logo

Telefone: (11) 3024-9500

5 locais incríveis para ver, fotografar e se apaixonar pelo Monte Fuji | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/DoctorEgg

5 locais incríveis para ver, fotografar e se apaixonar pelo Monte Fuji

25 de fevereiro de 2021

Procurar e encontrar o melhor ângulo para apreciar e fotografar o Monte Fuji pode ser uma tarefa hercúlea para todo e qualquer turista. Afinal de contas, são quase 4.000 metros de altitude e inúmeros locais que possibilitam vistas de tirar o fôlego para uma das maiores representações do Japão como destino. Mas diante de tantas possibilidades, de onde é a melhor vista?

A Quickly Travel, agência de viagens especializada no destino Japão e uma das subdistribuidoras oficiais de ingressos para os Jogos Olímpicos de Tóquio, te dá algumas dicas de locais para ver, fotografar e se apaixonar pelo icônico Fujisan.

Confira:

Chureito Pagoda

Foto por IStock/ lkunl

Foto por IStock/ lkunl

Talvez, nenhum outro local em todo o Japão ofereça uma vista tão bela, rica e genuína quanto o Chureito Pagoda, antigo templo japonês de cinco andares situado no santuário de Arakura Sengen, na cidade de Fujiyoshida. O destino, um dos cartões-postais do país, oferece cenários de rara beleza para os turistas, sobretudo durante a primavera, quando as flores de cerejeiras florescem para dar um toque mais do que especial para a sua foto.

Lago Kawaguchi

Foto por Istock/ NithidPhoto

Foto por Istock/ NithidPhoto

A região dos Cinco Lagos, chamada de Fujigoko pelo japoneses, oferece cenários de tirar o fôlego a partir de qualquer ponto. Mas é no Lago de Kawaguchi onde as melhores vistas para o Monte Fuji podem ser apreciadas. Basta estar na hora e no lugar certo para vislumbrar o raro “Double Diamond Fuji”, que é quando o sol se coloca sobre o cume do Fujisan e reflete no lago…

Tokyo Skytree

Foto por Istock/ Torsakarin

Foto por Istock/ Torsakarin

Embora seja grande, o Monte Fuji está a 100 quilômetros de distância de Tóquio. Por isso, quem quiser contemplar os encantos do Fujisan a partir da capital japonesa poderá recorrer ao deck de observação da Tokyo Skytree, uma das torres mais altas do mundo, com 634 metros de altura. Em um dia de céu aberto e com boa visibilidade, a vista é garantida.

Moto hakone

Foto por Istock/yaophotograph

Foto por Istock/yaophotograph

Reconhecida pela grande variedade de onsens e ryokans, Hakone também é bastante famosa por abrigar uma das vistas mais tradicionais do Japão para o Monte Fuji, na área de Moto Hakone, ao longo da margem sul do Lago Ashinoko. A paisagem abriga a clássica combinação do lago com o Fujisan ao fundo. Simplesmente belíssimo.

Fuji Shibazakura Festival

Foto por Istock/ jiratto

Foto por Istock/ jiratto

Entre os meses de abril e maio, quem tiver a oportunidade de visitar o Fuji Shibazakura Festival, poderá ver de perto mais de 800 mil flores de Shibazakura com o Fujisan ao fundo. A combinação é espetacular e a experiência poderá render fotos incríveis para as redes sociais…

O Monte Fuji

Além de ser considerado o pico mais alto do Japão, com meros 3.776 metros de altitude, o Monte Fuji foi reconhecido pela UNESCO como Patrimônio Cultural, dada a sua importância para a cultura japonesa ao inspirar artistas, poetas e outras formas de arte ao longo dos anos.

Seu valor cultural, aliás, é tão grande para o Japão, que a montanha possui até uma data comemorativa para chamar de sua, no dia 23 de fevereiro. A ocasião foi escolhida por conta da fonética entre a data e o nome: 2-23 = 2 (FUtatsu) + 2 (JI = Ni) + 3 (SAN).

Quando ir?

Não existe viagem ao Japão sem um rápido vislumbre ao Monte Fuji. Mesmo que de longe. Os melhores meses do ano para avistar e contemplar toda a beleza do Fujisan de longe é entre outubro e março, logo pela manhã ou no finalzinho da tarde.

Durante o verão, de junho a setembro, a visibilidade não costuma ser boa, mas é possível escalar a montanha e curtir a vista de uma perspectiva contrária.

Para saber mais sobre os pacotes comercializados pela Quickly Travel, clique aqui ou fale com um representante pelo telefone (11) 2938-4200 ou pelo e-mail: [email protected]

Texto por: Agência com edição Eliria Buso

Foto destaque por Istock/DoctorEgg

Comentários