logo

Telefone: (11) 3024-9500

6 viagens perfeitas para levar seu pai no próximo ano | Qual Viagem Logo

nova-orleans-foto-roberto-maia

6 viagens perfeitas para levar seu pai no próximo ano

11 de agosto de 2017

Nesse Dia dos Pais, o comparador de preços de passagens e hotéis Viajala fez uma pesquisa – exclusiva para Qual Viagem – sobre os destinos e eventos mais bacanas para curtir em família e dá dicas para organizar as melhores viagens e presentear o seu pai de forma inesquecível.

Copa do Mundo da Rússia

saint-petersburg-1891979_1920

Nem parece, mas já faz tempo que sediamos a Copa do Mundo no Brasil e está na hora de se programar para assistir a próxima in loco, na Rússia. Além de conhecer cidades sensacionais como São Petersburgo e a capital Moscou, você pode fazer seu pai reviver essa festa e até pegar algum jogo da seleção brasileira, que já está classificada. Os grupos ainda não foram definidos, mas a gente já aprendeu por aqui que o mais legal é curtir a animação mesmo, independente das seleções em campo – e com sorte, dá para pegar uma partida incrível. Na primeira fase, vai ser fácil comprar ingressos por cerca de R$ 105. A partir das quartas de final, os preços já começam a ficar salgados, então é melhor economizar desde agora. Os ingressos serão vendidos em novembro, no site da FIFA.

Highway 1 + Napa Valley

napa-valley-eua-pixabay

Muita coisa favorece o aluguel de carro nos Estados Unidos: as boas estradas, os poucos pedágios, as poucas opções ferroviárias, o alto preço das passagens de avião… Viajar de carro em família, escolhendo a música e comentando a paisagem, é ainda mais legal. O trajeto entre Los Angeles e São Francisco, na Califórnia, dura em torno de dez horas e é perfeito para fazer de carro ao longo de vários dias, pois é cheio de atrações e cidadezinhas simpáticas pelo caminho, além de ter uma das vistas de estrada mais espetaculares dos Estados Unidos, seguindo pela Highway 1. A partir de São Francisco, dá para passar alguns dias no Napa Valley, a 100 quilômetros de distância, ou até fazer um passeio de bate-volta pelo local. A região de vinícolas do Napa Valley está entre as melhores do mundo na produção de vinhos tintos. São casarões e castelos classudos que oferecem passeios entre as vinhas, degustações e uma gastronomia deliciosa, ótima para curtir sem pressa com seu pai.

GP de Fórmula 1 em Mônaco

ferrari-957563_1920

O próximo Grande Prêmio no circuito mais famoso e mais bonito do automobilismo já está com os ingressos à venda – e engana-se quem pensa que são impagáveis. Pelo contrário, Mônaco tem alguns dos ingressos mais baratos da Fórmula 1, partindo de apenas 40 euros. O próximo GP acontece por lá na segunda quinzena de maio de 2018 e é bom já garantir a entrada antecipadamente, afinal, trata-se de um dos eventos mais concorridos do mundo. E não é para menos: os carros passam velozes por dentro do distrito de Monte-Carlo e a festa durante a corrida é contagiante, até para quem não é fã de F1. A vida do pequeno Principado de Mônaco é glamourosa, cheia de gente famosa, principalmente na época do GP. Isso porque o festival de cinema de Cannes acontece ali do lado, a apenas uma hora de distância e normalmente na mesma época, o que faz com que muitas estrelas deem um pulinho no Principado antes de ir embora.

Oktoberfest de Munique

people-1284516_1920

Diz-se que tudo começou para comemorar o casamento do rei bávaro Ludwig I, em 1810 – e a festa foi tão lendária que a galera comemora até hoje. A raridade de bêbados caindo pelo chão fazem da Oktoberfest de Munique um dos melhores passeios de família da Alemanha. Pois é: para o tanto de cerveja que se bebe nessa festa e o tanto de gente que a celebra – são cerca de seis milhões de visitantes por ano -, a quantidade de beberrões que perde a linha é, por sorte, bem pequena.

A Oktoberfest é um evento para quem quer se reunir, beber, comer e se divertir sem excessos, voltando cedo para casa, já que a folia termina sempre antes da meia-noite. Se seu pai for cervejeiro, a experiência de conferir esse festival é inesquecível. E o melhor: a entrada no parque é gratuita, a gastronomia alemã é farta e barata, e as gigantes jarras de um litro de cerveja custam em torno de 10 euros, mas duram bastante.

Em 2017, a Oktoberfest de Munique começa no dia 16 de setembro e vai até 3 de outubro. No ano que vem, as datas previstas são de 22 de setembro a 7 de outubro.

New Orleans Jazz and Heritage

jazz-1658886_1920

Nova Orleans, em Luisiana, é considerada um dos berços do jazz, estilo musical trazido com os escravos africanos que chegaram no sul dos Estados Unidos no começo do século 20. A cidade sedia todos os anos, entre abril e maio, o New Orleans Jazz and Heritage Festival, que celebra a cultura, a herança e a beleza musical em uma das festas mais tradicionais do gênero. Os ingressos custam em torno de US$ 70 e incluem diversas apresentações, das mais tradicionais às mais contemporâneas, de nomes importantes do estilo.

Pais que gostam mais de subgêneros do jazz, com ritmos misturados e instrumentos diferentes, também têm opção aos montes pelo mundo: escolha entre o Jazz a Vienne, em Vienne, na França; o Jakarta International Java Jazz Festival, em Jacarta, na Indonésia; o Cape Town International Jazz Festival, na Cidade do Cabo, na África do Sul; e o Caribbean Sea Jazz Festival de Aruba.

Festival da Costela

meat-1613793_1920

Os papais carnívoros vão amar esse passeio nada leve chamado Ribfest, que acontece em Toronto, no Canadá, entre o fim de junho e o começo de julho, trazendo uma infinidade de barraquinhas e restaurantes especializados na delícia que é a costelinha de porco ao molho barbecue. Se essa ideia não apetecer, tem vários festivais de comida deliciosa e mais light por aí que podem fazer sucesso no passeio da família, como o festival de comida e vinho de Melbourne, na Austrália; o festival de frutos do mar da Espanha ou o festival de comida vegetariana de Bangkok. Percorrer um país descobrindo os seus festivais gastronômicos pode ser uma viagem sensacional para fazer com seu pai.

Fotos: viajala.com.br/divulgação | Pixabay (Napa Valley) | Roberto Maia (destaque)

Comentários