logo

Telefone: (11) 3024-9500

7 destinos turísticos imperdíveis no Mato Grosso | Qual Viagem Logo

mato grosso

7 destinos turísticos imperdíveis no Mato Grosso

28 de janeiro de 2016

O maior destaque do Mato Grosso fica por conta de suas belezas naturais. O local é privilegiado: é o único estado brasileiro onde você pode encontrar o Pantanal, o Cerrado e a Amazônia. O turista que visitar o Mato Grosso vai encontrar uma natureza riquíssima, com praias de água doce e cachoeiras, além de poder praticar esportes radicais e de aventura.

Cuiabá

cuiabá

Foto por paulisson miura via Flickr

A capital do estado possui um importante patrimônio histórico, com construções de arquitetura colonial. Há muito que visitar: são igrejas, museus, parques e muito mais. Sua culinária tem como destaque os pratos feitos com peixes da região, como o pacu e o pintado. Cuiabá serve de base para os turistas na região, já que possui uma ótima localização, perto de vários outros destinos, como a Chapada dos Guimarães e o Pantanal.

Chapada dos Guimarães

chapada dos guimarães 2

Foto por Cecilia Heinen via Flickr

Cachoeiras, rios, cavernas e grutas são alguns dos componentes das belas paisagens da Chapada dos Guimarães. Alguns dos paredões mais impressionantes estão no chamado Cidade de Pedras. O Parque Nacional protege áreas de cerrado e centenas de espécies de animais, como a onça pintada, o tamanduá-bandeira e o lobo-guará.

Nobres

nobres

Foto por Paulo Henrique via Flickr

Em Nobres, que fica a 140 km de Cuiabá, não falta atividades dentro da água. No Recanto Ecológico Lagoa Azul, os visitantes podem nadar entre diversas espécies de peixes em um aquário natural e mergulhar no Rio Salobra. Turistas tem diversão garantida nas flutuações e passeios com boias pelos rios e lagoas da cidade, além das trilhas que levam a belas cachoeiras, como a da Serra Azul.

Jaciara

jaciara

Foto por Evandro Sudré via Flickr

É conhecida como a capital dos esportes radicais no Mato Grosso. O rio Tenente Amaral, com suas corredeiras de diversos níveis, é uma ótima opção para a prática de rafting e canoagem. Os mais aventureiros podem também praticar cachoeirismo, rapel e highline. Todo ano acontece a Temporada de Esportes Radicais, evento onde são realizadas competições em modalidades como o Jeep Cross e a Corrida de Aventura. Além de tudo isso, as riquezas naturais estão por toda a parte, com dezenas de cachoeiras, águas termais, rios, cavernas e piscinas naturais. Há até sítios arqueológicos com arte rupestre.

Pantanal

pantanal

Foto por Ana Raquel S. Hernandes via Flickr

A biodiversidade do Pantanal é impressionante: são mais de mil espécies de animais e quase duas mil de plantas. Para quem quer avistar essa natureza sem igual em meio a planícies alagadas, o Pantanal é um destino imperdível. A cidade de Poconé é a porta de entrada da parte norte do Pantanal, às margens dos rios Cuiabá e Paraguai. Já em Cáceres, os visitantes podem alugar um barco e descer o rio Paraguai para pescar.

Vale do Araguaia

vale do araguaia

Foto por Thiago A. via Flickr

O rio Araguaia divide naturalmente os estados de Mato Grosso e Goiás e em suas margens estão praias de areia branca. Formada por 34 cidades, o Vale do Araguaia é lar de aldeias indígenas, grutas e cachoeiras. A região também é envolta em muito misticismo. Lugares como a Serra do Roncador e a Serra Azul atraem ufólogos e esotéricos do mundo todo.

Amazônia

amazônia

Foto por João Quental via Flickr

A Amazônia cobre a maior parte do norte de Mato Grosso. A cidade de Alta Floresta é um dos principais pontos de pesca esportiva no estado, além de ser muito atraente para ecoturistas, pesquisadores e adeptos de observação de aves, já que das mais de mil espécies de aves brasileiras, cerca de 600 estão nessa região. O Parque Estadual do Cristalino conta com pousadas e hotéis que oferecem a experiência de ficar hospedado no meio da floresta.

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: Tambako The Jaguar via Flickr

Comentários