logo

Telefone: (11) 3024-9500

Valdívia - natureza e história ao sul do Chile | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ nonimatge

Valdívia – natureza e história ao sul do Chile

30 de novembro de 2016

Rios e torres marcam a identidade da impressionante Valdivia, no Chile. A cidade austral mais antiga do mundo conta com uma paisagem de pradarias e bosques sempre verdes que encantam os turistas que a visitam.

Foto por istock/ hbrizard

Foto por istock/ hbrizard

Apesar de não estar entre os destinos mais famosos do país, o lugar tem atrativos que atendem às famílias ou grupos de amigos que estão passando uma temporada pelo sul chileno.

A cidade é a capital da região dos Rios e está cercada por três grandes rios: Valdivia, Calle-Calle e Cau-cau. O Calle Calle, principal rio do destino, é perfeito para um passeio de barco.

No centro da cidade, o Mercado fluvial é parada obrigatória. Principal mercado de Valdivia, nele você poderá encontrar produtos diferentes originários do mar, levados diretamente por lanchas e botes que descem os rios com a mercadoria fresca. Como os vendedores limpam o peixe na hora, é comum ver leões-marinhos e pássaros nos arredores esperando pelas carcaças e vísceras que sobram. Além disso, você encontrará artesanatos, restaurantes e todo o tipo de produtos locais que o tornam único e considerado Monumento Nacional do Chile.

Foto por Istock/ Arun1

Foto por Istock/ Arun1

Não deixe de visitar também a feira de artesanato local, onde é possível encontrar produtos regionais com preços acessíveis.

Para conhecer o bairro histórico, vale visitar as ruas Yungay e General Lagos,  que guardam conjunto de interessantes imóveis do início do século XX, que sobreviveram ao terremoto de 1960 – o abalo sísmico é considerado, até hoje, o maior terremoto do mundo, 9.5 na escala Ricther.

Quando o assunto é cultura, o Museu Historico e Antropologico Maurice van de Maele e o Museu de Arte Contemporânea são os mais indicados. Além disso, o Centro Cultural El Austral, que funciona numa bela construção em estilo germânico da década de 1870, recebe exposições de artistas contemporâneos.

Para uma viagem ao passado, vale a pena visitar as fortificações espanholas que ainda estão preservadas em Valdívia. Surpreenda-se com um dos maiores sistemas de fortes e castelos construídos pelos espanhóis em todo o continente. Visite as construções que até hoje se mantém em pé e permita-se impressionar por este grande sistema de defesa que protegia a zona dos piratas durante os séculos XVII e XVIII.

Não deixe de conhecer os fortes das Ilhas Mancera, Corral e Niebla. Cruze suas instalações e salas de museu para conhecer mais sobre a história deste lugar, e topografia dos antigos canhões que ainda se mantém de pé.

Foto por Istock/ Jorisvo

Foto por Istock/ Jorisvo

E para finalizar um roteiro pela cidade, a dica é visitar a Cervejaria Kunstmann, que produz cerveja artesanal. Por lá, é possível fazer degustações com mais de dez tipos de cerveja ou fazer um tour para conhecer mais sobre a produção da bebida.

Como chegar

Valdivia está a mais de 800 quilômetros de Santiago, portanto, o ideal é voar até a capital e pegar um dos diversos voos diários que seguem até o destino. Saindo do Brasil, a LATAM faz o trecho, com duas paradas.

Onde ficar

Hotel Dreams Valdivia

Hotel Villa del Rio

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Istock/ nonimatge

Comentários