Alemanha é privilegiada no Velho Continente. O país é vizinho da Dinamarca, Polônia, Áustria, Suíça, França, Republica Tcheca, Luxemburgo, Bélgica e Países Baixos. Ideal para aqueles que querem aproveitar a estadia para visitar mais nações e culturas. Apesar de ser considerado frio, tanto no clima quanto nas pessoas, o que se encontra por lá é um povo discreto e reservado, mas com algumas peculiaridades que o torna tão agradáveis como qualquer outro. Vale apostar em pontos culturais em comum para se aproximar dos alemães que você conviver por lá: os jogos de futebol da Bundesliga – que tem diversos brasileiros jogando – e a cerveja, que vai muito além da Oktoberfest.

Foto por Istock/ Sean Pavone

Foto por Istock/ Sean Pavone

Fora isso, vale a pena aproveitar as belas paisagens de montanhas e vilas charmosas que são típicas da Alemanha. Isso se você escolher Munique para o seu intercâmbio, por que a capital Berlim, assim como todos os grandes centros europeus, é uma cidade agitada, com lojas, baladas e atrações para todos os gostos. No coração da cidade concentram-se símbolos da história como o Portão de Brandemburgo e o Memorial do Holocausto.

Por ser uma cidade global, Berlim mantém um sistema de transporte público eficiente e amplo, com linhas espalhadas pela central urbana. O estudante que estiver na capital alemã encontra ônibus, trens, metrô e bondes que circulam com o mesmo sistema de cobrança, o BVG. Além disso, se mover pela cidade pode ficar mais fácil e divertido de bike. Isso mesmo, junto a Pequim e Amsterdã, Berlim é reconhecida mundialmente pela cultura das bicicletas. Diferente do que se vê pelas ruas de São Paulo, mesmo quando não há ciclovias, motoristas e ciclistas convivem em harmonia pelas ruas repletas de parques e bosques para visitar.

Salsichão alemão? – A gastronomia alemã é peculiar, porém não deixa de ser conhecida no mundo todo. O chucrute com salsicha, as Wurst, e as carnes de porco são famosas e típicas. Não se pode negar que por lá se come muita carne de porco. Mas como bons europeus, também servem bastante batata, peixes – principalmente a truta – e frutos do mar.

Foto por Istock/  jenifoto

Foto por Istock/ jenifoto

Com muita história a ser contada, a Alemanha torna-se um grande atrativo àqueles que buscam um terceiro idioma em uma nação exemplo de desenvolvimento e cultura. Aliado a isso está o visto facilitado, que permite que o estudante brasileiro permaneça no país por 6 meses.

Texto por: Eliria Buso via Guia Intercâmbio.

Foto destaque por Istock/ TomasSereda

Comentários