logo

Telefone: (11) 3024-9500

6 motivos para visitar a Turquia no inverno | Qual Viagem Logo

Cityscape of Istanbul in snow

6 motivos para visitar a Turquia no inverno

9 de janeiro de 2019

É incontestável que a Turquia é um país com belas e coloridas paisagens, tanto na primavera quanto no verão. Mas se engana quem pensa que no resto do ano o país deixa a desejar. Os cenários ganham tonalidades avermelhadas no outono e, no inverno – que vai de dezembro a fevereiro –, a paisagem fica toda branquinha com a chegada da neve. Abaixo, listamos seis motivos para você preparar já suas malas e seguir rumo à Turquia para curtir o inverno.

Descer as montanhas de esqui

Foto por Divulgação / Centro de Esqui Erzurum / Palandöken

Foto por Divulgação / Centro de Esqui Erzurum / Palandöken

Sim! Tem neve e tem estação de esqui. Na Turquia, são mais de 100 picos acima de três mil metros, e 12 estações distribuídas pelo país. O destino mais popular está localizado no sul do Mar de Mármara, na Vila Alpina de Uludağ, a uma altitude de quase dois mil metros. Palandöken, na província oriental de Erzurum, é a mais alta da Turquia e abriga uma das mais longas pistas de esqui natural da Europa.

Ter os monumentos quase que exclusivamente para você

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

A melhor época para visitar as incríveis ruínas greco-romanas da Turquia no Mediterrâneo é no inverno, quando o calor e as multidões diminuem. Dirija-se às colinas de Travertino, acima da cidade de Antalya, para passear pelos sarcófagos fantasmagóricos de Termessos, ou pelo anfiteatro (não restaurado) acima das ruínas de mármore branco de Sagalassos; ambas as cidades de Psidian foram conquistadas pelo caminho de Alexandre o Grande em 333 a.C.

Conhecer o verdadeiro Papai Noel

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

O verdadeiro St. Nick vivia longe do Polo Norte. Na verdade, acredita-se que ele pregava na antiga cidade de Myra, agora chamada Demre, entre as palmeiras da costa mediterrânea da Turquia. Todos os anos, em seu dia de festa (seis de dezembro), os fiéis ortodoxos gregos lotam a basílica de Demre, de 1.500 anos, para homenagear São Nicolau.

Para os peregrinos, o santo é mais Poseidon, Deus do Mar, do que uma figura rotunda de vermelho rosado do Círculo Ártico. Mas não se deixe enganar pela falta de renas e elfos. A lenda do Papai Noel está firmemente enraizada na generosidade (incluindo presentes entregues através de uma chaminé, depositadas em meias) deste bispo bizantino do século V.

Se aquecer em um banho turco

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Refugie-se do inverno em uma das dezenas casas de banho históricas, localizadas em torno de Istambul. Entre as mais belas está a Kılıç Ali Pasha, do século XVI, que recentemente passou por uma restauração que a devolveu à sua glória original. Um dos 56 balneários projetados pelo lendário arquiteto otomano Mimar Sinan, o complexo foi construído para Kılıç Ali Pasha, um ex-escravo italiano que virou almirante e, segundo a lenda, foi a inspiração para o Dom Quixote de Cervantes.

Provar uma bebida quente e cremosa

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Sahlep é uma mistura de leite quente, açúcar e farinha de tubérculos de orquídeas, servido com canela. Muitos turcos bebem esta mistura por suas supostas qualidades terapêuticas, mas também é delicioso e o antídoto perfeito para um dia frio de inverno. Aprecie seu sahlep ao lado de um saco de papel recheado com castanhas assadas na hora, conhecido como kestane kebap, também comprado em carrinhos de rua.

Visitar um lago rodeado por montanhas nevadas

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Altitude, selvagem e desolado: tudo na região de Van, no sudeste da Turquia, é extremo. O Lago Van é o maior do país e os vulcões que se erguem sobre as costas norte e oeste são os seus picos mais altos. Há pequenas ilhas que pontilham o lago e antigos castelos, igrejas, mesquitas e túmulos em suas margens – ou seja, este é realmente um local deslumbrante. O lago é tão salgado que a maior parte dele não congela no inverno, então, mesmo que seja em meados de janeiro, você pode pegar a balsa para a Ilha Akdamar para visitar a Igreja da Santa Cruz, do século X – que já foi uma igreja real do reino armênio de Vaspurakan.

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / Koraysa

Comentários