logo

Telefone: (11) 3024-9500

5 lugares para visitar na região de Ica, no Peru | Qual Viagem Logo

istock-185972321

5 lugares para visitar na região de Ica, no Peru

11 de maio de 2017

Localizada a 180 km ao sul da capital Lima, a região de Ica guarda ótimas atrações turísticas, tanto naturais quanto culturais e históricas. São opções que transformam o Circuito Sul do Peru em um conjunto de destinos e atrativos imperdível para qualquer turista que decida visitar o país. Confira:

Reserva Nacional de Paracas

030086_300

Foto por Divulgação / PROMPERÚ

A Baía de Paracas, que forma parte da Reserva Nacional de Paracas, é um lugar ideal para a prática de esportes aquáticos, como o winkdsurf e kitesurf. As praias, margeadas por belas falésias, são cheias de vida e são habitat de milhões de aves provenientes do norte e do sul do continente. O lugar também é uma excelente alternativa para os ciclistas que querem medir suas forças nas dunas, cruzando caminhos à beira de penhascos do deserto. Combinação perfeita de exercício físico intenso com a paixão por grandes paisagens naturais. Paracas também se destaca por ter uma oferta hoteleira de alto nível com hotéis de 5 e 4 estrelas, que oferecem todas as comodidades e uma excelente gastronomia regional com influência africana.

Ica

tourists with dune buggies in the peruvian coast at Ica Peru

Foto por iStock / OSTILL

Continuando 75 km mais ao sul, chega-se ao centro da cidade de Ica, “terra do sol e dos grandes vinhedos”. Aos arredores da cidade se encontram as melhores vinícolas do país, as mesmas que dão origem às marcas mais famosas de vinho e do pisco, a bebida emblemática de bandeira peruana. As vinícolas oferecem passeios pelas suas instalações, explicam e fazem degustação de pisco. Também é possível almoçar enquanto se assiste a uma típica apresentação de Cavalos de Paso Peruanos, bem como do alegre Festejo (danças afro-peruanas).

Oásis de Huacachina

oasis-de-huacachina_marco-garro_promperu

Foto por Marco Garro / PROMPERÚ

Além de ser um importante ponto de parada para aqueles que querem fazer a “Rota do Pisco”, Ica esconde, a apenas 5 km do seu centro, o Oásis de Huacachina. Hoje convertido em um grande atrativo e importante centro de recreação para toda a família, o oásis conta com hotéis confortáveis, e dali é possível praticar alguns dos esportes favoritos dos visitantes: uma combinação de passeios em veículos apropriados para areia e a prática de sandboard. Diversão garantida para jovens e adultos, os passeios pelas dunas podem ser realizados com mais adrenalina ou mais tranquilidade, bastando combinar antes com o motorista do buggy.

Linhas de Nasca

renzo-uccelli

Foto por RENZO UCCELLI

A apenas duas horas de Ica estão as Linhas de Nasca, chamadas assim desde a sua descoberta, em 1927. São os traços mais surpreendentes e misteriosos deixados por uma cultura que data de 300 anos antes da era cristã. O resultado de seus complexos desenhos e traçados, alguns de quase 300 metros de comprimento, são admirados e valorizados até hoje, tornando-se um dos principais destinos turísticos do Peru. Para aqueles que querem fazer este passeio monumental é possível ainda embarcar em pequenos aviões que sobrevoam a área, dando acesso a todas as figuras, ou de pontos de observação estrategicamente localizados, permitindo a visualização de vários desenhos.

Aquedutos de Cantayoc

Wells constructions and part of elaborate underground aqueduct system made by the people of Nazca at 400/500 AD, Nazca Desert in southern Peru.

Foto por iStock / Zaharov

Perto das Linhas de Nasca encontram-se outras notáveis obras ​​da cultura milenar do Peru: os aquedutos de Cantayoc, uma extensa rede de canais subterrâneos e reservatórios, e o centro cerimonial de Cahuachi. O lugar é composto por seis conjuntos arquitetônicos que estão localizados sobre colinas rochosas em uma área de 25 hectares. Sua principal construção é uma pirâmide de adobe de 20 metros de altura e 100 metros de comprimento colada a uma colina. Complementam o lugar várias praças cerimoniais e cemitérios onde foram encontradas inúmeras peças de cerâmica.

Mais informações em: peru.travel

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / tr3gi

Comentários