logo

Telefone: (11) 3024-9500

4 dias e 4 hotspots no interior da Inglaterra | Qual Viagem Logo

img_1331-1

4 dias e 4 hotspots no interior da Inglaterra

20 de abril de 2017

Londres, a capital da Inglaterra, já é conhecida por muita gente, mas poucos sabem que logo ali do lado você tem várias cidadezinhas super charmosas que merecem a sua atenção e a sua visita. Então, que tal estender a sua estada na Inglaterra e conhecer um pouquinho dos arredores de Londres?

Preparei aqui um roteiro curtinho de 4 dias com 4 paradas para vocês conhecerem algumas das cidades e dos hotspots mais bacanas que tem na região. Vamos lá?

Eu recomendo que você faça esse roteiro de carro. Aluguei em Londres e fomos dirigindo. Além de facilitar a movimentação de ir e vir, você pode fazer os seus horário, roteiros e parar quantas vezes quiser para tirar fotos e curtir os lugares bacanas que encontrar no caminho. Se você quiser saber como é dirigir na mão inglesa clique aqui. Para alugar o carro, minha maior recomendação é: alugue um carro automático e peça seguro completo (inclusive contra terceiros). Aluguei aqui.

 

Nossa primeira parada é uma cidadezinha fofa cheia de história para contar. Inclusive, muito familiar para os amantes das séries como Vikings que falam muito de Essex. É em Winchester também que você terá a oportunidade de ver a tão famosa “Távola Redonda” do Rei Arthur.

A cidade é uma gracinha e em uma tarde você consegue visitar seus principais pontos turísticos e saber mais sobre a incrível história do lugar. Dica: não deixe de conhecer a catedral. É uma das maiores da Europa e é lindíssima. Para saber mais sobre a cidade, clique aqui.

Onde ficar: Hotel Du VinMercure e Winchester Hotel & Spa.
Onde comer: The Wykham Arms (um pub super tradicional com comida deliciosa) e The Chesil Rectory (ótima pedida para o jantar).

img_8914

img_8950

 

Um dos lugares mais misteriosos do mundo está logo ali do lado e porque não incluí-lo no roteiro no dia em que estivermos indo de Winchester para Bath?! A parada sem dúvidas vale a pena.

O Stonehenge é uma estrutura formada por círculos concêntricos de pedras que chegam a ter cinco metros de altura e a pesar quase cinquenta toneladas. Estima-se que a construção exigiu mais de trinta milhões de horas de trabalho. Apesar dos muitos anos de pesquisa, até hoje, ninguém sabe exatamente como e porque Stonehenge surgiu e foi construída. Um mistério que ainda precisa ser desvendado.

O local fica no meio da estrada e chegar de carro é sem dúvida a melhor opção. Ao chegar você pode comprar seu ingresso (£15.50 para adultos e £9.30 para crianças), visitar um pequeno museu, pegar seu audio guide incluído no valor da tarifa e seguir para ver de fato o monumento. Para saber mais sobre Stonehenge, clique aqui e veja o post completo.

img_8975 img_8996

  • Bath: Terceira parada

Bath é uma cidade do sudoeste de Inglaterra, localizada no Condado de Somerset. É muito conhecida pelas suas termas que provêm de três nascentes. Diz-se que a cidade foi criada devido aos romanos terem descoberto ali uma água com propriedades milagrosas. Na dúvida se elas são milagrosas ou não, a gente experimenta.

Um dia completo na cidade é suficiente para você conhecer os principais pontos, como os banhos romanos, o spa termal, a Ponte Pultney, o Royak Crescent e etc. Se quiser ajuda para conhecer tudo, o free walking tour oferecido é ótimo e super explicativo. Ele sai diariamente, às 10h30 e às 14h, do jardim da abadia. Clique aqui e veja mais sobre Bath.

Onde ficar: The Griffin Inn, Hilton e MacDonald Bath Spa Hotel.
Onde comer: The Raven (um dos pubs mais tradicionais da cidade, que serve as melhores tortas) e Clayston Kitchen (restaurante de comida moderninha na George Street).

img_9026 img_1287

 

 

  • York: Quarta e última parada

York foi a cidade que eu mais gostei no interior da Inglaterra. É pequenininha, cheia de história e estilo. Sua catedral imponente chama atenção no meio dos prédios baixos. As muralhas que cercavam a cidade no passado ainda existem e são um passeio super bacana por lá. Aliás, o que não falta na cidade são boas opções de passeios.

O Shambles, por exemplo, é uma ruazinha fofa cheia de comércio e restaurantes que não pode ficar de fora do seu roteiro. Mas se você é do tipo que curte mais história pode conhecer a Clifford Tower e o York Castle Museum. Dois pontos super interessantes na cidade que vão te mostrar e contar tudo sobre a história da Inglaterra e claro, da cidade de York. Para saber mais clique aqui.

Onde ficar: Indigo Hotel, Monkbar e The Grand Hotel and Spa.
Onde comer: The Old White Swan, House of  Trembling Madness (dois pubs imperdíveis) e Blue Bicyclete (restaurante francês gostoso e refinado).

img_9081

 

 

Agora é hora de voltar para Londres ou seguir viagem. Qual seu plano?
Espero que esse post tenha ajudado vocês a reprogramar seus dias na Inglaterra, e claro, aproveitar muito essas cidadezinhas deliciosas do roteiro.

 

Nathalia Tosto
Follow me!

Nathalia Tosto

Nathalia Tosto é jornalista, consultora de viagens e autora do blog Coisas que Amamos (www.coisasqueamamos.com), do Instagram e Facebook de mesmo nome.

Já esteve em mais de 40 países e, em seu blog e redes sociais, costuma dividir suas experiências de viagem, dicas, fotos e vídeos.

Trabalha como jornalista além de utilizar sua experiência em viagens elaborando roteiros personalizados e consultorias de viagens para outros viajantes.
Nathalia Tosto
Follow me!

Últimos posts por Nathalia Tosto (exibir todos)

Comentários