logo

Telefone: (11) 3024-9500

Akaroa: a vila francesa da Nova Zelândia | Qual Viagem Logo

Foto por IStock/ alex_tok

Akaroa: a vila francesa da Nova Zelândia

28 de setembro de 2016

Akaroa é uma pequena cidade portuária na Península de Banks, na Nova Zelândia, que mostra como o país tem diversas atrações de tirar o fôlego. Cercado por montanhas vulcânicas, o destino tem um ar gaulês e calmo, graças à sua história influenciada pelos franceses. Entre as atividades, destacam-se nadar com golfinhos e contemplar deslumbrantes paisagens.

Foto por Istock/ dane-mo

Foto por Istock/ dane-mo

Situada a sudeste de Christchurch, em um caminho tranquilo feito de carro, Banks é a paisagem vulcânica mais interessante de South Island. Originalmente uma ilha formada por dois cones vulcânicos, a península tem duas crateras dominantes que formam os portos Lyttelton e Akaroa. E é lá que encontramos mais essa joia neozelandesa. Localizado a sudeste das águas profundas e protegidas de Akaroa Harbour, o charmoso vilarejo de Akaroa possui prédios históricos, ruas com nomes franceses, arquitetura que se difere de tudo o que se encontra nos arredores e um importante porto.

A melhor forma de se explorar Akaroa é a pé. Comece no centro de informações, que está localizado na Rue Lavaud com a Rue Balguerie. Você encontrará folhetos e mapas que o ajudarão a decidir por onde caminhar.

Estando lá, não deixe de visitar os restaurantes locais com foco na culinária francesa – queijos e vinhos fazem sucesso no destino – e faça uma caminhada para ver as casas históricas. Outro ponto imperdível é o museu, pois ele conta a história de Akaroa com exibições e apresentação audiovisual. Se tiver tempo, faça um cruzeiro pelo porto para ver golfinhos, pinguins e lobos-marinhos.

Foto por Istock/ Daniiielc

Foto por Istock/ Daniiielc

E é na água que estão as principais atrações da cidade. Por lá, é possível nadar, andar de caiaque, veleiro ou lancha, e guias experientes podem levar até regiões em que é permitido pescar. O mergulho com os Golfinhos-de-Hector, que só existem na região, pode ser feito por adultos e crianças. E, além disso, é possível apenas observá-los em um passeio de barco.

Como chegar

Akaroa está a menos de 100 quilômetros de Christchurch, portanto, a dica é pegar um dos voos que saem de São Paulo ou Rio de Janeiro via Buenos Aires, com escala em Auckland. E depois, de lá, dirigir até a vila.

Onde ficar

Akaroa Criterion

La Rochelle

Tresori Motor Lodge

Onde comer

The Little Bistro

The Trading Rooms Restaurant

The Brasserie Kitchen And Bar

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por IStock/ alex_tok

Comentários