logo

Telefone: (11) 3024-9500

10 atrativos de Belo Horizonte interessantes por demais, sô! | Qual Viagem Logo

800px-Belo_Horizonte_(2) Marcus Desimoni Portal da Copa via Commons Wikimedia

10 atrativos de Belo Horizonte interessantes por demais, sô!

14 de janeiro de 2016

Um olho na modernidade, outro na tradição. Um pé na tranquilidade, outro na boemia. Um passo no asfalto outro na estrada de terra. Metrópole que mistura modernidade e hábitos de cidade do interior, Belo Horizonte é famosa por sua hospitalidade. As pessoas adoram sair, conhecer gente nova, receber bem. E a capital brasileira dos botecos tem opções para todos os gostos e bolsos; Boa vida noturna, lindas praças, ótimos museus e em sua volta belas cidades históricas para completar o seu passeio. Confira 10 motivos para visitar a linda e planejada capital mineira.

1- Pampulha

Foto via Flickr Cristiano Maia

Foto via Flickr Cristiano Maia

O complexo arquitetônico Pampulha, formado pela Igreja de São Francisco de Assis, Museu de Arte Moderna (antigo Cassino), Casa do Baile e Iate Tênis Clube, foi construído na década de 40 e contou com participação de verdadeiros artistas brasileiros. O projeto de cada um dos prédios ficou a cargo do mestre Oscar Niemeyer. O paisagismo foi assinado por Roberto Burle Marx. Os painéis coloridos são obras de Candido Portinari. O Conjunto, que emoldura a bela lagoa da Pampulha, é tombado pelo Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Caminhar lentamente ao redor da lagoa é uma excelente pedida.

2- Praça Sete

Foto por Bernardo Gouvêa via Commons Wikimedia

Foto por Bernardo Gouvêa via Commons Wikimedia

Conhecida como o coração de BH, a Praça Sete de Setembro, é o Marco Zero da cidade e fica no cruzamento das duas principais avenidas: Afonso Pena e Amazonas. Para reconhecê-la, é muito fácil: basta achar o obelisco de granito conhecido como Pirulito, que homenageia a Independência do Brasil e fica bem ao centro. O local é também ponto de manifestações políticas e comemoração tradicional da conquista de times de futebol da cidade.

3- Parque das Mangabeiras

Foto por Divasataxxx via Commons Wikimedia

Foto por Divasataxxx via Commons Wikimedia

Outro projeto do paisagista Roberto Burle Marx, o local é um dos maiores parques urbanos da América Latina. Em números: são 28 espécies de mamíferos, 160 de aves, 20 de répteis e 19 de anfíbios, e 2,8 milhões de m² totais de terreno. Entrada gratuíta.

4- Mercado Central

Foto via Flickr Flávia Costa

Foto via Flickr Flávia Costa

O Mercado Central era chamado antigamente, desde que fora criado, em 1929, de Mercado Municipal de Belo Horizonte. O nome, no entanto, não muda a grande função que é a oferta de produtos variados e de qualidade. Lá, encontram-se o tradicional pão-de-queijo mineiro, diversos tipos de queijo, cachaça, pimenta, objetos de artesanato, frutas, artesanato e boas lembranças para levar para familiares e amigos.: www.mercadocentral. com.br

5- Circuito Praça da Liberdade

Foto via Flickr Leo Quintino

Foto via Flickr Leo Quintino

Sempre é indicado pelos habitantes locais como a melhor maneira de se conhecer o centro histórico da capital mineira. A Praça, construída no ponto mais alto da cidade, à época em que foi fundada (1895-1897), abrigava a sede do poder. Da famosa Avenida João Pinheiro, seguindo em linha reta, tem-se a visão do Palácio do Governador. Hoje, cada prédio da redondeza que antes era usado por alguma Secretaria de Estado, é um espaço cultural aberto à visitação, como museus e o planetário. A Praça da Liberdade fica entre as ruas Gonçalves Dias e Avenida Brasil

6- Feira de artes e Parque Municipal

Foto via Flickr Raphael Martins

Foto via Flickr Raphael Martins

Aos domingos a Av. Afonso Pena, uma das mais movimentadas da cidade, tem uma parte fechada para receber a famosa  “Feira de Artes e Artesanatos ”. Ela começou na Praça da Liberdade, com poucos artistas que se reuniam pra vender seus artesanatos. Em 1991 foi transferida para a Av. Afonso Pena, onde acontece até hoje com mais de 2.500 expositores. Os expositores chegam de madrugada para montar as barracas e a partir das 06h já é possível encontrar turistas no local. Para andar por toda a feira é aconselhável  ir cedo, quando o sol não está tão forte e a feira está mais vazia. Na imensidão de barraquinhas é possível encontrar roupas,  sapatos, bolsas, bijuterias, móveis para casa, comida, quadros e objetos de arte, artesanato, brinquedos, tapeçaria e até mesmo apresentações artísticas como capoeira e forró.

