logo

Telefone: (11) 3024-9500

4 lugares incríveis para quem ama fotografar | Qual Viagem Logo

18632391933_6709e7b23f_k

4 lugares incríveis para quem ama fotografar

11 de janeiro de 2016

Tirar fotos faz parte de qualquer viagem. Elas são um registro do passeio e também servem de boas recordações, principalmente quando envolve um cenário paradisíaco ou misterioso, como Machu Picchu, Cancún, Whistler e Barcelona. Vale (muito!) a pena fazer “aquela” fotografia! Confira os destinos e suas atrações para você fotografar até cansar:

Machu Picchu: cliques misteriosos

Foto via Flickr David Stanley

Foto via Flickr David Stanley

O sítio arqueológico é um dos destinos mais fascinantes do mundo. Localizado no Peru, na faixa de transição da Cordilheira dos Andes com a Amazônia, foi construído pelos incas há cerca de 600 anos e tornou-se Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco em 1983.

Visitar a cidade perdida é um convite a belas paisagens e, claro, sempre rende boas fotos. Uma delas fica na Porta do Sol, resultado de uma caminhada pela Trilha Inca. Desse ponto é possível ver os primeiros raios de sol que iluminam Machu Picchu. Um espetáculo! Na parte alta da cidade está uma das vistas mais incríveis do santuário. Ao fundo, a montanha Wayna Picchu divide o cenário com as nuvens, o barulho das corredeiras do rio Urubamba e as ruínas incas. Como foram erguidas e cortadas aquelas rochas gigantescas? Essa é uma das belezas que cercam a misteriosa Machu Picchu. Capriche nos cliques.

À procura de um novo ângulo? Com o acompanhamento de um guia chega-se à Putucusi, que na língua quéchua significa “montanha feliz”. Mas alto lá: são três horas de caminhada. Trata-se de um Apus, montanhas sagradas no entorno da cidade. Com sorte verá um arco-íris.

Cancún: fotos naturais!

Foto via Flickr dronepicr

Foto via Flickr dronepicr

Cancún é o nome do destino turístico mais visitado do México, mas pode chamá-lo de paraíso se preferir. Parte da cidade é banhada pela água tom azul turquesa do Mar do Caribe, onde está a Zona Hoteleira. Ali, a todo momento visitantes tiram fotos admirados pela beleza local.

A apenas uma hora de carro de Cancún está o parque Xcaret. A entrada custa em média de US$ 130 (R$ 500), e inclui uma refeição e diversos passeios. Um deles é o mergulho pelos rios subterrâneos, iluminados por fendas na parte superior. Com a câmera adequada, prepara-se para fazer fotos inesquecíveis ali e, sem modéstia, em tantas outras áreas do parque. Além disso, é possível assistir ao show que conta a história do México

Também visite o sítio arqueológico Tulum, a 130 quilômetros de Cancún (na mesma direção do Xcaret), uma rara cidade construída pelos Maias. As melhores fotos ficam garantidas na parte em que as ruínas encontram o mar. Há ainda uma escada que permite entrar na água.

Whistler: no inverno ou verão

Foto por John Johnston via Commons Wikimedia

Foto por John Johnston via Commons Wikimedia

Seja no verão ou inverno, há sempre o que ver e fazer em Whistler. Localizado ao norte de Vancouver, no Canadá, o cenário é formado por duas montanhas majestosas onde se destacam a prática de esqui, snowboarding e os passeios de snowmobile (no inverno).

Para ter um panorama geral da região, pegue a gôndola Peak 2 Peak. Com 3 quilômetros de extensão, brinda o visitante com uma vista aérea de Whistler. Com certeza, um dos melhores lugares para se tirar fotos! Outra atração, digna de cliques, é o Lost Lake que, como o próprio nome diz, é um lago “perdido”, escondido entre as árvores. A caminhada até o local já vale a pena pelo visual no entrono, então, reserve um tempinho para conhecer esse presente da natureza.

A caminhada pelas montanhas é recomendada no verão (junho-agosto), de onde pode-se ver os tradicionais pinheiros, caminhos de rios, o colorido das flores e, claro, a neve que restou no pico das montanhas. Excelente local para guardar uma recordação.

Barcelona: gênios da arquitetura

Divulgação

Divulgação

Na cidade onde os arquitetos Gaudí e Domènech i Montaner deixaram suas marcas, o clique está garantido sem importar o lado que a câmera aponta. A começar pelo Parc Güell, construído entre 1900 e 1914 por Gaudí, considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1984. Com certeza, um dos melhores lugares para fotografar Barcelona.

Mesmo ainda sem ser finalizada, a Basílica da Sagrada Família vale algumas (muitas) fotos. Uma dica para a foto externa: vá até a Plaza Gaudí, ao lado do monumento. Aproveite o lago e as árvores do local para construir um cenário diferente com a basílica. A Vila Olímpica, hoje um condomínio residencial, fica ao lado da praia. Se vale uma foto? Sim, mas caso não fique satisfeito, a poucos minutos está o Arco de Triunfo, inaugurado em 1888, além bares, restaurantes e casas noturnas.

Texto com informações: Royal Holiday

Foto destaque via Flickr F. Ermert

Comentários