logo

Telefone: (11) 3024-9500

Seis coisas para ver ou fazer nas Dolomitas, nos Alpes italianos | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ Haidamac

Seis coisas para ver ou fazer nas Dolomitas, nos Alpes italianos

25 de junho de 2019

Se você está procurando por aventura, relaxamento ou história, as Dolomitas, no nordeste da Itália, oferece tudo isso. Parte dos Alpes italianos, as montanhas que parecem empalhadas à mão são repletas de atrações turísticas populares na Europa, como montanhismo, esquiagem, escalagem e ciclismo. No outono e no verão, ainda há quem compre passagens aéreas para a região em busca de bump jumping, enquanto no inverno as atividades mais procuradas estão relacionadas com a neve — esqui e uma espécie de cross ciclismo.

A seguir, Qual Viagem indica seis coisas para se ver ou fazer nas Dolomitas italianas:

Via Ferrata

Foto por IStock/ MonikM

Foto por IStock/ MonikM

De todas as atrações das Dolomitas, a Via Ferrata, ou “caminhos de ferro”, talvez seja a mais incomum. Originalmente construídos durante a Segunda Guerra Mundial para ajudar as tropas a se movimentar pelas montanhas, essas estruturas foram restauradas e expandidas depois do conflito mundial. Cordas e degraus de madeira foram substituídas por cabos de aço, escadas de ferro e de metal que agora oferecem acessos seguros — e vistas maravilhosas — para os alpinistas iniciantes.

Tre Cime di Lavaredo

Foto por Istock/ a_Taiga

Foto por Istock/ a_Taiga

Uma vista espetacular também pode ser encontrada na Tre Cime di Lavaredo, ou “Três picos de Lavaredo”. A cordilheira possui uma trilha que pode ser vencida em apenas uma hora e tem uma das vistas mais bonitas de todas as Dolomitas — ideal para quem tem tempo para apenas uma caminhada na região.

Cortina D’Ampezzo

Foto por Istock/ DaLiu

Foto por Istock/ DaLiu

Cortina D’Ampezzo, na província de Belluno, é uma cidade milenar italiana no coração dos Alpes. O vilarejo manteve suas características elitistas de quando era um destino luxuoso de turismo, no século XIX. A mistura de visitantes e das montanhas das Dolomitas faz da pequena cidade uma combinação única de beleza natural e charme europeu.

Lago di Braies

Foto por Istock/ RobertBreitpaul

Foto por Istock/ RobertBreitpaul

Se você é apaixonado por lagos, é imprescindível visitar o maior lago das Dolomitas, o Braies, que fica coberto de neve no inverno. Suas águas azuis-turquesas — que ficam verdes no verão — brilham nos dias de sol, algo só comparável com o Lac d’Annecy, na França.

Livinallongo del Col di Lana

Foto por Istock/ Tanja_G

Foto por Istock/ Tanja_G

Outra cidade da província de Belluno, Livinallongo del Col di Lana oferece atividades de montanhismo e de pesca no verão e de esqui no inverno. Trincheiras da Primeira Guerra Mundial, ruínas de fortes, barricadas, túneis e equipamentos que contam a história do conflito, além de um belo museu, fazem parte da visita à pequena cidade.

Lago di Cadore

Foto por IStock/ StevanZZ

Foto por IStock/ StevanZZ

O maior lago natural de Cadore, o Misurina, é conhecido pelo ar limpo que promove, que já foi até prognosticado para pessoas com problemas respiratórios. Em 1956, nas Olimpíadas de Inverno sediadas ali, o lago foi palco da modalidade de esqui.

Foto destaque por Istock/ Haidamac

Comentários