logo

Telefone: (11) 3024-9500

Alasca: uma aventura no gelo | Qual Viagem Logo

Snow melts slowly from the mountains as spring approaches at the end of May in south-central Alaska

Alasca: uma aventura no gelo

2 de agosto de 2017

Quando falamos de uma viagem para o Alasca, surgem olhares curiosos, espantados e até empolgados frente a um roteiro pelo destino. Mas, o que muitas pessoas não sabem é que esse estado americano lindo e gelado proporciona muitas paisagens belíssimas, momentos inesquecíveis e um dos fenômenos mais admirados e curiosos do mundo, e vai te surpreender de todas as formas possíveis.

A ship's tender cruising into the port at Juneau, Alaska with snow covered mountains in background

Juneau. Foto por iStock / dbvirago

Visitar a cidade durante o inverno é uma tarefa difícil e que exige coragem, pois as temperaturas podem chegar até -30°C; durante o verão, a muito custo, atingem seus 20°C. Portanto, a melhor época para curtir as belezas naturais do lugar é durante o verão (maio a setembro), quando os dias possuem as temperaturas do inverno brasileiro e o sol permanece por mais tempo no céu.

Glacier Bay, Alaska, USA - May 26, 2015:  Passengers on a cruise ship stand on the bow looking at Margerie Glacier

Foto por iStock / Rocky Grimes

Apreciar a Cordilheira Brooks, contemplar o Monte Katmai, o Lago Mendenhall e a Geleira Mendenhall, ir ao Ten Thousand Smokes, caminhar nas trilhas, praticar esportes radicais e fazer passeios de trenó são apenas algumas das inúmeras atividades que podemos desfrutar nesse pedacinho gelado da América do Norte.

Passeio de barco

Humpback whale breaching out of the water in Kenai Fjords National Park Alaska summer

Foto por iStock / sboice

Outra atividade curiosa é fazer um passeio de barco e conhecer as formas magníficas dos icebergs do Glacier Portage, a 80 km de Anchorage; ir até o Arquipélago Alexander e observar as baleias jubarte se alimentando em grupos (durante o verão). Ou então passear pelo Estreito de Bering, uma passagem marítima relativamente estreita que separa a Rússia da América do Norte.

Atividades radicais

Walking with  Walking with  ski mountaineering with sealskins in mountains  in mountains toward the sun

Foto por iStock / michelangeloop

Os amantes da adrenalina, poderão se divertir fazendo rafting, trekking pelas geleiras, caiaque, esqui, passeios de trenós, tour para observar os ursos em seu habitat natural, um passeio no Mount Roberts Tramway para ter uma vista deslumbrante do porto e das montanhas de Juneau, um passeio para explorar a caverna azul Ice Caves Under Mendenhall, esqui nórdico e nadar no Oceano Ártico. Passeios não faltarão, principalmente quando incluem conhecer pelo menos uma das geleiras do Alasca.

Passeios

Scenic view of the Alaska Highway in the Yukon, Canada, with snow covered mountains and conifer woods

Foto por iStock / tibu

Faça algumas viagens para vilas e regiões do Alasca de trem ou de carro. Contemple a beleza de cada uma delas e o estilo de vida dos moradores. Dê um jeitinho de conhecer a estrada que foi construída durante a Segunda Guerra Mundial e que é um dos cartões-postais da região: Alaska Highway.

Museu

museum-exterior2

Foto por Reprodução via www.anchoragemuseum.org

O Museu de Anchorage, no Centro Rasmuson, por exemplo, destaca a cultura, arte e ciência numa coleção permanente que conta com 10 mil anos de história local.

Aurora Boreal

Camping in the north with the northern lights overhead (Aurora Borealis)

Foto por iStock / SteveMcsweeny

As luzes dançantes que encantam e conquistam tantas pessoas costumam aparecer no destino entre setembro a maio. Para obter uma das melhores vistas desse fenômeno, visite o Chena Hot Springs Resort, nos arredores de Fairbanks, e aprecie, além das luzes, as lendárias águas curativas.

Texto por: Caroline de Oliveira

Foto destaque por iStock / troutnut

Comentários