O Parque Municipal Américo Renné Giannetti, que fica no meio da cidade com mais de 50 espécies de árvores diferentes. Local ideal para as crianças, pois além da natureza, abriga um enorme parque de diversões e um teatro.

7- Praça do Papa

Foto por Marina Campos Vinhal via Commons Wikimedia

Foto por Marina Campos Vinhal via Commons Wikimedia

Saindo um pouco do centro, vale visitar a região do bairro Mangabeiras em Belo Horizonte, onde fica a Praça Israel Pinheiro, que todo mundo chama de Praça do Papa. O lugar ganhou esse nome depois que o Papa João Paulo II veio a Beagá e celebrou uma missa de lá, em 1980. Depois desse dia, foi erguida uma enorme cruz na praça e ela perdeu seu nome original. Dela dá pra ver a cidade toda, pois esse bairro é bem alto, fica no pé da serra. Depois da praça vale seguir até o Mirante do Mangabeiras, de onde se tem uma visão ainda mais legal de toda a cidade.

Dê uma paradinha na Rua do Amendoim (Rua Professor Otávio Coelho Magalhães) que tem uma curiosidade muito legal. Ao desligar o motor do carro no início da rua, que é uma subidinha, o carro continua subindo, misteriosamente. Vale a pena conferir!

8 – Degustar a boa comida mineira

Foto via Flickr André Schirm

Foto via Flickr André Schirm

A comida mineira é conhecida por todo o Brasil por suas receitas saborosas e delicosos quitutes. Talvez seja uma das culinárias mais ricas desse país. Se você gosta de provar sabores típicos, não pode deixar de experimentar o feijão tropeiro, o frango com quiabo, o orapronobis (uma folha verde muito nutritiva), frango ao molho pardo, tutu, torresmo e um legítimo pão de queijo, claro!

Existem diversos restaurantes de comida mineira em BH que vão te deixar com água na boca, mas indicamos dois bem legais e com ótimos preços:

Sabor e rusticidade no Xapuri – Funcionando desde 1987,  é um dos restaurantes tradicionais da região da Pampulha. O ambiente parece uma fazenda, bem rústico, com muito verde, atrações para crianças e até uma hípica.  Tem uma fábrica de linguiças e de doces, além de uma lojinha de artesanato.

Chalé Mineino – É um restaurante bastante rústico e simples. No entanto fica mais próximo do centro e trabalha com sistema de comida a quilo. Nele é possível encontrar todo tipo de comida mineira e doces em compotas e cristalizados a base de frutas e leite.

9 – Visitar bons botecos

Foto via Flickr embarqbrasil

Foto via Flickr embarqbrasil

Belo Horizonte pode ser considerada a Capital Mundial dos Botecos. A capital mineira tem quase um bar em cada esquina pelo menos!

Para os mais alternativos, a sugestão é ir para o bairro de Santa Tereza, região Boêmia da cidade, onde ficam bares mais “cults”, que atraem artistas locais. Lá teve teve inicio o Clube da Esquina, o Sepultura e o Skank.  O Bolão é um dos restaurantes mais famosos da cidade por ficar aberto 24horas e ser parada obrigatória no final da balada, para recarregar as energias. Experimente o “Rochedão” um prato feito ou seu tradicional macarrão.

O bairro da Savassi é outra região que atrai muita gente atrás de uma noite divertida. Com muitas opções de bares de vários estilos, basta dar uma passeada na região para encontrar botecos de todos os gostos, podemos destacar o  “Bar do João”. Já no bairro de Lourdes, os bares são mais requintados ,como o o Albanos, onde se pode tomar um bom chopp e experimentar petiscos deliciosos  e o Ti Zé, que tem calçadas na rua e lota completamente nos finais de semana.

10 –  Hotéis da Rede Bristol

48686038 Belo Horizonte

Divulgação

Para conhecer as atrações de BH é importante se hospedar alguns dias por lá. E para uma estadia confortável na cidade recomendamos uma das sete unidades da rede Bristol. Os hotéis têm boa localização na capital mineira, além de oferecerem tarifas acessíveis. Para conhecer cada um dos hotéis e escolher o seu, acesse: alliahotels.com.br

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque por Marcus Desimoni/Portal da Copa via Commons Wikimedia

Comentários