logo

Telefone: (11) 3024-9500

No Japão, Ilha de Miyajima tem templo flutuante | Qual Viagem Logo

Hiroshima, Japan - December 3, 2015: The Floating Tori Gate of Itsukushima Shrine off the coast of Miyajima Island. The shrine dates from the mid-16th century.

No Japão, Ilha de Miyajima tem templo flutuante

26 de maio de 2017

Conhecida como Ilha Santuário, Miyajima é conhecida por seu templo flutuante e pelo grande torii, portal típico japonês, que fica envolto pelo mar durante a maré alta. A ilha, também chamada pelo nome de Itsukushima, faz parte da cidade de Hatsukaichi, localizada bem ao lado de Hiroshima, no Japão.

Foto por iStock / ncousla

Foto por iStock / ncousla

Miyajima é quase toda coberta por montanhas e muito verde, com exceção do vilarejo de mesmo nome. Considerado um destino sagrado do xintoísmo, ali está um dos visuais de maior beleza cênica do Japão: o Templo de Itsukushima. Construído no século XII em estacas sobre as águas da Baía de Hiroshima, é reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Foto por iStock / junce

Foto por iStock / junce

Por ser um santuário xintoísta, possui um portal (torii) para marcar a entrada. Além do tamanho (quase 17 metros de altura), o que o torna tão único é o fato de ele estar também sobre a água, a 150 metros de Miyajima. Quando a maré está baixa, é possível caminhar pela areia até o torii. Mas quando a água sobe, a visão é ainda mais bonita – o portal parece flutuar.

istock-599978950

Foto por iStock / H_Yasui

Outro ponto famoso da ilha é o Monte Misen, ponto mais alto de Miyajima, com 530 metros. Para chegar ao topo, há um teleférico e também várias trilhas em meio à floresta. Na encosta do monte, está o templo budista Daisho-in. Visite também os templos de Senjokaku e Gojunoto, famoso pagode de cinco telhados.

Foto por iStock / H_Yasui

Foto por iStock / H_Yasui

Na primavera, as cerejeiras em flor decoram a ilha. Já no outono, as folhas das árvores ganham um lindo tom de vermelho. Uma característica de Miyajima é que há vários cervos, considerados mensageiros sagrados no xintoísmo, que circulam livremente pela ilha. Outra curiosidade é que os monumentos ali, mesmo tão próximos de Hiroshima, se mantiveram intactos depois da bomba atômica. É mais um motivo para provar que Miyajima é a ilha dos deuses.

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / SeanPavonePhoto

Comentários