logo

Telefone: (11) 3024-9500

Como viver como um local durante uma visita ao Caribe | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ valio84sl

Como viver como um local durante uma visita ao Caribe

9 de abril de 2018

Para milhões de pessoas ao redor do mundo, o Caribe é um destino de sonho, porque além da ideia de se tornar um milionário e comprar uma ilha privada para onde escapar, o estilo de vida do Caribe é incomparável.

Foto por 1iz.net

Foto por 1iz.net

Um paraíso terrestre cheio de águas azul-turquesa, praias de areia que parecem como a cana-de-açúcar, o melhor rum do mundo, a luz do sol em abundância, bem como comida típica deliciosa e frutas frescas durante todo o ano, é fácil entender porque ano trás ano milhões de turistas viajam para o Caribe e querem fazer dessas praias quentes sua casa permanente. É precisamente com base neste desejo e os conselhos dos locais, que segue a guia de como viver como um local durante uma visita ao Caribe.

Alojamento: Vivendo como um Caribenho

Para viver como um local no Caribe, o que se precisa fazer é ficar longe de hotéis e entrar para viver com famílias locais, que sempre acolhem os visitantes com calor e um grande sorriso. Existem ilhas como a Antígua e Barbuda que são das menos conhecidas pelos turistas e oferecem destinações exuberantes e ilhas quase virgens para explorar com os locais. Há plataformas como AirBnb que permitem aos viajantes de todo o mundo procurar por alojamento privado e viver com os seus anfitriões, Além disso, eles também dão opções para alugar casas e apartamentos para aqueles que procuram um pouco mais de privacidade durante as suas férias, mas ainda querem sentir profundamente a cultura local. O preço médio de uma noite no Caribe é de cerca de 300 reais num hotel de luxo, e é muito comum encontrar quartos em casas com famílias locais em torno de 30 ou 40 reais.

Jogos e entretenimento do Caribe

O Mar do Caribe e seu clima maravilhoso durante a maior parte do ano tornam os destinos caribenhos lugares perfeitos para a prática de esportes ao ar livre para os habitantes locais, e por causa disso, dentro das ilhas do Caribe, os esportes e jogos tradicionais estão sempre na ordem do dia. Em lugares como a República Dominicana, o esporte nacional é o beisebol que foi importado pelos cubanos no final dos anos 1880, e é muito comum encontrar campos ao redor da ilha dos quais surgiram 4 MVPs da Major League Baseball dos Estados Unidos (Albert Pujols (2005, 2008, 2009); Vladimir Guerrero (2004); Miguel Tejada (2002) e Sammy Sosa (1998).

Por outro lado, em lugares como Barbados, o esporte nacional é o críquete e os locais cheiam o estádio Kensington Oval (que tem sido a sede da Copa Mundial do Críquete em 2007) toda vez que há uma partida da liga local ou uma competição internacional e desfrutando da comida e bebida que abundam neste tipo de eventos.

Para as temporadas onde o tempo não é o mais adequado para sair, há jogos tradicionais do Caribe, como o Kalooki, que é muito popular na Jamaica e é um jogo de cartas muito semelhante ao rummy. Além disso, o Caribbean Stud Poker é uma forma de pôquer que é jogada contra o cassino e não contra os outros jogadores que se tornou tão popular que até tem uma versão online casino, com possibilidade de jogar ao vivo. Por seu turno, o jogo dominó é um dos mais históricos e tradicionais do Caribe e devido ao fato de que parece que o tempo passa mais devagar no perto do mar, muitas pessoas saem para as ruas para jogar dominó com os seus amigos por muitas horas por causa do quanto amam o jogo.

Foto por nbcnews.com

Foto por nbcnews.com

A melhor comida e bebida local

O Caribe é conhecido mundialmente pelo rum e em lugares como Barbados, que é o berço desta bebida, é possível encontrar algumas das melhores ofertas para beber como um local e desfrutar ao mesmo tempo de uma excelente comida local. Ao redor da ilha existem várias lojas de rum que são facilmente identificáveis por ter cores marcantes em suas fachadas e ter cadeiras e guarda-sóis em seus terraços ao ar livre. Dentro deles é possível comprar itens de mercearia básica, para cozinhar em casa, mas também oferecem pratos tradicionais que contêm ingredientes como frutos do mar, frango, arroz, inhame, mandioca, peixe, milho, banana e frutas exóticas que dão lugar a suculentos pratos como o Fufu (tradicional do Haiti), Akee (tradicional da Jamaica) ou Calalu (tradicional de Cuba). Devido a opções como as anteriores, muitas pessoas de todo o mundo consideram a comida caribenha como uma delícia gastronômica que pode ser saboreada na praia, enquanto se observa o sol se pôr no mar. Os preços para uma refeição completa em um restaurante na Jamaica ou na República Dominicana são de cerca de 15 reais, enquanto nas Bahamas e Barbados o preço circula a 50 reais.

Foto por pinterest.com

Foto por pinterest.com

Com os seus vários destinos para explorar, esportes para praticar, e comida para alimentar a alma, o Caribe oferece opções para todos. Desde testemunhar o nascimento das tartarugas marinhas no México, dançar bachata em Porto Rico, velejar nas Ilhas Virgens Britânicas, pescar nas Bahamas ou aprender de história e cultura em Cuba; o Caribe sempre tem a opção de satisfazer os gostos dos seus visitantes, alem de oferecer muitas opções para aqueles que gostariam de ficar por mais tempo, e uma delas é fazendo trabalho voluntário, que também são úteis para ajudar os locais que mais precisam.

Texto por: Agência com edição

Foto destaque por Istock/ valio84sl

Comentários