logo

Telefone: (11) 3024-9500

O que esperar do Natal nos Estados Unidos | Qual Viagem Logo

Natal nos Estados Unidos

O que esperar do Natal nos Estados Unidos

23 de dezembro de 2016

Nos Estados Unidos, parece que é Natal durante todo o mês de dezembro. Não só o comércio ganha força, mas também, quase todas as atrações turísticas lançam alguma novidade. E as tradições sempre encantam americanos e visitantes.

Nova York fica mais linda do que nunca! Este post da Qual Viagem resume bem. A capital do país, Washington DC, não fica muito atrás. As árvores de Natal da Casa Branca e do Capitólio se transformam nos principais símbolos da cidade. E em Las Vegas, claro, tudo vira festa. Este ano a novidade é o Winter Parq, na esplanada do The Linq (onde fica aquela roda-gigante enorme). Todas as noites há shows de luzes e entretenimento.

Natal na Linq Promenade

Ceremônia de inauguração da árvore de Natal do Linq Promenade em Las Vegas | Foto: LVCVA

Mas além das decorações e eventos mais conhecidos, você sabe quais são as principais tradições de Natal por aqui? Independentemente de cidade ou estado, ao longo de vários anos morando no país, percebi que estes 6 itens que destaquei abaixo são bem comuns de leste a oeste, e de norte a sul:

1. Casas com luzes sincronizadas

Esqueça os pisca-piscas tradicionais. Quase todas as maiores cidades americanas têm casas que são verdadeiros espetáculos. Os moradores utilizam 20, 30 ou 40 mil lâmpadas para criar uma série de apresentações em ritmo de músicas natalinas.

Funciona assim: eles sincronizam as luzes de acordo com a programação de rádios que só tocam canções de Natal ou então criam a própria frequência que só pega na vizinhança. Geralmente essas casas ficam mais afastadas do centro, então não há muito trânsito nas imediações. Você chega de carro, estaciona bem em frente e sintoniza na rádio indicada. E aí a mágica acontece. As luzes que por si só já são lindas começam a dançar no ritmo das músicas. É de deixar qualquer um maravilhado. Eles fazem assim justamente para não incomodar os vizinhos. Imagina se as casas tivessem som alto todas as noites entre o final de novembro e o início de janeiro!?

E, claro, sempre tem gente que vai além. Alguns moradores organizam visitas do Papai Noel e espalham a novidade pelas redes sociais. Outros também criam bonecos animados, que assim como Papai Noel deixam a criançada em polvorosa.

Os maiores projetos já têm patrocinadores e um cunho social além do entretenimento. Muitos recolhem doações para crianças carentes ou para ONGs. Este mês, criei uma série no meu blog mostrando algumas dessas casas aqui no Texas. Conversei bastante com o propietário da primeira casa que aparece no vídeo abaixo (a partir de 1 min de vídeo), e ele me contou que em 2015 eles arrecadaram mais de 45 mil dólares para a Fundação Make-A-Wish!

2. Canções de Natal

Sim, também é bem comum ouvir músicas de Natal no Brasil, mas a diferença é que aqui nos Estados Unidos as pessoas se reúnem para cantar. As crianças aprendem na escola e a grande maioria dos eventos de Natal começa com apresentações de corais ou então com o próprio Papai Noel soltando a voz. Geralmente é assim nas cerimônias de inaugaração das principais árvores de Natal.

Vários amadores e profissionais também cantam em eventos ou criam seus próprios eventos junto a ONGs, hospitais e casas de repouso de idosos. É tudo muito organizado, sempre com distribuição de livrinhos com as letras das músicas. Não tem como não entrar no clima e até se emocionar!

3. Feiras de Natal

Com exceção de Nova York e outras poucas cidades que têm mercados de Natal já estabelecidos e tradicionais nos moldes dos europeus, a maioria das cidades americanas tem o que eles chamam de “Christmas Strolls”, que são mais como “feiras de Natal”. Elas acontecem somente em 1 ou 2 dias do mês de dezembro, geralmente junto com algum evento de Natal, e os artigos à venda não são exclusivamente natalinos. Você encontra de comida a roupas, acessórios, etc.

