logo

Telefone: (11) 3024-9500

6 cidades para fazer um “bate-volta” e conhecer patrimônios históricos em SP | Qual Viagem Logo

bonde-turistico-de-santos_foto_divulgacao-prefeitura-de-santos

6 cidades para fazer um “bate-volta” e conhecer patrimônios históricos em SP

4 de agosto de 2017

As férias de julho acabaram, mas oportunidades não faltam para sentir o gostinho de pegar a estrada novamente e conhecer um lugar novo a menos de cem quilômetros da capital paulista. Seja para aproveitar um fim de semana ou um bate-volta. A Jornada do Patrimônio, promovida pelo Governo do Estado de São Paulo, está com a agenda repleta de opções em agosto. Nos dias 19 e 20, a programação contará com ações educativas como visitas guiadas a imóveis históricos, palestras, roteiros de passeio, aulas públicas, além de circuito gastronômico e artístico por cidades próximas a São Paulo.

p-102-itu_09_9583_p

Foto por Ken Chu

Essa é primeira vez que o programa será expandido para o interior e litoral do estado, seguindo o modelo implantado na capital desde 2015. Para essa edição, foram convidados municípios cujos centros históricos são tombados pelo Condephaat, o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo.

No litoral

Que tal descer a Serra do Mar e fazer passeios além da ida à praia? No fim de semana dos dias 19 e 20 de agosto, será possível visitar vários pontos turísticos de Santos por outra perspectiva. Por meio de visitas guiadas, quem passar pela cidade terá a oportunidade de fazer um roteiro gratuito por patrimônios históricos, que inclui o uso do bonde turístico para se locomover de um atrativo a outro.

p-186-sat_04_1125_p

Foto por Ken Chu

A programação pré-estabelecida será feita no sábado e domingo. O circuito tem início no Largo do Marquês, com visitas monitoradas aos bens: Estação Ferroviária do Valongo, o Santuário do Valongo e Museu do Pelé. Em seguida, será feito o embarque gratuito ao bonde turístico que irá até o Rio Branco para conhecer os patrimônios: Igreja da Ordem Terceira do Carmo, Pantheon dos Irmãos Andradas, Paço Municipal e Casa com Frontaria Azulejada. As saídas do bonde estão programadas para as 11h00 e 14h00, com duração de duas horas.

p-186-sat_01_1396_p

Foto por Ken Chu

Outros pontos, como o Museu do Café, Casa de Câmara e Cadeia, além do Teatro Guarany também integram a Jornada do Patrimônio e estarão abertos à visitação monitorada.

Roteiros

Para voltar no tempo e mergulhar na história, a dica para embarcar nessa jornada é começar a viagem por Itu. Além de ser popularmente conhecida como a capital dos objetos gigantes, a estância turística, que fica a 99 quilômetros do centro de São Paulo, abriga diversos patrimônios históricos tombados.

p-102-itu_06_9646_p

Itu. Foto por Ken Chu

Se o plano é fazer um bate-volta, outra dica é aproveitar o trajeto de retorno para fazer uma parada em Santana de Parnaíba. Localizada na Região Metropolitana de São Paulo, o centro histórico do município é um dos destaques da jornada. No coração da cidade, o conjunto arquitetônico colonial no Largo da Matriz abriga quatro atrativos para visitação: Museu Anhanguera e Casarão Monsenhor Paulo Florêncio da Silveira Camargo, Centro de Memória e Integração Cultural, Sede das Secretarias de Cultura e Turismo e Centro de Apoio ao Artesão.

p-181-spr_03_2459_p

Museu Anhanguera em Santana de Parnaíba. Foto por Sergio Luiz Jorge

Aos mais aventureiros, haverá transporte gratuito saindo do Centro Histórico rumo ao Sítio Tanquinho, que abriga um engenho de cachaça artesanal com mais de cem anos de funcionamento. Haverá também saídas para a Capela de Nossa Senhora da Conceição do Voturana, propriedade particular localizada na Estrada Ecoturística do Suru, construída no século 17 pelo então Capitão Guilherme Pompeu de Almeida.

p-181-spr_05_2515_p

Foto por Sergio Luiz Jorge

Entre uma parada e outra, os visitante poderão também experimentar a gastronomia local. De rosquinha de pinga a pão de torresmo, o cardápio dos estabelecimentos proporciona uma viagem aos costumes e tradições da cidade.

Alto Tietê

A pouco mais de 60 quilômetros do centro de São Paulo, Mogi das Cruzes é um dos destinos contemplados pela Jornada do Patrimônio e uma ótima sugestão para passar um dia de turista. O mais populoso município da Região do Alto Tietê é agraciado com vários monumentos e edifícios históricos que estarão abertos para visitas e aulas sobre a evolução arquitetônica na cidade.

p-126-mcr_16_6313_p

Foto por Sergio Luiz Jorge

Quem passar por Mogi no fim de semana de 19 a 20 de agosto, conhecerá o mais antigo museu da cidade, chamado de Casarão do Carmo ou Museu Visconde de Mauá. Já o mais novo espaço cultural, a Pinacoteca de Mogi das Cruzes, também estará de portas abertas para visitas. O prédio foi construído em 1860, mas somente em setembro de 2016 foi restaurado e atualmente é destinado à produção das artes visuais e obras de artistas mogianos.

Ferrovias do interior

Principal meio de transporte e escoamento de mercadorias entre muitas cidades do interior do estado no século passado, o complexo ferroviário também é um dos bens tombados que poderá ser visitado durante a Jornada do Patrimônio em Campinas e Jundiaí. Com saída do Paço Municipal de Campinas, os visitantes irão percorrer algumas estações de trem, entre elas a “Carlos Gomes”. O nome foi uma homenagem da Companhia Mogiana ao maestro e compositor campineiro. Lá, as pessoas vão poder saber mais da história da estação que era equipada com quatro linhas para o embarque do café e outra plataforma para gados e pedras.

p-048-cam_05_0468_p

Mercado Municipal de Campinas. Foto por Paulo Li

A distância entre as duas cidades é de 40 quilômetros. A dica para quem sair da capital paulista é de aproveitar o fim de semana e conhecer um pouco mais da história dos trilhos e, quem sabe, fazer um passeio com a tradicional locomotiva Maria Fumaça, em Campinas. Além das ferrovias, Jundiaí oferece visitas monitoradas ao Teatro Polytheama, ao Solar do Barão, Pinacoteca Diógenes Duarte Paes e Complexo Argos e Complexo Fepasa. Já em Campinas, o charme também está em degustar as iguarias gastronômicas no Mercado Municipal de Campinas.

Para mais informações e conferir a programação completa, acesse: www.jornadadopatrimonio.sp.gov.br

Texto por Agência com edição de Caroline de Oliveira

Foto destaque por Prefeitura de Santos

Comentários