logo

Telefone: (11) 3024-9500

8 destinos para se sentir na Europa sem sair do Rio de Janeiro | Qual Viagem Logo

Paraty, Brazil - February 25, 2017: Streets of colonial old town in the evening. Historical center of the city is full of handcraft shops and restaurants, and looks very romantic at night.

8 destinos para se sentir na Europa sem sair do Rio de Janeiro

8 de agosto de 2018

A alta do dólar e do euro nas últimas semanas têm estimulado muitas pessoas a buscar opções de destinos nacionais, adiando assim a viagem para fora do País. O Hurb, nova marca do Hotel Urbano, site de reserva de hotéis e pousadas líder nacional, pensando em ajudar os viajantes que sonham conhecer a Europa, separou 8 destinos no Rio de Janeiro que vão fazer qualquer um se sentir ao menos um pouco em países como Portugal, Itália e até Finlândia.

A diversidade tão famosa da capital carioca também se estende ao interior do Estado. Afinal, além da capital, são centenas de municípios que trazem diferentes influências em suas formações. E a imigração europeia remonta a história de diversos municípios do interior carioca. É o caso de Paraty, Petrópolis, Nova Friburgo e até uma região famosa em plena capital do estado. São destinos que trazem na arquitetura, gastronomia, música – e até no sotaque – aspectos muito fortes da cultura e colonização europeia.

Diariamente, o Hurb oferece mais de 400 mil opções de hotéis e pousadas espalhados por todo o mundo, sendo mais de 8 mil apenas no Brasil. Confira abaixo as dicas do Hurb, para quem quer viajar pela Europa sem sair do Estado do Rio de Janeiro:

Vassouras

Foto via Divulgação

Foto via Divulgação

Vassouras é um lugar que mora no imaginário de mutas pessoas. As casinhas dispostas no verde vale, ao sul do estado,  lembram em muito as paisagens portuguesas do Minho, entre outras regiões de Portugal. Nas noites frias não faltam opções de boa gastronomia. Ideal para relaxar ao som dos pássaros e da generosa natureza da região.

Petrópolis

Foto via iStock/ dabldy

Foto via iStock/ dabldy

A Cidade Imperial, de colonização alemã e italiana, traz em si a arquitetura europeia do século XVII – ricos palácios e jardins projetados que reproduzem o esplendor europeu. Destaque para a gastronomia alemã que anualmente recebe milhares de visitantes no mês de junho na Bauernfest, a festa do colono alemão, com desfiles, danças, músicas típicas e muita cerveja! Para quem quer curtir o clima de montanha, há hotéis e pousadas encantadores com o melhor que a serra pode oferecer!

 Itatiaia

Foto via iStock/ Brunomartinsimagens

Foto via iStock/ Brunomartinsimagens

Para quem pretende curtir as baixas temperaturas e a natureza exuberante, desfrutando das pousadas e chalés em estilo nórdico, essa é a pedida. A região é tão conhecida que alguns europeus e americanos a escolheram como lar definitivo, onde estabeleceram restaurantes de fondues, trutas, carpas e massas, para total delírio de quem visita a cidade, especialmente no inverno. Atenção especial para a Pequena Finlândia, a Casa do Papai Noel de Penedo, que recebe muitos visitantes no período de outubro–dezembro, com mostras culturais e artesanatos .

 Paraty

Foto via iStock/ xeni4ka

Foto via iStock/ xeni4ka

Essa cidade colonial preserva até hoje os seus inúmeros encantos naturais e arquitetônicos. Muitos europeus escolheram Paraty como segundo lar, pela natureza exuberante de suas matas, pelo mar azul e pelo clima ameno. Não  se esqueça de conferir as mostras culturais, a qual a FLIP é uma das mais conhecidas, além dos bares e restaurantes que oferecem uma variada oferta de produtos e serviços.

 Rio de Janeiro

Foto via iStock/ microgen

Foto via iStock/ microgen

Muitas pessoas podem se admirar com isso, mas o centro da cidade do Rio de Janeiro é uma verdadeira viagem à Europa do século XVII e XVIII. O Theatro Municipal, o Paço Imperial, o Palácio Pedro Ernesto, o Museu de Belas Artes e a Biblioteca Nacional são exemplos de construções europeias que nos remetem ao luxo das cortes.

Penedo

Foto por iStock / BrasilNut1

Foto via iStock / BrasilNut1

Penedo é a única colônia finlandesa do Brasil, sendo possível ver por todos os lados traços marcantes, principalmente na arquitetura de casas e edifícios. Destino certo para quem quer relaxar e aproveitar a natureza, além de sentir um clima frio, que remete a sensação de estar um pouquinho na Europa. Fica localizada no município de Itatiaia, próximo ao Parque Municipal Ecológico.

Visconde de Mauá

Foto via iStock / Gilberto_Mesquita

Foto via iStock / Gilberto_Mesquita

Essa cidadezinha, distrito de Resende, tem lugares que lembram as paisagens suíças e escandinavas. Não é incomum encontrar por lá poloneses, alemães, austríacos ou franceses que trocaram suas terras por Visconde de Mauá. A menor temperatura já registrada na cidade foi de –13°. Ideal para conhecer e desfrutar das pousadas rústicas com sauna finlandesa e lareira montanhesa.

Nova Friburgo

Foto via iStock/ Brunomartinsimagens

Foto via iStock/ Brunomartinsimagens

Em Nova Friburgo existe ainda hoje uma forte tradição dos colonos alemães. Os colonos das primeiras expedições dos navios Argus e Caroline que se estabeleceram em Nova Friburgo, em 1824.  Atenção para o polo gastronômico de Friburgo, no distrito de Mury, especializados em fondues, racletes, entre outras receitas típicas alemãs.

Texto por Agência com edição de Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock/ dabldy

Comentários