Aquele evento que abre o vídeo acima, por exemplo, é um “Christmas Stroll”. Este abaixo, da foto, também.

Feira de Natal em Austin, no Texas

Feira de Natal em Austin, no Texas | Foto: RenataPereira.tv

4. Neve e Patinação no gelo

Inverno nos Estados Unidos é sinônimo de patinação no gelo a céu aberto, mesmo que a cidade em questão não tenha neve e em pouquíssimos dias tenha temperaturas abaixo de zero. Vi isso bem de perto em Los Angeles, Las Vegas e Houston recentemente. Quando as temperaturas estão acima dos 10-15 graus, o gelo até derrete e várias poças d’água se formam no rinque. Sim, você fica todo molhado se cair, mas em compensação não morre de frio como quando patina nas cidades mais ao norte do país.

Patinação no gelo em Houston, no Texas

Patinação no gelo em Houston, no Texas | Foto: RenataPereira.tv

E por falar em neve, mesmo os que no restante do ano preferem o calor dos trópicos torcem para nevar no dia de Natal. É o que eles chamam de “White Christmas”. É quase uma unanimidade, preferência nacional. E de fato dá um toque ainda mais especial ao dia.

5. Atrações turísticas com temas de Natal

Muitas atrações turísticas têm um calendário todo especial durante o mês de dezembro. Isso fica bem evidente nos parques de diversão, por exemplo. Seja na Disney, Universal, Sea World, etc, na Flórida, Califórnia ou mesmo no Texas, sempre há algo novo. Então, se alguma vez você vier pra cá nessa época, dê uma olhada no site do lugar que pretende visitar e planeje de acordo. Dependendo do evento, pode ser que atraia bastante gente e você precise fazer reserva.

Mas a maioria das atrações especiais de fim de ano já está incluída no preço do ingresso. O Busch Gardens de Tampa, na Flórida, por exemplo, tradicionalmente cria uma área inteira chamada Christmas Town com várias novidades.

Christmas Town do  Busch Gardens Tampa Bay

Christmas Town do Busch Gardens Tampa Bay | Foto: SeaWorld Parks & Entertainment

Muitas cidades também iluminam os zoológicos, e a ida à noite vira um programa imperdível para famílias com crianças. Você vê poucos animais, já que a atração principal é a decoração, mas é bem divertido!

6. Como é o dia 25 de Dezembro

São bem poucos os dias em que quase tudo fecha no país que funciona praticamente 7 dias por semana. O dia 25/12 é um deles. Dia 24 é quase um dia normal, até porque é difícil ver famílias que fazem ceias. No geral, os americanos têm apenas um jantar em família como de costume, mas nada que se compare às ceias do Brasil.

A grande festa é no dia 25, muitas vezes no jantar (que tradicionalmente acontece entre 17h-18h). Lembre-se que nos Estados Unidos a principal refeição do dia não é o almoço, e sim o jantar. É nesse momento que muitas famílias realizam a troca de presentes. Assim que me mudei pra cá em 2005, passei vários Natais com a família do meu marido. Sempre fiquei impressionada ao ver como as crianças pequenas se comportam tão bem até praticamente o final do dia esperando para abrir os presentes embaixo da árvore! Algumas família já abrem na manhã do dia 25, mas não é regra geral.

 

E você? O que achou? O Natal aqui é como você imaginava?

 


 

Quer ficar por dentro do que acontece nos Estados Unidos? Então venha conhecer meu blog!

Prefere vídeos ou fotos? Tenho vários guias no YouTube e fotos inspiradoras no Instagram.

Te espero! :)

Renata Pereira

Renata Pereira

Viajar o mundo sempre foi um sonho de infância, que para Renata começou a se concretizar em 2003, quando foi estudar na Califórnia. De lá pra cá, conheceu mais de 20 países trabalhando para a FIFA. Morou em Los Angeles por 6 anos, onde foi correspondente do SBT, e desde 2014 vive em Austin, capital do Texas, onde trabalha com produção de conteúdo e organização de eventos. Renata conhece mais da metade dos estados americanos e todo final de semana sempre inventa uma desculpa pra pegar a estrada.
Renata Pereira

Últimos posts por Renata Pereira (exibir todos)

Comentários