logo

Telefone: (11) 3024-9500

8 lugares para descobrir o Peru milenar | Qual Viagem Logo

Machu Picchu, a UNESCO World Heritage Site in 1983. One of the New Seven Wonders of the World.

8 lugares para descobrir o Peru milenar

11 de abril de 2017

Entre sítios arqueológicos e ruínas de antigas cidades, o Peru está repleto de tesouros históricos que datam de muitos séculos atrás. São dezenas de vestígios de culturas passadas, dos poderosos incas à primeira civilização da América. Visitar esses locais é uma das melhores experiências de viagens que se pode ter no país. Por isso, separamos abaixo oito destinos que revelam o Peru milenar:

Machu Picchu

machu picchu

Foto por iStock / ninitta

Considerado um dos destinos turísticos mais imperdíveis do mundo, Machu Picchu guarda um cenário simplesmente de tirar o fôlego. Erguida no topo de uma montanha a 2.500 metros de altitude, essa cidade inca do século XV possui templos, terraços e canais de água.

Chan Chan

Remains of the historic city of Chan Chan near Trujillo in Peru. The city was the capital of the Chimu Kingdom which reached its apogee in the 15th Century. It is a UNESCO World Heritage Site.

Foto por iStock / JeremyRichards

Na cidade de Trujillo, Chan Chan foi uma grande cidade construída com barro na era pré-colombiana. Com cidadelas cercadas por muros, estátuas, pirâmides e canais, esse complexo chegou a abrigar cem mil pessoas no seu auge e foi a capital do reino Chimú.

Caral

istock-505913773

Foto por iStock / capessot

A cidade sagrada de Caral era o lar da primeira civilização da América, tão antiga quanto as do Egito e da Mesopotâmia – surgiu há cinco mil anos. Possui ruínas de pirâmides, praças e residências. Fica a quase 200 km ao norte de Lima.

Kuelap

fortaleza-kuelap_2_foto-daniel-silva-promperu-1024x682

Foto por Daniel Silva / PROMPERÚ

No norte do país, na região do Amazonas, a fortaleza de Kuelap foi construída no século XI pelos Chacapoyas. Por ter mais de 700 estruturas de arquitetura complexa e estar no topo de uma montanha, Kuelap também é chamada de “a segunda Machu Picchu”.

Nazca

istock-91647415

Foto por iStock / jarnogz

Em pleno deserto de Ica, está o mais importante vestígio da cultura Nazca, as linhas e os geóglifos de Nazca. São dezenas de figuras de seres antropomorfos e animais, como uma aranha e um condor, com comprimentos que vão de 50 a 300 metros, vistas claramente apenas do alto. Cercadas de mistério, sobreviveram à ação do tempo por quase dois mil anos.

Choquequirao

choquequirao-2-gihan-tubbeh-promperu-divulgacao-1024x682

Foto por Gihan Tubbeh / PROMPERÚ / Divulgação

A poucos quilômetros de Machu Picchu, Choquequirao guarda ruínas incas a três mil metros de altitude, em uma área que se estima ser três vezes maior que a de seu vizinho famoso. Cercada de muito verde e repleta de construções como terraços e praças, Choquequirao data do século XV e ainda é pouco conhecida entre os turistas.

Chavín

Ruined pre-incan temple at Chavin de Huantar in central Peru

Foto por iStock / DC_Colombia

Em Ancash fica o antigo povoado Chavín de Huantar, pertencente à cultura pré-inca Chavín, que viveu há cerca de três mil anos. Encontrava-se ali um importante oráculo, onde as pessoas buscavam respostas e deixavam oferendas aos deuses. Há templos, pirâmides, praças e rostos entalhados em pedra.

Cusco

The Temple of the Sun monument, Iglesia Santo Domingo church and El Temple del Coricancha

Foto por iStock / nok6716

Antiga capital do Império Inca, Cusco é um lugar único no mundo por sua história e arquitetura. Os conquistadores espanhóis ergueram sobre as construções incas suas igrejas, conventos e casas. Até hoje, Cusco preserva essa mistura entre duas culturas tão diferentes. Nos arredores, é possível encontrar sítios arqueológicos, como o de Sacsayhuamán.

Mais informações em: peru.travel

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / saiko3p

Comentários