Carcassonne: história e cultura medieval no sul da França | Qual Viagem
logo

Telefone: (11) 3024-9500

Carcassonne: história e cultura medieval no sul da França | Qual Viagem Logo

Carcassonne is a fortified French town in the Aude department, of which it is the prefecture, in the former province of Languedoc.

Carcassonne: história e cultura medieval no sul da França

20 de julho de 2018

Quase na fronteira com a Espanha, bem ao sul da França, a pequena comuna francesa de Carcassonne é a junção da história medieval com um conto de fadas. Intacta por mais de dois mil anos, Carcassonne é a cidade medieval mais bem preservada da Europa e a maior murada também.

Cercada de lendas e contos, a história mais famosa é da Dama de Carcas, que deu o nome à cidade. Segundo a mitologia, a dama que viveu no castelo local, por volta do século VIII, colocou um ponto final no cerco que acontecia a mais de um ano no lugar. Ela jogou pelas muralhas um porco com a barriga cheia de bons grãos – mesmo com a escassez assolando a região – e foi capaz de fazer sua estratégia se tornar vitoriosa, já que o outro lado recuou e eles puderam hastear bandeira branca.

Foto via iStock/ JackF

Foto via iStock/ JackF

No final de tudo, ela tocou os sinos da cidade. O sonne de Carcassonne significa som em francês, que complementa o nome da cidade, junto com o da dama de Carcas.

Carcassonne hoje é anunciada como a “cidade com duas cidadelas”, e ambos locais são repletos de atrações que valem a visita.

O Château Comtal fica na parte de dentro da fortaleza e é o castelo que serviu de morada – e abrigo contra as Cruzadas – para os nobres. Apesar de estar aberto ao público, nem todas as partes da construção podem ser visitadas.

Foto via iStock/ stefanopolitimarkovina

Foto via iStock/ stefanopolitimarkovina

O tour conta toda a história de Carcassonne, a construção do castelo e as mudanças feitas ao longo dos anos. Passa por algumas das principais partes do local, como poço, o pátio principal, a capela interna e esculturas e sarcófagos que foram esculpidos.

O Canal de Midi liga o Atlântico e o Mediterrâneo, trabalho que foi feito por Pierre-Paul Riquet e é o canal marítimo mais antigo da Europa que ainda está em funcionamento. O Midi era um caminho usado para transporte de mercadorias e pessoas, hoje, ele é visitado por diversos turistas e veleiros.

Foto via iStock/ pase4

Foto via iStock/ pase4

Algumas partes do canal são enfeitadas e o como é curso da água é lento, fica fácil tirar muitas fotos, além disso o visitante pode alugar um barco e pilotar por conta própria.

Em 1996, a Unesco declarou o Midi como parte do Patrimônio Mundial.

Carcassonne é repleta de igrejas de diferentes estilos e todas merecem um visitinha de tão lindas que são. A Catedral de Saint Mitchel data por volta do século XIII e faz parte do monumento histórico da França desde 1886.

Foto via iStock/ MonikM

Foto via iStock/ MonikM

O plano de construção da Catedral se caracteriza pela simplicidade. Uma única nave com abóbada de 20 metros de altura, ladeada por várias capelas laterais. A fachada possui um estilo único de decoração na forma de uma grande roseta de 8 metros de diâmetro, e a torre sineira adjacente maciça.

Foto via iStock/ LindaMarieCaldwell

Foto via iStock/ LindaMarieCaldwell

A Basílica de Saint Nazaire é a joia da cidade. O conjunto arquitetônico foi construído entre 1110 e 1120 e foi capaz de harmonizar o estilo gótico com o romano. Até hoje, a igreja é o principal centro religioso da cidade, porém recebe diversos turistas. Ela fica aberta das 9h às 12h e das 14h às 19h no verão, e das 9h às 12h e das 14h às 17h no inverno. Missas acontecem aos domingos, às 11h.

 Texto por: Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock/ ADonsky

Comentários