logo

Telefone: (11) 3024-9500

7 restaurantes para você conhecer em Manaus | Qual Viagem Logo

Foto por Eliria Buso

7 restaurantes para você conhecer em Manaus

24 de dezembro de 2017

Quando se fala em gastronomia da região Norte brasileira, o que paira pela nossa imaginação é uma variedade enorme de pratos com peixes e temperos amazônicos. E é exatamente isso que encontramos por lá, porém, com uma riqueza de aromas e sabores praticamente indescritível. Alguns restaurantes de Manaus vêm modernizando seus cardápios, mas sem deixar de lado a tradição que vem atrelada à ingredientes como o tucupi, o tucumã e os já internacionalizados açaí e cupuaçu.

Para descrever um pouco mais essa experiência gastronômica manauara, selecionamos 7 restaurantes imperdíveis por lá! Confira:

Caxiri Restaurante

Foto por Eliria Buso

Foto por Eliria Buso

Situado bem ao lado do Teatro Amazonas, o Caxiri tem um ambiente agradável, perfeito para um almoço refrescante ou um happy hour com os amigos. O restaurante oferece o melhor do sabor amazônico com um toque de inovação. A chef Debora Shornik integra aos seus pratos temperos e ervas típicos como o puxuri e o jambu, além das frutas e peixes da região, como o tucumã, o bacuri, o tambaqui e o pirarucu.

Entre os destaques do cardápio: bolinho de tambaqui com chutney de cupuaçu e molho de pimenta arube e rosbife de maminha assada na churrasqueira e cremoso purê de batatas com puxuri e jambu. À noite, não deixe de provar um drink com cupuaçu!

Informações: facebook.com/caxirimanaus/

Moquém do Banzeiro

Foto por Eliria Buso

Foto por Eliria Buso

Depois do sucesso do Banzeiro, um dos restaurantes mais badalados de Manaus, o chef Felipe Schaedler resolveu ampliar os horizontes e dar vazão à sua veia inovadora abrindo o Moquém do Banzeiro, na galeria da Cristal Tower, ao lado do Shopping Manauara.

O restaurante, com clima e decoração aconchegante e agradável, oferece o melhor da gastronomia regional com ar sofisticado e, ao mesmo tempo, rústico. O chef apresenta os peixes típicos da região em pratos diferentes, como na costelinha de tambaqui com molho oriental agridoce e na mujeca de peixe com caldo de cogumelos yanomami. Além de incluir o beiju, o queijo coalho e a farinha de Uarini em seus principais pratos.

Não deixe de provar o ‘chibé’ de tucumã com pobre velho e castanha. E de sobremesa, um saboroso suflê de cupuaçu com calda de brigadeiro.

Informações: facebook.com/moquemdobanzeiro

Abaré Sup & Food

Foto por Eliria Buso

Foto por Eliria Buso

O Abaré é o lugar perfeito para quem busca um almoço relax e diferente. O restaurante flutuante fica nas águas do Rio Tarumã-Açú, um afluente do Rio Negro, e tem um clima agradável e descolado, se tornando um point entre os jovens. Ali, além de degustar pratos refrescantes e saborosos, é possível dar um mergulho em algumas ‘piscinas’ dentro do rio, fazer stand up paddle e ainda se hospedar no hostel.

No restaurante, o grande destaque fica por conta da entrada: um brigadeiro de pirarucu. No prato, as iscas de peixe são empanadas no gergelim torrado e acompanham molhinho de pimenta.

Ali, a dica é chegar cedo, começar com alguns petiscos, passar pelos peixes do almoço e ir degustando até o entardecer. Quando  o sol está se pondo, os praticantes de stand up paddle compõem um cenário único e inesquecível bem no meio do Rio Negro!

Informações: facebook.com/Abaré-SUP-and-Food-1434914630116671

Shin Suzuran

Foto por Eliria Buso

Foto por Eliria Buso

E quem disse que tradição não combina com inovação? O chef Hiroya Takano, legítimo japonês com alma manaura, oferece aos visitantes um cardápio único, com pratos japoneses feitos com ingredientes locais. Além disso, recentemente, ele vem implantando o uso das Pancs (Plantas Alimentícias não Convencionais) em sua cozinha.

Entre os pratos tradicionais, o destaque fica por conta do sushi amazônico – prato premiado e patenteado pelo chef – que leva tucunaré empanado enrolado com fatias finas de abacate e do tataki de tucunaré, uma espécie de tartar com o peixe coberto por ovas de capellin. E para provar as novidades, o que não pode faltar é o tempurá de urtiga e o sunomono de vitória régia com lichia.

Informações: suzuran.com.br

Cachaçaria do Dedé

Foto por Eliria Buso

Foto por Eliria Buso

A cachaçaria já é point na cidade para tomar a típica cachaça de jambu e conta com diversas unidades. Na do Shopping Manauara, o ambiente agradável é convidativo para um happy hour ou jantar com os amigos.

Ao som de música ao vivo e bebidas da região, vale pedir um joelho de porco para se deliciar. O prato vem bem servido e no ponto exato, crocante e suculento.

Informações:  cachacariadodede.com.br

Tambaqui de Banda

Foto por Eliria Buso

Foto por Eliria Buso

O restaurante fica na praça do Teatro Amazonas e oferece o melhor do tradicional prato de tambaqui da região. O tambaqui de banda – que vem inteiro – é servido com acompanhamento de baião de dois (diferente do que estamos acostumados, mas tão bom quanto), farofa de Uarini e vinagrete.

Ali também é possível provar o típico tacacá ou uma moqueca de pirarucu. Tudo isso em mesinhas na calçada, observando o fervo cultural dos arredores, ou no casarão, com o indispensável ar-condicionado.

Informações: facebook.com/TambaquideBanda

Restaurante Naia – Holiday Inn Manaus

Foto por Eliria Buso

Foto por Eliria Buso

O chef venezuelano Xavier Medina assumiu o restaurante há pouquíssimo tempo. Mas já vem deixando sua marca.

Especializado nas cozinhas italiana, americana e chinesa, ele vem acrescentando algumas técnicas aos sabores típicos amazonenses. Entre os pratos de destaque está a releitura da caldeirada de tambaqui.

O restaurante é aberto ao público para almoço e jantar todos os dias.

Informações: holidaymanaus.com.br

Texto e fotos por: Eliria Buso

Comentários