logo

Telefone: (11) 3024-9500

5 roteiros de vinho para desfrutar no Chile | Qual Viagem Logo

valle-de-colchahua

5 roteiros de vinho para desfrutar no Chile

23 de novembro de 2017

O Chile é o único país no mundo que possui mais de 200 mil hectares de vinhedos, cultivados com raízes próprias (sem enxertos americanos), livres de Filoxera e outros vírus transmissíveis. Somente no ano passado, mais de um milhão de turistas participaram de alguma atividade relacionada ao vinho no país. A produção da bebida no Chile atinge a marca de cerca de um milhão de litros por ano, sendo o país o quarto maior exportador de vinho. Aqui estão cinco roteiros de vinho imperdíveis no Chile:

Casablanca

Foto por Divulgação / SERNATUR Chile

Foto por Divulgação / SERNATUR Chile

O Valle de Casablanca fica a 50 minutos de Santiago, capital do país. Hoje é um dos vales mais concorridos da região, devido a sua diversificada oferta de vinhos. Casablanca tem uma área de mais de seis mil hectares e se divide em diferentes vales menores, onde se localizam as vinícolas que formam esse roteiro, a maioria aberta ao público. Algumas delas são: Veramonte, Emiliana, Catrala, Viña Mar, Matetic, Indómita, Quintay, Casas del Bosque, Recova Wines e Loma Largae Kingston. Também é possível fazer atividades na Estancia El Cuatro, El Jardín de Cepas, no Restaurante Macerado de Viñamar, House Casa del Vino e no Restaurante Tanino.

Existem tours com duração de meio dia e de um dia, quando se pode visitar os vinhedos, adegas e salas de barris, degustando vinhos e queijos, rodeados pela bela paisagem da região. Também é possível desfrutar de almoços harmonizados e visitar o primeiro museu do vinho de Casablanca. Para quem quiser se hospedar no local, existe opção de hospedagem nas vinícolas Viña Mar e Vina Matetic.

Valle de Colchagua

Foto por Divulgação / SERNATUR Chile

Foto por Divulgação / SERNATUR Chile

Colchagua se localiza a 150 km ao sul de Santiago e se especializou na produção de vinhos tintos premium, como o Cabernet Sauvignon, Carménère e Syrah. Suas bebidas se destacam por sua maturidade, concentração e potência. As vinícolas que oferecem tour em Colchagua são Casa Silva, Koyle, Lapostolle, Los Vascos, Montes, MontGras, Neyen, Santa Cruz, Ventisquero, Viu Manent e Apaltagua. Também é possível passear pelos vinhedos. Além disso, durante a noite há a alternativa de conhecer o astroturismo na região.

O local oferece experiências como a oportunidade de ser enólogo por um dia, podar e colher uvas e até fazer seu próprio vinho. É possível ainda praticar windsurfe, kitesurfe e surfe na costa, ou até fazer trekking nas montanhas Montes. Voar em um balão de ar quente também faz parte dessa proposta, que busca integrar outros destinos da região, como Pichilemu e Matanzas, que inclui roteiros de pesca em San Fernando e casas históricas do século XIX.

Valle de Curicó

Foto por iStock / Renato_Pessanha

Foto por iStock / Renato_Pessanha

Reconhecido como um dos maiores vales vitivinícolas do Chile, o Valle de Curicó conta atualmente com cerca de 25 mil hectares. Esse roteiro permite conhecer diversas vinícolas e adegas com diferentes perfis. Os visitantes podem desfrutar da paisagem em imponentes mirantes, visitar cavas subterrâneas de mais de 100 anos ou casarões de famílias tradicionais. Nesses passeios também é possível saborear deliciosos pratos de comida típica.

Esse vale conta com 12 adegas, que mesclam elegância de adegas boutiques com casas históricas e parques. Entre as opções de vinícolas incluídas nesse roteiro estão: Miguel Torres, Aresti, Alta Cima, Millamán, Correa Albano, Puertas, Valdivieso, Echeverría, San Pedro, Requingua, Folâtre e Las Pitras.

Valle del Maipo

Foto por Divulgação / SERNATUR Chile

Foto por Divulgação / SERNATUR Chile

O Valle del Maipo, a região vinícola mais antiga do Chile, fica a 40 minutos de Santiago. Suas adegas boutique de inspiração francesa lhe renderam o título de “Little Bordeaux”. Esse roteiro oferece tours divertidos que incluem passeios de bicicleta, degustações e uma deliciosa gastronomia. Algumas das vinícolas que se pode visitar são Chocalán, Almaviva, El Principal, Aquitania, Odfjell, La Montaña, Undurraga, Santa Rita, Pérez Cruz, Concha y Toro, Huelquén, Tarapacá, de Martino, Causino Macul e Haras de Pirque.

Valle del Maule

Foto por iStock / ToniFlap

Foto por iStock / ToniFlap

Esse roteiro pelo Valle del Maule começa na pré-cordilheira Maulina, onde estão os vinhos brancos como Sauvignon Blanc, seguindo para o Centro, onde são produzidos incríveis vinhos Cabernet, Merlot e Malbec. Finalmente, a região da serra convida os visitantes a degustarem deliciosos Cabernet Sauvignon, Carménère e Carigñan. Algumas das vinícolas desse roteiro são Corral Victoria, Vía Wines, Aromo, Terra Noble, Casa Donoso e Balduzzi.

Mais informações em: chile.travel

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: Divulgação / SERNATUR Chile

Comentários